Motorista consultando dados de roteirização gerados por inteligência artificial no tablet.

Tecnologias automotivas: quais as principais inovações?

Nos últimos anos acompanhamos avanços em diferentes setores, coisas que transformaram a forma com a qual diversas atividades são realizadas. Em se tratando de tecnologias automotivas, em especial, as inovações foram muitas, impactando em mais segurança, economia e eficiência.

Hoje, mais do que levar pessoas e mercadorias de um ponto a outro, os veículos são dotados de funcionalidades com objetivos específicos, sendo capazes até de se movimentar sozinhos.

Na publicação de hoje vamos mergulhar no universo da tecnologia aplicada ao setor automotivo e as principais inovações já desenvolvidas. Acompanhe!

O que são tecnologias automotivas?

As tecnologias automotivas são avanços inovadores aplicados nos veículos para melhorar sua eficiência, segurança e desempenho. Elas incluem desde sistemas de assistência ao motorista, como sensores de estacionamento e câmeras de ré, até recursos mais avançados, como a condução autônoma e a conectividade veicular.

Você consegue imaginar um mundo sem carros? Hoje, para muitas pessoas, é impossível pensar em uma realidade sem o uso de veículos automotores. Afinal, eles servem como meio de transporte, possibilitam que mercadorias cheguem a diferentes regiões e, assim, encurtam distâncias.

Mas no passado, antes dos carros terem sido criados, o transporte era realizado em sua maioria por animais, como bois e cavalos. Inclusive, existe uma frase atribuída a Henry Ford, fundador da Ford Motor Company, que diz:

“Se eu tivesse perguntado às pessoas o que elas queriam, elas teriam dito cavalos mais rápidos”.

Assim são as inovações, nem sempre o público saberá exatamente do que precisa, mas quando elas surgem e são bem aceitas, logo se tornam essenciais. Aconteceu assim com os veículos e continua acontecendo conforme as tecnologias automotivas se desenvolvem.

09 Novas tecnologias automotivas que você precisa conhecer

Em meio a um mar de inovações e tecnologias automotivas, existem algumas que se destacam. Conheça a seguir as principais e os benefícios que oferecem, incluindo desde projetos que ainda estão sendo desenvolvidos até outros que já estão disponíveis para o consumidor.

1. Carros elétricos ou híbridos

Os carros elétricos e híbridos já são uma realidade em diferentes países, apresentando um crescimento significativo.

Para se ter uma ideia, segundo dados da Secretaria Nacional de Trânsito, em 2020 havia pouco mais de 43 mil exemplares em circulação. Já em 2022, o número de carros elétricos triplicou no Brasil, chegando a 120.000.

2. Veículos autônomos

Mais uma tecnologia automotiva que chama a atenção e gera curiosidade são os carros autônomos. Existem modelos em diferentes níveis, que vão desde aqueles que requerem supervisão humana, até outros que não necessitam de motorista.

No Brasil, ainda não há leis específicas que autorizam a circulação de carros autônomos. Mas há um projeto de lei (PL 1317/23) em análise na Câmara que busca regulamentá-los.

3. Veículos movidos a hidrogênio

Os carros movidos a hidrogênio usam células de combustível para gerar energia elétrica. Essas células combinam hidrogênio armazenado no tanque com oxigênio, produzindo eletricidade, água e calor, sem emitir poluentes.

Veículos elétricos sendo carregados.
O carro elétrico é um dos exemplos de tecnologias automotivas que já está em circulação em diversos países

Além disso, o tempo de recarga desses veículos é mais rápido em comparação com os elétricos tradicionais, além de terem uma autonomia maior. No entanto, a infraestrutura de abastecimento de hidrogênio ainda está em fase de desenvolvimento em muitas regiões.

4. Uso de água como combustível

O QUANT e-Sportlimousine é um veículo conceitual desenvolvido pela empresa nanoFLOWCELL. Em vez de usar um motor de combustão e baterias convencionais, ele opera com um sistema de célula de combustível de fluxo de íons líquidos.

O líquido utilizado é uma solução eletrolítica baseada em água, que contém íons carregados eletricamente. Essa solução é armazenada em dois tanques separados, um com carga positiva e outro com carga negativa. Quando são misturados na célula de combustível, ocorre uma reação química que gera eletricidade, alimentando o motor do veículo.

5. Banco antissono

Muitos acidentes de trânsito acontecem pela fadiga do motorista, especialmente os profissionais, que passam horas a fio dirigindo.

Pensando nisso, a fabricante de ônibus Marcopolo desenvolveu, em parceria com o CEMSA (Centro Multidisciplinar de Sonolência e Acidentes), um banco antissono para os seus veículos.

O assento é dotado de um sistema que detecta sinais de fadiga e realiza comandos para atrair sua atenção do profissional para a direção, como vibração, aquecimento e refrigeração.

6. Inteligência artificial

A inteligência artificial já está presente em diversos dispositivos, inclusive nos carros autônomos que mencionamos anteriormente. Trata-se de uma tecnologia que, através do aprendizado das máquinas, possibilita que sistemas realizem tarefas que normalmente exigiriam inteligência humana.

Outra forma de uso da IA em veículos é através de câmeras que monitoram o comportamento dos motoristas. Chamada de videotelemetria, ao identificar ações de risco, como excesso de acelerações, frenagens bruscas e fadiga, essa tecnologia emite alertas na cabine.

7. Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas (IoT) permite que itens diversos, como veículos, sejam conectados à internet, trocando dados com outros dispositivos. Isso possibilita o acesso a diversos recursos, como rastreamento, informações sobre o tráfego, identificação precoce de risco de acidentes etc.

Através da conectividade os carros se tornam inteligentes, proporcionando mais segurança aos condutores e passageiros. Por isso, essa é uma das tecnologias automotivas com grande expectativa para se popularizar.

8. ADAS

Como é possível perceber, a segurança é um fator bastante considerado no desenvolvimento de tecnologias automotivas. O sistema ADAS é uma delas. Seu nome é uma sigla para Advanced Driver Assistance Systems (Sistema Avançado de Assistência ao Condutor).

Trata-se de um conjunto de tecnologias integradas em veículos para oferecer suporte e aumentar a segurança durante a condução. Esses sistemas utilizam sensores, câmeras e radares para monitorar o ambiente ao redor do veículo e fornecer alertas ou assistência em situações de risco, como:

  • Frenagem de emergência automática;
  • Detecção de pedestres;
  • Alerta de colisão;
  • Assistência de permanência na faixa;
  • Controle de cruzeiro adaptativo.

9. Impressão em 3D

Já imaginou um veículo sendo impresso por uma impressora 3D? Alguns projetos nesse sentido foram realizados em alguns países, como o carro que usa energia solar e filtra a poluição do ar, desenvolvido por estudantes da Holanda, e o LSEV, primeiro carro impresso em 3D produzido em massa do mundo.

Espera-se que, a longo prazo, a tecnologia de impressão 3D seja cada vez mais usada pela indústria automobilística, seja na produção total de veículos ou de peças.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *