Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 8 minutos

A automação está em alta, especialmente no contexto de pandemia de COVID-19. Nesse ponto, tanto a gestão de RH como do DP (departamento pessoal) têm função crucial no processo, inclusive no setor de logística.

Um software de gestão de recursos humanos nesse caso, é uma excelente medida, pois otimiza toda a administração da área e retorna resultados mais fluidos e sólidos.

Neste post, você compreenderá de forma mais precisa esses processos de automação, as melhores práticas e a relação com a logística. Confira!

O que significa automatizar processos de gestão de RH e DP?

Um sistema de gestão de RH é bastante útil. Especialmente no setor de RH e DP , os gestores se deparam com uma quantidade significativa de cálculos e todos eles com nível de detalhamento bem elevado.

Cabe ainda ressaltar que a gestão de documentos também deve ser de qualidade para evitar problemas administrativos.

Férias, folhas de ponto e pagamento, licenças, admissões e tantas outras demandas.

Como se não bastasse, o erro no cálculo pode levar a problemas mais sérios como retrabalhos, custos inesperados ou até passivos trabalhistas.

O modelo de trabalho home office cresceu exponencialmente nos últimos meses e integrar a automação com essa modalidade também é importante.

Vale ressaltar que o uso de aplicativos e ferramentas para home office é interessante, porém, na maior parte dos casos não cobre todas as necessidades da organização.

Automatizar o processo vai ao encontro de todos esses fatores e otimiza o trabalho do gestor.

Acompanhe agora algumas das principais vantagens dessa adoção, principalmente em relação ao setor logístico.

As contratações se tornam mais eficazes

Altos índices de rotatividade são extremamente prejudiciais ao andamento do trabalho. Perder um colaborador pode comprometer toda a operação logística.

Automatizando a gestão de RH e DP, é possível trabalhar com sistemas digitalizados como o recrutamento online que é muito mais eficaz e preciso em contratações.

Como o setor logístico sofre bastante com a falta de profissionais, esse sistema disponibiliza uma série de recursos úteis que apoiam o profissional de RH na segmentação de busca, seleção em grandes volumes de currículos e onboarding facilitado.

O tempo é otimizado

Uma plataforma digital tende a analisar a abrangência de processos e otimizá-los eliminando interrupções, gargalos e outros problemas comuns.

Nesse ponto, a estratégia acaba aprimorando e otimizando naturalmente a rotina de execução da organização.

O ponto crucial dessa vantagem é o melhor aproveitamento do tempo no desempenho de colaboradores.

Para a gestão de RH, isso se torna um trunfo, já que contribui com o aumento de performance da equipe.

Os processos são controlados de forma mais efetiva

Ainda sobre os processos, é possível efetuar um controle mais próximo com acompanhamento de resultados e evolução de desempenho da produção.

Dessa forma, o gestor pode identificar se a produtividade está de acordo com o planejado.

Além disso, um controle mais efetivo auxilia, por exemplo, no pagamento aos profissionais de acordo com a legislação, computando tempo de trabalho e horas extras.

Quando esse controle refere-se a motoristas que passam a maior parte do tempo fora da empresa, é ainda mais importante.

Quais as melhores práticas de automação?

A partir de agora, listaremos as seis melhores práticas para automatizar a gestão de RH e DP no setor de logística.

Por meio desses passos, você organizará a implementação e estará muito mais próximo do sucesso. Confira:

1. Determine metas estratégicas

A cada dia o setor de RH se torna menos operacional e mais estratégico.

Nesse caso, é possível montar um plano mais alinhado à gestão de negócios e monitorar de forma digital os resultados.

Nessa linha, você deverá buscar metas e desafios menos focados em rotinas administrativas, que são melhor absorvidas pela automação, e mais voltados para a visão do negócio.

2. Mapeie os processos

Cabe ressaltar que a automação é uma medida tecnológica, mas o pensamento do fluxo de atividades é responsabilidade do gestor.

Então, é preciso fazer esse mapeamento da forma correta para que a automação de processos de RH fique perfeita.

3. Defina as atividades que serão automatizadas

Além de saber mapear bem as atividades, é necessário definir corretamente quais atividades serão automatizadas.

Com essas definições, o gestor consegue identificar o melhor ordenamento e obter o efeito desejado com a automação.

4. Foque no que é importante

Perceba as verdadeiras necessidades da organização e priorize as rotinas que trarão retorno ao serem automatizadas.

Vale ressaltar que todas as tarefas são “automatizáveis” e algumas exigem um controle mais humanizado e analítico, principalmente na gestão de pessoas.

5. Treine os gestores de RH

Nesse caminho de automação, é necessário capacitar tanto os colaboradores como os líderes de RH e DP para extrair o máximo potencial das ferramentas tecnológicas.

É comum na aquisição, a empresa não oferecer o treinamento adequado e isso pode frustrar as expectativas de implementação de soluções digitais.

Ou seja, não basta adquirir, mas se preparar para o melhor uso da tecnologia.

6. Escolha a ferramenta certa

Antes mesmo da aquisição, é crucial levantar as verdadeiras necessidades da organização.

Muitas vezes o gestor pode adquirir uma excelente ferramenta, porém, desconforme com o que a empresa precisa. Dessa forma, você deverá avaliar:

●      Necessidade

●      Conformidade

●      Qualidade

●      Segurança

●      Infraestrutura

●      Custos.

Como a automatização impacta a Logística?

Considerando o nível de complexidade que a cadeia logística exige e a importância dos processos, ter um sistema de auxílio é fundamental para obter respostas mais precisas em relação a rotinas, integração entre as etapas e tempos de execução.

Veja alguns exemplos:

Aumento de produtividade

A automação tem a função de otimizar processos. Esse objetivo é fundamental para aprimorar os fluxos de trabalho e tornar a execução dos serviços muito mais produtiva.

Fator humano

A automação também é muito útil para auxiliar em eventuais erros humanos.

O software de RH deve integrar os processos e eliminar possibilidades de equívocos, conduzindo o profissional a um correto desenvolvimento do serviço.

Outros fatores de impacto são:

●      Otimização dos processos

●      Retenção de talentos

●      Motivação dos profissionais

●      Cultura da empresa.

Como escolher o software de automação certo?

Algumas considerações são fundamentais para uma boa aquisição de solução digital.

Hoje, o recurso de home office é primordial, devido à adesão repentina e massiva dos últimos meses.

Além disso, a possibilidade de integração entre as ferramentas também é importante, pois não adianta ter soluções de excelência sem compatibilidade.

O sistema deve ser fácil e permitir funcionalidades específicas para controle de:

●      Admissão

●      Holerites

●      Horas trabalhadas

●      Férias.

Conclusão

A gestão de RH está mais automatizada, especialmente após a pandemia que trouxe isolamento social e impôs a digitalização de serviços.

Neste texto, você pôde conferir o conceito completo dessa automação, os seus impactos na Logística e como optar pelo serviço ideal.

Este post foi escrito em parceria com a Convenia, uma HRTech que desenvolve soluções online para que empresas possam otimizar tempo e custo. Atualmente as soluções abrangem admissão digital, admissão e gestão de benefícios e departamento pessoal, assim você pode gerir todo seu time em um sistema em nuvem.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário