Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 7 minutos

A direção é uma parte bastante importante de um veículo, afinal, é através dela que o motorista irá conduzi-lo. Atualmente, existem modelos com direção hidráulica, direção elétrica e eletrohidráulica disponíveis no mercado.

Entender a diferença entre os tipos de direção é importante para fazer uma boa escolha na hora de adquirir um carro, considerando principalmente as suas preferências e expectativas como condutor.

Neste texto, iremos explicar como funciona cada uma delas, as diferenças que possuem entre si, além de dicas de manutenção. De posse dessas informações, você poderá fazer uma escolha mais assertiva e saber quais são os cuidados que deve tomar para garantir o bom funcionamento da direção do seu veículo por mais tempo.

Siga a leitura e acompanhe!

O que é direção hidráulica, elétrica e eletrohidráulica?

Dos três tipos, a direção hidráulica é a mais conhecida, mas, ainda assim, muitas pessoas não sabem exatamente como ela funciona. Confira, a seguir, as principais características de cada uma.

Direção hidráulica

Presente nos carros brasileiros desde o final da década de 60, a direção hidráulica funciona por meio de uma bomba, que é acionada através da força do motor, gerando a circulação do óleo no interior da caixa de direção. 

A lubrificação realizada pelo óleo de direção hidráulica faz com que os movimentos realizados com o volante sejam muito mais leves, facilitando as manobras e proporcionando maior conforto ao condutor.

O óleo, também chamado de fluido direção hidráulica, precisa ser trocado periodicamente de acordo com as recomendações do manual do veículo que, em média, costuma ser a cada 50 mil quilômetros rodados.

Outro cuidado é se manter atento a eventuais problemas, ao sentir a direção hidráulica dura, é importante ir até uma oficina especializada, pois pode ser sinal de que o óleo está com o nível acima ou abaixo do indicado.

A maior vantagem desse sistema é que a manutenção tem um custo baixo, se resumindo à troca do fluido para direção hidráulica de acordo com as recomendações do fabricante.

Direção elétrica

A direção elétrica se diferencia por não precisar de óleo para funcionar. É uma tecnologia mais recente que a anterior, tendo surgido no Brasil no final da década de 80. Como o próprio nome sugere, a função de deixar os movimentos do volante mais leves é realizada por um sistema elétrico.

Quando um carro que funciona através desse sistema fica com a direção dura, é sinal de que houve uma pane elétrica e um reparo precisa ser feito, não há manutenção preventiva. Vale dizer que o condutor não perde o controle do veículo, apenas sente uma dificuldade ao realizar as manobras.

Falando das vantagens, a principal delas é que a direção elétrica, por não precisar da potência do motor para funcionar, auxilia na economia de combustível. Outro ponto é que, em comparação com a caixa de direção hidráulica, ocupa bem menos espaço no cofre do motor.

Direção eletrohidráulica

Podemos dizer que a direção eletrohidráulica é uma junção das principais características dos dois outros sistemas. Ela também funciona através do óleo direção hidráulica, mas com a diferença de que a bomba que o faz circular é acionada através de um mecanismo elétrico e não pelo motor do carro.

A manutenção inclui a troca periódica do óleo para direção hidráulica, que também deve ser feita conforme as recomendações da montadora. Para seguir corretamente os prazos, consulte o manual do veículo e faça o download da planilha de manutenção de veículos que a Cobli disponibiliza gratuitamente.

O diferencial da direção eletrohidráulica é que, por funcionar através de um motor próprio, não consome a potência do motor do carro.

Dúvidas frequentes sobre direção hidráulica

Como os carros com direção hidráulica são os mais populares no Brasil, é natural que esse seja o sistema que mais atraia o interesse e gere dúvidas nas pessoas. Pensando nisso, vamos responder as principais dúvidas a respeito do assunto.

direção hidráulica direção elétrica 02

Qual a diferença entre direção hidráulica e mecânica?

Já falamos como funciona direção hidráulica e agora vamos explicar qual é a diferença entre ela e a mecânica, que é bastante simples.

Na direção mecânica, é função do condutor empregar esforço sobre o volante para que, através dos mecanismos internos do carro, as rodas se movimentem, o que torna o ato de dirigir mais cansativo.

Já na hidráulica, essa carga é compartilhada com o sistema, deixando para o condutor do veículo apenas cerca de 20% do esforço para que o movimento aconteça. Além de conforto, a versão hidráulica é considerada melhor por oferecer mais segurança para realizar manobras rápidas.

Qual a pressão da direção hidráulica?

Um dos componentes desta direção é a mangueira de pressão, que transporta o óleo e faz com que os movimentos do volante sejam mais leves. Trata-se de uma peça essencial para manter o sistema em funcionamento.

O manômetro é o aparelho que mede a pressão da bomba de direção hidráulica. O ideal é que, ao fazer o teste com um veículo, o resultado fique entre 90 e 100 bars (unidade de medida para pressão), caso contrário, é sinal de que há algum problema e que é necessário realizar um reparo ou substituir a bomba.

Qual óleo usar na direção hidráulica?

Como dissemos anteriormente, a manutenção preventiva ou de reparo da direção hidráulica é feita através da troca do fluido, que é popularmente chamado de óleo. Para saber o tipo ideal de produto a ser utilizado é preciso consultar o manual do seu veículo e, caso não haja essa informação, se informar com um técnico da concessionária.

Como sangrar direção hidráulica?

Sangrar a direção hidráulica significa eliminar o ar do sistema, algo que pode acontecer em caso de troca de componente. Se isso não for feito, o condutor irá ouvir um ruído sempre que fizer algum movimento com o volante.

Com uma rápida pesquisa é possível encontrar diversos tutoriais de como realizar o procedimento. Entretanto, o melhor a fazer é sempre contratar os serviços de um profissional para evitar que, ao tentar resolver um problema simples como esse, acabe causando danos ao seu veículo.

Quais as melhores opções de carros com direção hidráulica barato?

Atualmente, essa direção está presente na maior parte dos modelos de carros mais acessíveis. De acordo com uma matéria publicada no site da revista Auto Esporte, os carros zero km mais baratos do Brasil no momento e que possuem direção hidráulica são o Renault Kwid Zen e o Fiat Mobi Like, ambos na faixa de 43 mil reais.

Se deseja investir menos, vale lembrar que é possível encontrar boas opções de seminovos com direção hidráulica por preços mais baixos.

Para finalizar, podemos concluir que os três tipos de direção são bons, mas a elétrica é considerada superior por ser uma evolução. Cabe a você analisar as características de cada uma na hora de fazer sua escolha, considerando também outros aspectos do veículo, as suas expectativas e, claro, o orçamento que tem para investir.

Esta publicação te ajudou? Confira outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota.

Manutenção de frota - Diferenças entre direção hidráulica, elétrica e eletrohidráulica
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário