Como tornar os processos mais eficientes, seguros e menos custosos? É essa a pergunta que martela o tempo todo na cabeça de quem trabalha com logística. Uma das respostas possíveis é o rastreamento de frota. Vamos entender por quê?

O que é um serviço de rastreamento?

Rastrear é acompanhar, em tempo real, o trajeto de um veículo. Além da localização exata do carro ou caminhão, as tecnologias de rastreamento fornecem um punhado de outras informações, como se o motorista se está pisando muito forte no acelerador e quantas vezes as portas estão sendo abertas e fechadas.

Leia também:
Rastreador de carro: o que é e para que serve?
Rastreador de moto: o que é e para que serve?
Rastreador de ônibus: o que é, para que serve e como funciona?

O rastreamento de frotas, em geral, é feito por GPS ou radiofrequência. Os GPS (ou “sistemas de posicionamento global”, em português) são aparelhinhos que se comunicam com uma rede de 24 satélites que orbitam o planeta Terra. Esses satélites emitem sinais para os receptores (os GPSs), que respondem com as coordenadas geográficas do veículo (latitude e longitude). Dentro desses satélites, existem relógios atômicos extremamente precisos que conferem o tempo que passou entre a emissão o sinal para a Terra e a chegada da resposta. Esse intervalo de tempo permite ao sistema calcular, com precisão de metros, a localização do veículo.

Já nos rastreadores que funcionam por radiofrequência, as informações são emitidas e recebidas por meio ondas de rádio captadas por antenas. A radiofrequência permite uma cobertura de área bem ampla e funciona bem até mesmo onde os GPS às vezes falham, como túneis e subsolos. 

Quais as vantagens do rastreamento?

Saiba onde está o seu veículo

Rastreadores informam a localização do veículo em tempo real. São extremamente úteis aconteça algum imprevisto ou alguma tragédia, como roubo do veículo ou tentativa de sequestro.

Alguns rastreadores permitem até intervenções remotas, como bloqueio da bomba de combustível se alguma movimentação estranha foi detectada, como um desvio de rota inesperado ou uma parada longa sem nenhuma razão aparente. Mas explicamos aqui porque essa prática pode ser prejudicial.

Planeje melhor suas rotas

Uma bom rastreador é uma mão na roda na hora de roteirizar uma viagem, pois informa sobre as rotas mais acessíveis e avisa sobre áreas interditadas. Também servem para programar paradas estratégicas para o abastecimento do veículo e descanso do motorista e para encontrar pontos de referência que ajudam na hora da entrega.

Rotas bem planejadas resultam em economia de tempo, em entregas e serviços prestados com mais rapidez e em um atendimento mais certeiro.

Economize

Esse é o principal objetivo, não é? O seguro de veículos equipados com rastreador costuma ser mais em conta, até 30% mais barato. Mas não é só por isso que você economiza com um rastreador.

As diversas informações que um rastreador fornece permitem planejar melhor todo o processo e identificar gastos desnecessários, como desperdícios de combustível e usos irresponsáveis do veículo que podem gerar custos extras na oficina. Essas informações também ajudam a programar as manutenções e revisões do veículo, evitando despesas que não estavam previstas e cumprindo atentamente o orçamento estipulado.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog. Você também pode entrar em contato com um de nossos atendentes pelo (11) 4810-2200 ou pelo euquero@cobli.co.

Rastreamento de Frota
badge primary e1563977884304 - Você sabe o que é rastreamento de frota?
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário