Post atualizado em

Está em busca de dicas de como fazer o controle de pneus da sua frota? Primeiro, é preciso saber o que é o índice treadwear. Então, vamos lá…

O que é índice treadwear

Se você olhar na lateral do pneu do seu veículo, vai encontrar um número que pode variar entre 60 e 620. Esse é o índice treadware, que informa sobre a durabilidade do pneu. Os fabricantes chegam a esse número depois de vários testes realizados em condições controladas para concluir quão resistente é um pneu. Quanto mais próximo de 60 for o índice treadwear, menos resistente é o pneu. Quando mais próximo de 620, mais resistente. 

Isso quer dizer que se o índice treadwear do seu pneu for 400 ele vai durar duas vezes mais do que se o índice fosse 200? Não necessariamente. O índice treadwear informa sobre a durabilidade do pneuem condições ideias. Ou seja, quando os pneus estão calibrados, as rodas alinhadas e o motorista dirige defensivamente em pistas em boas condições. 

Uma manutenção de pneus bem feita é indispensável para uma boa gestão de frotas, pois garante mais eficiência e ajuda a reduzir custos. Segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção, 18,7% dos custos operacionais de uma transportadora estão relacionados ao consumo dos pneus.

Reúna informações para o controle de pneus

É importante manter um cadastro com informações atualizadas de todos os pneus da sua frota. Com essas informações, você terá uma ideia melhor da vida útil de cada um dos pneus, conseguirá identificar e resolver problemas de maneira mais eficiente e tomar decisões mais acertadas. Por isso, monte uma planilha com as seguintes informações:

– Modelo;
– Dimensões;
– Desenho e marca;
– Motivo da retirada;
– Cadastro do chassi;
– Chassi base;
– Número de identificação.

Não se esqueça de fazer rodízio dos pneus:

O rodízio de pneus é importante para controlar o desgaste das rodas, garantir o bom funcionamento dos componentes da suspensão e até mesmo economizar combustível.

Tipos diferentes de pneus sofrem níveis diferentes de desgaste. Como a maioria dos carros tem motor e tração dianteiros, é comum que o desgaste seja mais acentuado em um dos eixos. Os pneus dianteiros costumam desgastar mais rápido porque suportam mais peso do que os traseiros e sofrem com mais intensidade o esforço das frenagens.

O recomendado é que, na hora do rodízio, os pneus dianteiros vão para trás em linha reta, ou seja, o pneu da direita fica na direita e o da esquerda na esquerda. A coisa muda quando são os pneus traseiros que vão para a frente: o pneu que ficava na esquerda vai para a direita e o que ficava na direita vai para a esquerda.

Importante: pneus unidirecionais são exceções e devem ser trocados sempre em linha reta.

Qual é a hora certa de trocar o pneu?

O índice treadwear não tem uma tabela de valores que indica a quantidade exata de quilômetros que um pneu pode rodar antes de ficar desgastado. Dessa forma, ao trabalhar com o controle de manutenção de frota, você precisa verificar regularmente o seu estado para saber se eles estão em condições de uso ou não.

Para isso, basta verificar a profundidade dos sulcos na borracha, já que ela se desgasta com o tempo. Todo pneu conta com uma pequena elevação entre seus frisos, que é, inclusive, chamada de treadwear. Esses relevos indicam o limite máximo de desgaste da peça. Ou seja, se os sulcos estiverem na mesma altura do treadwear, o pneu já não está mais em condições de uso.

Treine os motoristas para o controle de pneus

Os principais responsáveis pela boa manutenção dos pneus são os motoristas. Por isso, eles devem ser bem treinados antes de pegar a estrada. 

Além de estar em dia com a legislação de trânsito e com as informações do pneu na ponta da língua, um bom motorista deve sempre respeitar o limite de velocidade, evitar freadas bruscas e seguir atentamente as normas de segurança estabelecidas pela empresa.

Não se esqueça da manutenção periódica

A manutenção periódica garante a segurança dos veículos e dos motoristas. É uma prática preventiva, pois ajuda a impedir o surgimento de problemas.

Os pneus precisam de cuidados específicos, como calibragem, alinhamento e balanceamento para evitar o desgaste prematuro das rodas. O alinhamento deve ser feito a cada 10 mil quilômetros rodados. Essa prática previne acidentes e aumenta da vida útil dos pneus.

Leia também:
Calibragem de pneus: tire as suas dúvidas
10 principais erros na manutenção e reparo de pneus

Se você perceber que seus pneus estão gastos ou perdendo tração, se observar problemas na suspensão ou se o seu veículo começar a fazer barulhos ou vibrações estranhas, é possível que haja algo de errado. Marque logo uma visita à oficina.

Esse conteúdo te ajudou? Confira mais informações sobre logística gestão de frotas no nosso blog. Caso tenha interesse em um serviço como esse, entre em contato com nossos vendedores pelo e-mail euquero@cobli.co ou no telefone (11) 4810-2200.

Manutenção de Frotas
badge primary e1563977884304 - Controle de pneus: como aplicar essa prática na sua frota?
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário