Gestão de pneus: cuidado fundamental com a frota

Quando o assunto é manutenção da frota, a maior parte das pessoas logo associa a questões mecânicas dos veículos. No entanto, a gestão de pneus é uma parte muito importante e que não deve ser esquecida.

As peças de borracha são as responsáveis por suportar todo o peso dos veículos e mantê-los estáveis sobre as vias. Quando os seus frisos e sulcos ficam gastos, essa capacidade é prejudicada.

Pneus que ultrapassaram sua vida útil oferecem sérios riscos de acidente, além de serem capazes de gerar um aumento no consumo de combustível e prejudicarem outros mecanismos dos veículos.

Ações como a substituição no momento certo, o rodízio de pneus, calibragem correta e outras práticas preventivas para adotar no dia a dia são necessárias para manter a segurança dos veículos da frota.

Neste texto vamos falar sobre a importância da gestão de pneus, os benefícios dessa prática e dar dicas de como fazê-la de modo eficiente. Ao final, iremos compartilhar um material gratuito bastante útil para realizar o gerenciamento. Vamos lá?

O que é a gestão de pneus?

Gestão de pneus é a forma como é chamado o acompanhamento e controle desses importantes componentes de uma frota, realizados com o objetivo de aumentar a sua durabilidade.

Para isso, são aplicadas diferentes ações que envolvem medidas preventivas, reparos, substituições e o planejamento financeiro para realizar todas elas. Essas informações são registradas e planejadas para garantir que sejam feitas periodicamente.

Cabe à gestão de pneus a análise das informações, custos e performance em cada etapa.

Acompanhar o desempenho dos pneus também auxilia os gestores de frota a tomarem melhores decisões de compra. Afinal, será possível identificar com maior facilidade quais marcas e modelos reúnem mais vantagens considerando preço e durabilidade.

Benefícios da gestão de pneus

Tudo aquilo que é bem gerenciado funciona com mais eficiência, ou seja, os recursos são melhor aproveitados e os desperdícios evitados.

Veja como a gestão de pneus pode beneficiar uma empresa.

1. Economia nos custos

A gestão de pneus gera uma economia nos custos da empresas em diferentes aspectos, como:

  • Aumento da vida útil dos pneus: benefício alcançado através do melhor aproveitamento dos valores investidos na compra;
  • Redução do consumo de combustível: veículos que trafegam com os pneus mal calibrados e desalinhados podem consumir 25% a mais de combustível. Então, se estiverem bem conservados, o consumo será menor;
  • Redução de custos com oficina e reboques: pneus velhos aumentam os riscos de batidas, defeitos variados e ainda prejudicam outros componentes dos veículos, gerando a necessidade de consertos com maior frequência;
  • Prevenção de multas por pneu careca: mais adiante falaremos em detalhes sobre a multa relacionada aos pneus.

2. Frota circulando com mais segurança

Os riscos de rodar com pneu careca e mal conservado são muito grandes, incluindo:

  • A frenagem se torna mais lenta;
  • O veículo perde a estabilidade;
  • Há maiores chances do pneu estourar em movimento;
  • Os pneus ficam mais sensíveis e podem furar com mais facilidade;
  • Aumento do risco de aquaplanagem.

Quando a gestão de pneus é realizada corretamente todos esses problemas podem ser prevenidos, tornando os riscos de acidente muito menores.

3. Evitar problemas que poderiam atrasar as rotas

Qualquer problema que acontece com os veículos durante o expediente dos funcionários atrasa as rotas e, consequentemente, os processos da empresa.

Isso pode representar problemas para fidelizar clientes e outras situações nada positivas em um mercado que está cada vez mais competitivo.

Dessa forma, manter os veículos e seus pneus em um bom estado de conservação irá contribuir para o aumento da eficiência da equipe.

4. Mais agilidade na manutenção dos veículos

A manutenção de frotas é um cuidado que deve ser realizado periodicamente sendo preciso haver um planejamento porque os veículos ficam algumas horas, ou dias, sem poder rodar.

A gestão de pneus, quando bem feita, ajuda na conservação de outros componentes, reduzindo as necessidades de substituição de peças e tornando as manutenções mais rápidas.

5. Evitar multas por pneu careca

Mais um custo que as empresas que não realizam a gestão de pneus podem ter é a multa por pneu careca, que está estabelecida em R$195,23 e mais 05 pontos na CNH do motorista.

Vale lembrar que, além dos pneus em uso, o estepe deve estar em um bom estado de conservação para evitar a multa.

Como essa é considerada uma infração grave, não pode ser convertida em advertência, como acontece em outros casos.

6. Redução do número de pneus descartados

Depois que o pneu chega em determinado estado, não é mais possível recuperá-lo e ele precisa ser descartado.

De acordo com dados divulgados pelo SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), cerca de 450 mil toneladas de pneus são descartados anualmente no Brasil.

A gestão é fundamental não somente para manter os veículos da frota em ordem, mas para detectar a origem de muitos problemas.

Apenas a título de curiosidade, um pneu pode levar até 600 anos para se decompor na natureza. Então, o impacto ao meio ambiente é realmente muito grande.

Empresas que realizam a gestão de pneus contribuem para a redução desse volume, pois eles podem ter a sua vida útil aumentada em até 25.000 km.

Como fazer a gestão de pneus corretamente?

A gestão de pneus deve ser realizada através do registro e acompanhamento das informações relacionadas a eles e da adoção de um conjunto de práticas, confira a seguir!

  • Utilização de pneus duráveis e de marcas confiáveis;
  • Realizar a calibragem periodicamente, sempre respeitando a pressão informada pelo fabricante dos veículos;
  • Fazer o rodízio dos pneus conforme orientação do fabricante;
  • Verificar periodicamente as condições dos pneus, os sulcos devem ter, no mínimo, 1,6 milímetro de profundidade;
  • Treinar a equipe para a condução adequada dos veículos;
  • Respeitar o limite máximo de peso dos veículos;
  • Registrar todas as ações e informações para cumprir os prazos corretamente.

Os registros podem ser feitos através de uma planilha para gestão de pneus Excel, que deve ser sempre atualizada pelo profissional responsável por esse gerenciamento.

A Cobli oferece gratuitamente um modelo de planilha para controle de pneus de frota. Basta acessar, seguir os passos recomendados e começar a usar para reduzir os custos da sua empresa!

Com essa ferramenta será possível acompanhar a vida útil dos pneus, reduzir a necessidade de trocas, economizar nos custos, além de manter a operação mais organizada e segura.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.