Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 8 minutos

Se te perguntassem qual é o meio de transporte mais seguro – carro ou ônibus – o que você responderia?

Acredite: viajar de ônibus pode ser mais seguro do que viajar de carro.

E quem diz isso não somos nós, tá? Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, acidentes de ônibus são responsáveis por uma em cada 200 mortes no trânsito, ou seja, apenas 0,48% do total.

Esse dado com certeza acalma motoristas e donos de frotas de ônibus, que estão sempre pensando como deixar as viagens ainda mais seguras para os passageiros. Aliás, a Cobli pode ajudar nisso!

Neste texto, vamos explicar o que faz as viagens de ônibus mais seguras e como o sistema de rastreamento e monitoramento e também o bloqueador veicular da Cobli podem ajudar a tornar sua frota de ônibus ainda mais eficiente e segura!

Siga a leitura e confira!

Por que o ônibus é o meio de transporte mais seguro

Você sabia que é muito mais provável que alguém morra num acidente de barco ou de bicicleta do que num acidente de ônibus?

Pois é. Análises estimam que as chances de perder a vida em um acidente de ônibus são quase 11 vezes menores do que em um acidente de barco: uma em 4.400.000.

Além disso, medidas como a implantação de faixas e corredores de ônibus em grandes centros urbanos ajudam a diminuir ainda mais as chances de um cidadão morrer em um acidente de ônibus.

Segundo um relatório elaborado pelo Centro para Cidades Sustentáveis e também pelo Banco Mundial, as faixas e corredores de ônibus reduziram o número de acidentes e vítimas fatais em até 50%.

Mas o que explica que viajar de ônibus seja tão mais seguro do que viajar de carro?

Motoristas mais capacitados

Convenhamos: não é qualquer um que pode se sentar atrás do volante de um ônibus e sair dirigindo por aí, certo?

Faça a gestão eficiente dos veículos da sua empresa e ainda reduza seus custos!

Motoristas de ônibus são profissionais treinados para transportar pessoas em segurança e são constantemente supervisionados, não só por agentes de trânsito, mas também pelo poder público, no caso do transporte coletivo das cidades, e pelos gestores de frota das empresas de ônibus privadas.

Só pode conduzir ônibus quem tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria C, D ou E.

Além disso, a Lei nº 13.103/2015 exige que motoristas de ônibus se submetam regularmente a exames toxicológicos

Dispositivos de segurança

Se você costuma viajar de ônibus ou é dono de uma frota, sabe que, antes de sair da rodoviária, o motorista pede a todos passageiros que ponham o cinto de segurança, o que é uma novidade razoavelmente recente.

Os ônibus também contam outros dispositivos de segurança os mais diversos, como extintores de incêndio, saídas de emergências e pisos antiderrapantes. 

Veículos mais recentes ainda contam com um sistema que impede que o veículo se mova se as portas permaneceram abertas.

Além disso, as frotas de ônibus estão mais tecnológicas, recorrendo cada vez mais a telemetria e sistemas de monitoramento e rastreamento.

No entanto, as frotas brasileiras ainda têm um longo caminho de investimento pela frente.

Segundo “Pesquisa CNT de Motoristas de Ônibus Urbanos 2017”, 17,3% dos 1.055 profissionais entrevistados afirmaram dirigir veículos que não contam com nenhuma tecnologia de rastreamento.

Se a sua frota é completamente analógica, saiba que o sistema Cobli pode te ajudar. 

Mas já já falamos mais sobre isso. Antes, temos uma dica para os passageiros.

ônibus meio de transporte mais seguro

Quais os assentos mais seguros dos ônibus

Todo mundo parece ter a sua própria teoria sobre quais são os assentos mais seguros dos ônibus, não é verdade?

Não caia na conversa de qualquer um. Saiba que os assentos mais seguros são os que ficam na extremidade direita do veículo, porque estão mais distantes do fluxo contrário do trânsito.

Já os assentos mais perigosos ficam nas duas primeiras fileiras, porque, se acontecer algum acidente, destroços e objetos podem entrar pelo parabrisa.

A última fileira traseira também é potencialmente perigosa, especialmente se houver uma colisão traseira. 

Como a Cobli pode ajudar a tornar as viagens de ônibus ainda mais seguras

Descubra como o sistema para gestão com rastreamento e monitoramento veicular da Cobli pode ajudar sua operação!

Se você, dono ou gestor de uma frota de ônibus, quer garantir que seus motoristas e passageiros desfrutem de viagens mais seguras, saiba que pode contar com o sistema Cobli.

A Cobli oferece um serviço de telemetria veicular. Você sabe o que é isso?

A telemetria veicular é um sistema tecnológico de monitoramento, usado para comandar, medir ou rastrear alguma coisa à distância, por meio de dispositivos de comunicação sem fio.

Esse sistema é capaz de se comunicar com o veículo e extrair informações úteis sobre seu funcionamento: localização, velocidade, consumo de combustível, nível de desgaste de freios, pneus e suspensão.

Vamos ver quais os benefícios de contar com um sistema de rastreamento e também com um bloqueador veicular, outra ferramenta disponibilizada pela Cobli.

Os benefícios do rastreamento para frotas de ônibus

A Cobli oferece um serviço de telemetria de rastreamento de frotas.

Rastrear é capaz de recuperar os rastros de ônibus para entender como se deu a trajetória, da origem ao destino: se houve imprevistos no caminho, quanto tempo levou o deslocamento, quanto combustível foi gasto, se o motorista dirigiu com prudência etc.

Quer saber quai são os benefícios de contar com um bom sistema de rastreamento da sua frota de ônibus?

Bom, em primeiro lugar, você vai saber sempre onde é o que o ônibus está, a que velocidade, e poderá prever se ele chegará ao destino na hora combinada ou se haverá algum atraso – e por quê.

Você poderá ver no mapa quais ônibus estão ligados, o local exato por onde eles estão passando. Desse jeito, gerenciar a frota fica muito mais tranquilo, não? 

Veja como o sistema de monitoramento da Cobli pode te ajudar na redução de custos da sua gestão de operação!

Dá ainda para acompanhar acelerações e frenagens bruscas, curvas acentuadas, excessos de velocidade, tempo ocioso do motor e locais e durações de paradas. Tudo isso com o menor pulso do mercado: apenas 5 segundos!

Caso você não saiba pulso é o tempo que demora para a informação chegar a você: se o motorista frear bruscamente, você, no seu escritório, fica sabendo disso em apenas 5 segundos!

Os benefícios do bloqueador veicular para frotas de ônibus

A Cobli conta ainda uma tecnologia chamada bloqueador veicular. Você sabe o que é isso?

Um bloqueador veicular é um mecanismo integrado a um punhado de dispositivos de segurança cujo objetivo é impedir que o veículo (o seu ônibus, no caso) seja roubado. 

Sabemos que, infelizmente, assaltos, arrastões e sequestros são comuns no Brasil – o perigo aumenta muito quando o que é assaltado ou sequestrado é um ônibus cheio de passageiros.

O bloqueador veicular do sistema Cobli é uma alternativas eficiente para proteger a sua frota.

Ao detectar uma movimentação estranha que pode indicar que um malfeitor tentou tomar o controle do veículo, o gestor de frota pode, remotamente, bloquear o funcionamento do ônibus diretamente pelo sistema de monitoramento e rastreamento da Cobli. 

Quando acionado, bloqueador veicular da Cobli emite um alarme sonoro e vai parando o ônibus aos poucos, para evitar acidentes nas estradas.

O bloqueador veicular da Cobli também pode ser acionado quando o ônibus está parado ou estacionado para impedir que deem partida nele.

O que achou desses benefícios? 

Lá em cima vimos que os ônibus são o meio de transporte mais seguro, lembra? Quer tomar a sua frota de ônibus ainda mais segura e eficiente? Conte com a Cobli!

Esta publicação te ajudou? Confira outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota.

clique e tenha visibilidade e controle da sua operação com a Cobli
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário