Tempo de leitura: 9 minutos

Sua empresa investiu em uma frota de veículos, mas você sente que a eficiência ideal ainda não está sendo alcançada? Talvez seja o momento de o momento de aplicar um bom gerenciamento de frota no seu negócio.

A gestão de frotas pode ser aplicada independente o tamanho que seja sua empresa. Sendo um ou dois carros para fazer pequenas entregas ou uma centena de caminhões.

Também não importa a finalidade: seja transportar mercadorias, passageiros, funcionários ou prestar serviços diversos, como entregas ou realizar manutenção.

Neste texto, você vai entender melhor o que é a gestão de frotas, como deve ser feita e por que ela importa. Também vai entender quais são os principais obstáculos para o gerenciamento de frota e como a tecnologia pode te ajudar a resolvê-los.

Acompanhe com a gente!

O que é gerenciamento de frota?

Gerenciamento de frota ou gestão de frota é o nome dado a um conjunto de técnicas usadas para coordenar os veículos de uma empresa para realizar diversas tarefas.

O gerenciamento de frota traz estratégias e planos para que os veículos ajudem suas empresas a serem mais eficientes, gastando menos e aumentando seu lucro.

Como fazer gerenciamento de frota?

Tudo pode começar de algumas perguntas simples:

  • Quantos veículos são e qual o estado deles? 
  • Como os motoristas estão dirigindo? Eles estão fazendo horas extras
  • Em quanto tempo as tarefas estão sendo concluídas? 
  • Qual a frequência de manutenção necessária? 

Depois de responder esses pontos principais – que podemos chamar de indicadores de gerenciamento de frota –, você já pode fazer o gerenciamento de frota de forma manual.

Com apenas papel e lápis, é possível desenhar algumas estratégias para resolver seus problemas – e é assim que a gestão de frotas era feita no passado, em um sistema manual

Porém, com ajuda da tecnologia, dá para ir além: aqui na Cobli, criamos uma planilha especial para gerenciamento de frota que pode auxiliar bastante quem quer dar seus primeiros passos na área.

Quais são os principais passos para fazer um bom gerenciamento de frota?

Além do questionário que já mostramos acima, é preciso seguir alguns passos para compreender a natureza da sua frota.

O primeiro passo é fazer um diagnóstico da sua frota, consistindo exatamente em responder às perguntas anteriores. Com elas, você vai conseguir ter um retrato de como andam as coisas no atual momento.

Provavelmente, com esse diagnóstico, também será capaz de perceber quais são os problemas, defeitos e gargalos do seu time. Ou até simplesmente alguns pontos em que é possível melhorar a produtividade, gastando menos.

Depois disso, é hora de desenvolver uma política. Sem falsas expectativas, claro: a ideia é criar uma meta que deseja alcançar para o futuro – como fazer mais entregas com o tamanho atual da sua frota ou gastar menos com manutenção e combustível.

Com as metas em mente, é preciso traçar um plano de execução. Será que adotar um software para gestão de frota pode ajudar a diminuir as dores do seu dia a dia?

Mas o ideal é que uma boa política não tem de ficar apenas no planejamento. É preciso colocar esses planos em prática!

Uma forma interessante de fazer isso, por exemplo, é adotar um software para rastreamento veicular, que pode ajudar na segurança, na eficiência e na economia. Saiba mais.

E mesmo que os resultados sejam alcançados rapidamente, é preciso ficar de olho e controlar sempre o que está acontecendo – afinal, dá trabalho alcançar um objetivo e seria uma pena perder essa conquista!

gerenciamento de frota

Quais indicadores para gestão de frotas devem ser considerados?

Quer ser capaz de controlar bem a sua frota? Alguns indicadores podem te ajudar a saber se você está indo no caminho certo.

  • Custo por viagem: ajuda a determinar quanto você gasta para fazer uma entrega ou transportar um funcionário. 
  • Custo de manutenção: ajuda a perceber o quanto realmente tem sido gasto com a manutenção
  • Gasto com pessoal: esclarece como tem sido a produtividade dos colaboradores da frota. Como o custo com horas extras.
  • Desvalorização da frota: será que o investimento de ter uma frota está valendo a pena? Ou seria melhor contratar uma frota terceirizada

Quais são os principais problemas enfrentados no gerenciamento de frota?

É normal que uma frota que nunca foi gerenciada com atenção apresente algum desses problemas a seguir:

  • Baixa produtividade: os motoristas estão satisfeitos com o que estão fazendo? Eles recebem a atenção necessária da empresa? Se não, pode estar aí uma das razões para a baixa produtividade. Além disso, garanta que seus colaboradores realmente estão dominando o uso do sistema de roteirização da empresa.
  • Uso pessoal dos veículos: às vezes, os veículos da sua frota podem ser usados para outras finalidades que não interessam à sua empresa. Caso não seja uma prática que sua empresa deseja liberar, uma das medidas que pode ajudar no controle, é a instalação de software de rastreamento veicular. Com ele, você sempre terá acesso da localização do veículo.
  • Desperdício de combustível: combustível é gasto não só com um caminho mais longo, mas também quando o motorista acelera/freia demais ou não sabe usar alguns recursos do veículo. Este tipo de tema pode estar dentro das atividades de capacitação que sua empresa proporcionar.
  • Sobrevida dos pneus: pneus são um dos itens mais caros na hora da manutenção, especialmente quando falamos de veículos pesados. Por isso, é comum que eles acabam sendo usados por mais tempo além do recomendável. Mas fique de olho porque esta não é uma prática ideal, podendo fazer o veículo ter performance abaixo do esperado e ainda correr risco de acidentes.
  • Rotas sem gerenciamento: seu motorista já observa as boas práticas de condução, mas ainda assim a frota gasta mais do que o esperado? Talvez seja bom observar as rotas usadas pelos condutores. Considere o uso de um software de roteirização é capaz de te ajudar nisso. 
  • Escolha de veículos sem critério: às vezes, o maior problema pode estar exatamente na sua frota. Será que ela é adequada ao tipo de serviço que você faz? Não adianta nada ter caminhões grandes se você roda apenas em grandes cidades. Ou o contrário: precisa levar grandes cargas, mas têm apenas uma frota de VUCs. 

Calma! Esse tipo situação até faz parte do negócio. O importante é que agora você já tem as ferramentas na mão para cuidar disso.

Resolvendo os problemas acima, sua empresa com certeza vai conseguir lidar com os principais problemas de gestão de uma frota. E assim, conseguirá entender algumas das vantagens de fazer o gerenciamento correto, como:

  • Contribuição para redução de custos
  • Aumentar produtividade
  • Aumenta satisfação dos clientes e dos profissionais envolvidos
  • Ajuda na realização de manutenção periódica
  • Permite compartilhar dados com os clientes
  • Ajuda a saber se a frota está adequada no tamanho e no tipo de veículos
gerenciamento de frota software - Gerenciamento de frota: como fazer?

Como a tecnologia pode melhorar o gerenciamento de frota de veículos?

Como você já deve ter percebido, é possível realizar o gerenciamento de frota de forma manual. Porém, a tecnologia está deixando essa atividade muito mais inteligente e prática.

Por exemplo: se antes os gestores de frotas precisavam gastar dias criando rotas para seus motoristas, hoje um software de roteirização é capaz de fazer isso em alguns segundos, por exemplo.

Outra tecnologia que pode te ajudar é um sistema de rastreamento veicular: com um dispositivo do tamanho de um pendrive conectado em cada veículo e um sistema de comunicação, é possível acompanhar em tempo real o status da frota.

O uso de câmeras de monitoramento, junto dos veículos ou nos galpões logísticos, ajuda também a descobrir irregularidades. E sensores espalhados pelos veículos e pelo seu setor logístico também determinam se a performance desejada está funcionando.

Há ainda empresas que oferecem boa parte dessas tecnologias de forma integrada – é o caso da Cobli, dona de uma solução que inclui roteirização, rastreamento veicular e a gestão da frota.

Temos ainda uma equipe especializada que te ajuda a observar indicadores de gerenciamento de frota e perceber quais são os melhores jeitos de cuidar da sua operação.  

Qual é o melhor serviço de gerenciamento de frota?

Como já dissemos em outros textos, essa resposta depende de você. O melhor serviço, sistema ou plataforma de gerenciamento de frota é aquele que atende às suas necessidades.

No entanto, saiba que nesse caso, a gestão de frotas é um processo que se aprimora ao longo do tempo – e o que pode parecer exagerado agora pode ser justamente o que você precisará daqui a seis meses.

Por isso, é bom contar com uma solução de gestão de frotas completa de uma vez só. É o que a Cobli pode te oferecer. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog. 

Rastreador veicular 1 - Gerenciamento de frota: como fazer?

Escreva um Comentário