Como funciona o sistema e-frete?
Gestão de Frotas

Como funciona o sistema e-frete?

Cada Pagamento Eletrônico de Frete (o tal do e-frete) gera um código identificador e a ausência desse código pode resultar em multa.

Leia Mais
Custos logísticos: o guia para diminuir custos com veículos
Manutenção de Frotas

Custos logísticos: o guia para diminuir custos com veículos

Neste post, as melhores práticas de gestão de frotas serão apresentadas, com destaque para a adoção de soluções tecnológicas para facilitar o dia a dia e trazer mais confiabilidade e assertividade na tomada de decisão. Tenha uma boa leitura e aprenda um pouco mais sobre a atuação de gestores logísticos de sucesso!

Leia Mais
Como fazer o controle de jornada do motorista?
Gestão de Frotas

Como fazer o controle de jornada do motorista?

O controle de jornada do motorista pode ser feito por fichas e tabelas manuais. Muitas empresas estão substituindo a papelada por tecnologia!

Leia Mais

A Cobli, startup paulistana que criou um sistema de gestão de frotas, foi selecionada para participar do programa Algar Ventures Open. O programa de inovação é organizado pelo Grupo Algar, gigante conhecido por sua atuação em tecnologia de informação, comunicação e agricultura, em parceria com a Endeavor, maior organização de fomento ao empreendedorismo.

Depois de superar mais de 500 empresas analisadas e passar por uma banca de seleção, realizada na última quinta-feira (30.03), a Cobli ficou entre as 15 empresas escolhidas para participar da iniciativa.

Benefícios da roteirização

Seguramente, a otimização de processos está intimamente ligada à redução de custos com logística, em qualquer setor. Na área de gestão de frotas, por exemplo, a roteirização, otimiza a programação do serviço a fim de ganhar produtividade e reduzir custos.

Podemos citar 5 principais benefícios obtidos com a roteirização:

Equipamentos Médicos: mercado, inovações e tendências

Avaliando e entendendo o atual momento do mercado de Medical Devices e os possíveis caminhos para a diferenciação.
De acordo com a Brazilian Health Devices, projeto executado pela Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO) em parceria com a Apex-Brasil, a indústria de equipamentos médicos é capaz de suprir 90% das demandas do mercado interno e exportar para mais de 180 países gerando mais de 60 mil empregos no Brasil. A produção nacional cresceu cerca de 72% entre 2007 e 2013 mostrando ser um excelente segmento industrial com organizações competentes o suficiente para conquistar cada vez mais mercado.

Entende-se por Health Devices o setor de produtos para saúde, contemplando os segmentos: Odontológico, Laboratorial, Radiológico, Equipamentos médico-hospitalares, Implantes e Materiais de consumo (como hipodérmicos, têxteis, adesivos e outros).

O gerenciamento de frotas corporativas é um processo que deve ser realizado com máxima atenção, pois qualquer decisão tomada tem um impacto muito grande sobre os serviços prestados pela empresa. Por isso, a gestão de frota de veículos deve ser pensada de modo a atender os clientes da melhor maneira possível e obter o máximo de economia. Assim, com o passar do tempo, a empresa poderá superar todos os seus obstáculos e evitar uma série de problemas. Confira algumas dicas que podem ajudar nesse processo:

A importância do rastreamento e monitoramento de frotas

Empresas que precisam de uma frota para executar o serviço são submetidas a diversos riscos durante a execução de suas atividades, como assaltos, furtos, acidentes de trânsito e muitos outros. Para reduzir drasticamente a probabilidade da ocorrência desses incidentes, uma ferramenta que vem sendo cada vez mais adotada é o uso de sistemas de rastreamento.

Esses sistemas são capazes de informar com precisão a localização de todos os veículos de uma frota através de um software, desde que seja instalado um dispositivo no veículo. Assim, o gestor das frotas saberá, em tempo real, a localização e várias outras informações referentes aos veículos.

Conheça os melhores carros 1.0 para frotistas

Uma das tarefas mais importantes para as empresas que têm frotas é a escolha de quais veículos comprar para fazer as operações nas ruas. Existem muitas variáveis para se levar em conta antes de tomar a grande decisão.

Depois de ouvir tantos relatos de clientes curiosos e preocupados com o assunto, a Cobli decidiu fazer uma análise quantitativa e qualitativa para avaliar os melhores carros 1.0. Dez veículos zero km foram selecionados, todos com airbag frontal e ABS inclusos. Cruzamos dados de todos os veículos referentes a: preço, consumo, desempenho, custo da revisão, acessórios, porta malas e autonomia. Feito isso, nossos especialistas atribuíram pontuações para cada quesito e calcularam uma nota final para cada concorrente.

​Pelo segundo ano consecutivo a Cobli foi premiada no Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações! O fórum foi dirigido e ministrado pela Tele.Síntese, um dos portais de maior relevância em telecomunicação no Brasil.

A premiação de primeiro lugar como Desenvolvedores de Apps e Conteúdo foi entregue por Demi Getschko, pioneiro da Internet no Brasil, à nossa designer de UI/UX Nathalia Barbosa.

Nossa seleção dos melhores eventos de frotas e logística no Brasil

Nós aqui na Cobli adoramos ir para eventos do setor de frotas e logística para nos mantermos informados sobre todas as novidades do setor. Confira os nossos eventos prediletos dos próximos meses:

X Fórum de Gestão e Eficiência de Frotas
Datas: 19 e 20 de Setembro de 2016
Localização: Câmara Americana de Comércio – São Paulo, SP
Investimento: R$ 1.300,00
Realizado pela OTM Editora, o fórum tem como objetivo apresentar as melhores práticas, inovações e tendências do mercado de gestão de frotas. Conta com vários seminários de diversos ramos de frotas, desde a compra de veículos até as melhores estratégias de redução de custos de manutenção.

4 motivos para utilizar um cartão de combustível

Nesta crise, todas as empresas estão buscando maneiras de controlar gastos. Para o frotista, diminuir o consumo de combustível é sempre um objetivo importante, considerando que este é o terceiro maior custo de uma frota, depois dos custos dos funcionários e dos veículos, segundo análises internas da Cobli.

Quem sabe chegará o dia em que todos nós usaremos carros elétricos com energia auto-sustentável, mas até lá, estamos presos aos bons e velhos postos e combustíveis que já conhecemos tão bem.

Muitas empresas, tanto pequenas, como médias e grandes, estão implementando sistemas de monitoramento de frotas, com o objetivo de ter mais controle de suas operações, reduzir custos e aumentar a rentabilidade. Porém, alguns gestores ainda se preocupam como esta mudança irá impactar a confiança do time. Elaboramos 7 dicas para assegurar que este processo evolua de uma forma positiva:

1. Explique claramente como funciona – Muitas vezes as pessoas não querem usar uma nova tecnologia porque não entendem como ela funciona. Explicar claramente quais informações serão medidas fará com que o sistema seja, de fato, mais eficaz, e manterá a motivação do time alta.