tipos de injeção

Limpeza de radiador: como e quando fazer?

Fazer a limpeza de radiador do seu veículo pode parecer uma tarefa trabalhosa, mas é muito importante para mantê-lo funcionando em dia. 

Afinal de contas, o radiador é uma das partes mais essenciais de qualquer carro, caminhão ou moto. Ele é o responsável por resfriar o sistema do motor, evitando que o carro superaqueça ao lidar com o combustível. 

A limpeza de radiador feita corretamente é uma forma de evitar o superaquecimento do motor – se a temperatura subir, outras partes do motor podem ter problemas, fundir ou até mesmo explodir. 

É importante ressaltar que aqui estamos falando sobre a limpeza do radiador e não apenas sobre a checagem do nível da água, que também é algo relevante. 

Limpar o radiador envolve vários passos, mas vamos explicar neste texto tudo o que você precisa saber para fazer isso sozinho ou checar se o trabalho de uma oficina está sendo bem feito. 

Também vamos falar quando e por que deve ser feita a limpeza do radiador e que produtos devem ser utilizados. Vamos lá? 

Por que a limpeza do radiador é importante para o funcionamento do veículo? 

A limpeza do radiador é importante para o funcionamento do veículo porque o radiador é responsável por resfriar o motor.

O motor de um veículo gera muito calor durante a combustão, e o radiador é responsável por remover esse calor e manter a temperatura do motor em um nível seguro.

Com o tempo, o radiador pode acumular sujeira, lama e outros detritos, o que pode reduzir sua eficiência e aumentar o risco de superaquecimento do motor.

O superaquecimento do motor pode causar danos graves, como a fundição ou a ruptura do bloco do motor.

Portanto, a limpeza do radiador é uma tarefa importante para manter o veículo funcionando em boas condições. Ela deve ser realizada periodicamente, conforme as recomendações do fabricante do veículo.

Quais os principais sinais de que um radiador precisa ser limpo?

Existem vários sinais que podem indicar a necessidade de limpar o radiador de um veículo. É importante estar atento, pois a manutenção adequada do sistema de resfriamento é crucial para o funcionamento eficiente do motor e a prevenção de danos. 

Dentre os principais sinais de que é necessária fazer a limpeza do radiador estão:

Superaquecimento

Se o motor estiver constantemente superaquecendo ou atingindo temperaturas mais altas do que o normal, pode ser um sinal de que o radiador está obstruído e não consegue dissipar o calor de maneira eficaz.

Vazamentos de líquido de arrefecimento

Se você notar poças de líquido de arrefecimento no chão onde o veículo estava estacionado, pode ser um sinal de que o sistema de resfriamento está com vazamentos.

Isso pode ser causado por um radiador entupido, que força o sistema a operar sob pressão excessiva.

Luz de advertência no painel

Muitos veículos modernos estão equipados com sensores de temperatura que podem acionar uma luz de advertência no painel quando a temperatura do motor está muito alta.

Se essa luz acender, é um sinal de que você deve verificar o sistema de resfriamento e o radiador.

Líquido de arrefecimento sujo ou turvo

Se o líquido de arrefecimento parecer sujo, turvo ou conter partículas visíveis, pode ser um sinal de que o sistema de resfriamento, incluindo o radiador, precisa de limpeza.

Aumento na temperatura do ar condicionado

O sistema de ar condicionado em alguns veículos depende do resfriamento adequado do motor. Se a temperatura do ar condicionado não estiver tão fria quanto o esperado, isso pode ser um sinal de problemas no sistema de resfriamento.

Se você notar um ou mais sinais, é aconselhável procurar um mecânico ou oficina de confiança para realizar uma inspeção do sistema de resfriamento e, se necessário, efetuar a limpeza ou a manutenção adequada do radiador.

Quais são os métodos comuns de limpeza de radiadores disponíveis?

A escolha do método de limpeza depende da preferência do proprietário do veículo e

do estado da obstrução do radiador.

Nesse sentido, os métodos mais comuns de limpeza são: 

Lavagem por flushing ou descarga do radiador

Esse método envolve a drenagem do líquido de arrefecimento antigo e a substituição por uma solução de água e detergente. O motor é então ligado e aquecido, permitindo que o detergente limpe o interior do radiador.

Após o procedimento, o líquido é drenado e substituído pelo líquido de arrefecimento correto.

Utilização de produtos químicos de limpeza

Produtos químicos de limpeza de radiador estão disponíveis no mercado. Eles são adicionados ao sistema de arrefecimento e ajudam a dissolver depósitos e depósitos acumulados ao longo do tempo. 

Após o uso do produto químico, o sistema é lavado e recarregado com líquido de arrefecimento fresco.

Flushing por compressor de ar

Alguns mecânicos utilizam um compressor de ar para forçar ar comprimido através do radiador a fim de remover depósitos. Isso pode ser uma opção mais eficaz para radiadores muito obstruídos.

Limpeza manual

Em casos mais extremos, o radiador pode ser removido do veículo e limpo manualmente, muitas vezes com o uso de escovas, solventes e água pressurizada.

Quando é recomendado realizar a limpeza do radiador de um veículo?

A recomendação varia, claro, de veículo para veículo – é bom checar o manual do seu para saber se há uma indicação clara. 

Se não houver, adote a prática de trocar o fluido de arrefecimento do radiador a cada 30 mil quilômetros ou dois anos. 

Trocar o fluido é uma parte muito importante da limpeza de radiador – e é uma atividade que, por demandar algum tempo e cuidado, acaba sendo feita junto com a limpeza. 

Também se recomenda fazer a revisão do fluido a cada 10 mil quilômetros

Quais produtos ou soluções podem ser usados para limpar um radiador?

Como trocar o fluido do radiador é uma das coisas mais importantes da limpeza dessa peça, muita gente acaba confundindo as soluções e produtos. 

Existem produtos específicos hoje em dia para a limpeza do radiador – normalmente, são compostos a partir de ácidos, capazes de eliminar ou derreter as sujeiras presas no equipamento. 

Já o fluido de refrigeração é composto por água desmineralizada e aditivos anticongelantes, em partes iguais – é possível comprá-los separadamente e misturá-los antes da inserção, ou ainda prontos em um fluido só. 

Além disso, vale dizer que cada veículo utiliza fluidos diferentes – eles são identificado pelas cores

Pessoa reabastecendo radiador com um líquido azul.
A limpeza de radiador é essencial para o bom desempenho do motor do veículo.

A maioria dos carros usa fluido verde, os modelos da Toyota utilizam normalmente o vermelho, de maneira que é recomendável você checar o manual do proprietário antes de fazer sua limpeza. 

O ideal é também nunca misturar os fluidos, porque cada um deles tem propriedades diferentes e o resultado pode dar bastante errado. 

Como é feito o processo de limpeza do radiador de forma segura?

Agora, vamos descrever a sequência de passos a ser executados para fazer uma limpeza no radiador de um carro.

Se você tem um caminhão, motocicleta ou trator, fazer a limpeza do radiador não é tão diferente assim: todos esses veículos têm sistemas de arrefecimento bastante parecidos com o de um carro comum. 

A diferença principal estará em localizar o radiador, no fluido utilizado e na limpeza das peças – tratores, por exemplo, têm uma peça em formato de colmeia, em vez da tradicional peça com aletas

Assim, é preciso tomar cuidado com cada peça e limpá-la adequadamente. Vamos ao passo a passo? 

Tenha certeza que o motor está frio

Nunca tente limpar o radiador com o motor quente. Deixe o veículo esfriar completamente antes de começar para evitar queimaduras.

Use equipamentos de proteção

Use equipamento de proteção pessoal, como luvas e óculos de proteção, para evitar o contato com produtos químicos ou líquidos de arrefecimento.

Drene o líquido de arrefecimento

Remova a tampa do radiador com cuidado para aliviar a pressão do sistema. Em seguida, use um recipiente adequado para drenar o líquido de arrefecimento do radiador.

Utilize um detergente de radiador 

Se você optar por usar um produto de limpeza comercial ou um detergente de radiador, siga as instruções do rótulo do produto. Geralmente, você adicionará o produto ao sistema de arrefecimento e seguirá um procedimento de lavagem específico.

Aqueça o motor

Ligue o motor e deixe-o funcionar por um curto período de tempo, seguindo as instruções do produto de limpeza. Isso permitirá que o produto atinja as áreas obstruídas do radiador e ajude a remover detritos.

Enxágue

Após a etapa de limpeza, desligue o motor e drene completamente o produto. Enxágue o sistema de arrefecimento com água limpa até que saia limpa, garantindo que todos os resíduos sejam removidos.

Reabasteça com líquido de arrefecimento

Após a limpeza e enxágue, reabasteça o sistema de arrefecimento com o produto apropriado, de acordo com as especificações do fabricante do veículo.

Substitua as mangueiras e a tampa do radiador

Se você removeu mangueiras ou a tampa do radiador durante o processo de limpeza, verifique se elas estão em boas condições e reconecte-as de forma segura.

Descarte os produtos químicos

Descarte de forma adequada os produtos químicos usados durante o processo de limpeza. Eles podem ser considerados resíduos perigosos e devem ser entregues em um local de descarte apropriado.

Mecânico abrindo a tampa de radiador e conferindo
Em caso de dúvidas de como fazer a limpeza do radiador, é importante procurar um profissional.

O ideal, segundo os especialistas, é levar esse fluido até uma oficina mecânica ou loja especializada, que dará o destino correto ao fluido.

Quais são os erros comuns a serem evitados ao limpar um radiador?

Ao limpar um radiador, é importante evitar alguns erros comuns que podem danificar o radiador ou causar outros problemas. Desse modo, você deve evitar:

Não seguir as instruções do fabricante

Cada veículo pode ter requisitos específicos para a limpeza do radiador. Certifique-se de seguir as instruções no manual do proprietário do veículo e do produto de limpeza escolhido.

Drenar o radiador sem aliviar a pressão

Antes de remover a tampa do radiador ou drenar o líquido de arrefecimento, alivie a pressão do sistema para evitar possíveis queimaduras causadas pelo vapor de líquido de arrefecimento sob pressão.

Usar produtos inadequados

Certifique-se de usar produtos de limpeza de radiador apropriados. O uso de produtos químicos inadequados pode danificar o sistema de arrefecimento.

Não enxaguar completamente

Após a limpeza, é essencial enxaguar completamente o sistema para remover todos os resíduos do produto de limpeza. Resíduos no sistema podem causar problemas de obstrução.

Reabastecer com o líquido de arrefecimento errado

Lembre de reabastecer o sistema de arrefecimento com o tipo correto de líquido de arrefecimento, conforme especificado pelo fabricante do veículo. O uso do produto errado pode causar problemas de compatibilidade.

Aplicar pressão excessiva ao enxaguar

Ao enxaguar o sistema, evite usar pressão excessiva de água, pois isso pode danificar o radiador e outros componentes do sistema.

Não verificar as mangueiras

Se você removeu mangueiras durante o processo de limpeza, certifique-se de que elas estejam em boas condições e devidamente conectadas após a conclusão do trabalho.

Não purgar o ar do sistema

Após a limpeza e reabastecimento, é importante eliminar bolhas de ar do sistema, pois isso pode afetar o funcionamento adequado do sistema de arrefecimento.

Por fim, se você não se sentir confortável em realizar a limpeza do radiador, procure a ajuda de um mecânico com a experiência e o conhecimento para realizar o procedimento corretamente.

Seguindo todas as etapas e dicas, você poderá manter a limpeza do seu radiador em dias para que seu veículo esteja sempre em boas condições de uso.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fortaleça seu currículo: Curso de Segurança no trânsito para frotas. 100% gratuito, com certificação.

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *