Post atualizado em

Quando o assunto é estruturar uma empresa de tecnologia, seja qual for o segmento do seu negócio, é fundamental pensar, repensar, entender o que faz sentido e se há sinergia entre todas as pontas que compõem o trabalho.

Mas, se houvesse uma missão principal, essa seria guiar o mindset dos times definindo um objetivo claro e respondendo a seguinte questão: o objetivo é resolver as dores dos clientes ou criar produtos e conceitos?

Embora a preferência pareça óbvia, muitas empresas burocráticas optam pela entrega de tarefas e pelo desenvolvimento de projetos isolados, que não conversam com o objetivo maior de criar produtos e experiências completas para o cliente.

Não há uma visão futura sobre as possibilidades que surgem no caminho. Essa diferença é crucial para o andamento dos trabalhos, para a expectativa criada pelos líderes e para desenvolver algo que faça sentido para o público da empresa.

Leia mais:
O que faz um time de Customer Success?

Qual o papel de um time de produtos em uma startup?

Estar atento a esses pontos é o que garante que o negócio se torne ainda mais rentável e inteligente no médio prazo. E tudo isso só tem sentido se a empresa conseguir desenvolver algo que faça sentido para os clientes. “A rentabilidade, ainda que seja muito importante, só se mantém com produtos que realmente sejam úteis”, afirma Rafael Liziero, nosso gerente de produto aqui na Cobli.

Deixar processos burocráticos de lado e focar em produtos e entregas de valor é a mudança que guia muitas equipes da área de tecnologia para uma metodologia ágil. As equipes têm certa autonomia, são empoderadas e lideradas de forma mais horizontal.

Além disso, as reuniões e trocas são frequentes, assim como as entregas menores, que facilitam a identificação de pequenos obstáculos no caminho. Times caracterizados pela autogestão e com menos burocracia e retrabalho refletem em melhores resultados e mais eficiência em todo o processo. O foco é sempre o usuário final.

Essa estrutura organizacional vai além de uma rotina de trabalho: esse modus operandi profissional vem se tornando quase um mantra em muitas empresas de TI, principalmente em startups.

Mas, afinal, o que realmente fazem os times de produtos?

A resposta é simples: tudo que estiver ao seu alcance.

O ponto principal quando se fala no time de produtos é o interesse em fazer a diferença para o cliente. Ainda que o método e a proposta de trabalho possam ser semelhantes, os times de produtos visam sempre a ponta final do processo, a relevância do que está sendo desenvolvido e o impacto no resultado em um contexto geral.

Leia também: 
Cobli mostra as vias mais perigosas do Brasil em mapa de calor
Cobli Labs 2.0 — Discutindo as possibilidades da logística e da mobilidade

Dividir pequenos grupos por produto funciona como um esquema ideal capaz de maximizar a colaboração de profissionais com diferentes níveis e áreas de expertise. Os grupos correlacionados são agrupados de acordo com habilidades e interesses e têm como objetivo a troca de melhores práticas, experiências e desafios, de forma a alinhar sinergias internas de conhecimentos e produtividade.

Além do método de trabalho, os principais fatores que definem um time de produtos é a capacidade de integrar esforços de todas as áreas da empresa para construir uma experiência única para o cliente.

“Em empresas ágeis, um time de produtos entende o cliente e suas necessidades, quantifica o resultado potencial dessas necessidades, prioriza cada uma das iniciativas, desenvolve e acompanha se os esforços trouxeram os resultados esperados ou se é necessário alterar”, diz Rafael. “Tudo isso considerando os objetivos estratégicos da empresa e a tecnologia e times disponíveis”, completa. 

A visão sobre o todo pode mudar entre os times de produtos e as equipes . De um lado, grupos ágeis têm a característica das entregas constantes. De outro, há o questionamento sobre até que ponto tudo que é entregue é de necessidade real para o usuário final. E, neste caso, cabe ao gestor encontrar uma solução para que sua equipe possa desempenhar o melhor de si.

Monitoramento de Frota
badge primary e1563977884304 - O que faz um time de produtos em uma startup de tecnologia?
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário