Conheça os equipamentos de transporte e movimentação de cargas

Todos os dias, uma grande quantidade de mercadorias é movimentada e distribuída por todo o Brasil. Cada uma delas tem características próprias e necessita de equipamentos de transporte e movimentação de cargas específicos para ser manuseada e embarcada nos veículos.

Sem essas ferramentas, o dia a dia dos armazéns e transportadoras seria bastante complexo. Afinal, existem itens que são muito pesados, além disso, a movimentação manual levaria muito mais tempo, o que tornaria os processos logísticos lentos.

Neste texto, falaremos sobre os principais equipamentos usados para a movimentação de cargas. Saiba quais são eles, a sua importância e os tipos de movimentação realizados. Boa leitura!

O que são equipamentos de movimentação de cargas?

Mais do que simplesmente embarcar mercadorias em caminhões e iniciar a rota, a logística envolve processos que visam a eficiência e a segurança dos itens e da equipe.

Os equipamentos de transporte e movimentação de cargas são ferramentas que possibilitam levar produtos de um lugar a outro, facilitando a locomoção e tornando-a mais segura.

A empilhadeira é um equipamento para transporte e movimentação de cargas.

Eles podem ter funcionamento manual ou automatizado e se movimentar por distâncias e posições variadas, seja para embarque, desembarque ou organização do armazém.

Qual a importância dos equipamentos de transporte e movimentação de cargas?

Imagine a rotina de uma grande empresa, aeroporto ou porto em que centenas de embalagens, contêineres e peças dos mais variados pesos precisam ser movimentados diariamente.

Para se ter uma ideia do volume, apenas o aeroporto de Viracopos, localizado em Campinas, São Paulo, fechou o ano de 2021 batendo um recorde de movimentação de cargas, somando 364,3 mil toneladas. Comparando ao ano anterior, o aumento foi de 38,96%.

Realizar a movimentação manualmente, além de pouco ágil, pode ser impossível no caso de cargas pesadas, podendo até colocar a equipe em risco.

E ainda, o tempo para realizar diferentes atividades, como movimentação interna, embarque e desembarque dos veículos, seria muito grande, impactando nos prazos de entrega e nos resultados da companhia.

Por todos esses motivos, os equipamentos de movimentação de cargas são imprescindíveis na rotina de uma operação logística, conferindo agilidade e segurança aos processos.

Quais os tipos de movimentação de carga?

Mais adiante será possível conhecer os principais equipamentos de transporte e movimentação de cargas. Porém, vamos adiantar os movimentos que eles realizam:

  • Içamento: quando se trata de peças muito pesadas, o içamento é um tipo de movimentação de carga bastante utilizado. O item é preso por cabos e levado de um lugar ao outro por suspensão;
  • Rebocagem: outro tipo de movimentação é feito através do sistema de reboque, em que um veículo puxa uma plataforma com rodas e carrega as mercadorias;
  • Elevação: a elevação é outro movimento realizado para embarcar mercadorias nos veículos e no armazém;
  • Rolamento: mais um tipo de movimento é o de rolamento, em que se utiliza esse sistema para levar as mercadorias de um ponto a outro.
O guindaste é um equipamento usado para transportar e movimentar cargas pesadas.

Quais os principais equipamentos para movimentação de cargas?

Agora vamos conhecer os principais equipamentos de transporte e movimentação de cargas, incluindo suas variações. Veja como cada um deles funciona e as indicações de uso.

Comboio

O comboio é uma plataforma com rodas rebocadas por um veículo. As cargas são colocadas sobre ele e movimentadas facilmente de um local ao outro, nas instalações da empresa. É um equipamento de funcionamento simples e baixo custo.

Empilhadeira

A empilhadeira é uma ferramenta bastante presente no setor logístico das empresas. Ela possibilita que mercadorias com peso de 1 a 16 toneladas, variando de acordo com o modelo, sejam transportadas sem muito esforço.

Os principais modelos de empilhadeira existentes são:

  • Empilhadeira contrabalançada: o design lembra o de um carro, com banco para o operador e motor que funciona por eletricidade ou combustão. É indicado para ambientes externos e largos;
  • Empilhadeira patolada: diferente do modelo anterior, neste, o operador pode trabalhar em pé e os movimentos, de elevação e tração, são acionados eletronicamente;
  • Empilhadeira retrátil: como o nome sugere, trata-se de um equipamento compacto e ideal para ambientes menores. Para acioná-la o operador utiliza uma torre, não sendo necessário empregar grandes esforços.

Esteira transportadora

Em galpões muito grandes, a esteira transportadora ajuda a automatizar a movimentação de mercadorias. Basta colocar os itens sobre ela que serão levados a outro ponto, poupando tempo, esforço humano e evitando acidentes.

Guindaste

Quando se trata de cargas muito pesadas, o guindaste se faz necessário. Existem modelos diferentes para realizar a movimentação de vários tipos de carga:

  • Grua: controlada eletronicamente, pode movimentar cargas tanto na vertical quanto na horizontal;
  • Grua florestal: semelhante à grua tradicional, a versão florestal é usada especificamente para movimentação e transporte de madeira;
  • Munck: tipo de guindaste montado sobre um caminhão chassi. É comumente utilizado na área da construção civil;
  • Pinça ou multiangular: modelo de guindaste formado por uma pinça que movimenta os materiais e um contrapeso. Também usado na área da construção civil, sua vantagem é que pode ser desmontado;
  • Pórtico: trata-se de uma grande estrutura que se assemelha a um portal e costuma ser usado para embarcar ou desembarcar cargas em portos e aeroportos. Tem capacidade para carregar cerca de 12 contêineres de uma só vez.

Monovia

A monovia é um equipamento de movimentação de cargas utilizado em grandes empresas para agilizar o processo. É formada por uma via suspensa que liga um ponto a outro do galpão, deslocando materiais pesados.

Ponte rolante

A ponte rolante realiza o içamento e movimentação de diversos tipos de materiais de grande peso e volume através de um sistema de trilhos.

Transelevador

Equipamento que realiza o armazenamento automatizado de mercadorias nos galpões. Ajuda a tornar o processo mais ágil e contribui para o melhor aproveitamento do espaço, pois pode atingir as partes mais altas das prateleiras.

Transpalete

O transpalete é um dos equipamentos de transporte e movimentação de cargas mais simples e conhecidos que existem. Realiza o deslocamento horizontalmente, sendo encontrado em dois modelos:

  1. Manual: o transpalete manual é o modelo mais simples e, como o nome indica, precisa ser acionado manualmente;
  2. Elétrico: versão mais moderna, com acionamento elétrico que facilita o dia a dia em docas e armazéns.

Transportador de roletes

O transportador de roletes é bastante utilizado na movimentação e transporte de bebidas e outras mercadorias mais leves. É formado por roletes ligados a uma esteira, funcionando por energia elétrica ou pela força da gravidade.

Agora você já conhece os principais equipamentos para transporte e movimentação de carga!

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.