o que significa Finimp

Saiba tudo sobre o Finimp – Financiamento para importações

O Finimp se mostra como uma alternativa interessante para empresas que desejam realizar importações, mas não dispõem de todo o capital para o investimento e desejam manter seu fluxo de caixa equilibrado.

Trata-se de uma linha de crédito disponibilizada por agentes financeiros voltada para transações internacionais.

Use um sistema de monitoramento para fazer a gestão do seu negócio

Ao longo do texto explicaremos o que é o Finimp, como ele funciona, para que tipo de empresas é indicado, além de várias outras informações relevantes sobre o assunto. Continue lendo e tire todas as suas dúvidas!

O que é Finimp?

Vamos começar explicando o que significa Finimp, que é uma sigla para Financiamento à Importação. É o nome dado a uma linha de crédito voltada para empresas do Brasil que desejem importar bens e serviços do exterior. 

Uma informação relevante a destacar é que o Finimp pode ser solicitado para custear tanto o valor das mercadorias, quanto os custos ligados à importação, como de armazenagem e frete, por exemplo.

Como calcular Finimp?

Por se tratar de uma transação que envolve uma moeda estrangeira e, consequentemente, a variação do câmbio, o cálculo não é tão simples.

Por isso, é mais seguro utilizar um software específico ou delegar esse tarefa para o setor de contabilidade da sua empresa.

Finimp: como contabilizar?

Falando no contador, ele precisará considerar as condições com as quais o financiamento foi contratado para fazer os cálculos mensalmente das parcelas considerando as variações do câmbio.

Manter esse cuidado com os cálculos é fundamental para que o Finimp seja realmente um auxílio para manter o planejamento financeiro da empresa em ordem e evitar o descontrole financeiro.

Finimp: como funciona e para quais empresas é indicado?

O Finimp funciona da seguinte forma: a instituição financeira realiza o pagamento à vista para a empresa estrangeira e recebe do importador de acordo com as condições negociadas previamente.

Geralmente, quem oferece esse tipo de linha de crédito são bancos de grande porte, como Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil, por exemplo, além de outras instituições voltadas para o crédito.

O financiamento para importação é indicado para empresas de todos os portes, desde as menores até grandes varejistas. Contudo, o negócio precisa cumprir alguns requisitos para ter sua solicitação aprovada.

O primeiro passo é ter um registro de importador junto à Receita Federal. Depois disso, basta encontrar uma instituição financeira com condições que te agradem e ir até lá com os documentos para Finimp que comprovem a importação.

Descubra uma nova solução para gestão com rastreamento e monitoramento veicular

Vantagens do Finimp para as empresas

Os financiamentos são muito importantes para diversas empresas que precisam de capital para investir em seu crescimento. Em se tratando do Finimp, as vantagens são as seguintes:

  • Taxas de juros alinhadas com o mercado internacional;
  • Chances de conseguir financiamentos com taxas fixas;
  • Possibilidade de financiar também os custos da operação e não apenas da mercadoria;
  • Prazos longos para quitar o valor financiado;
  • Manter o fluxo de caixa equilibrado, sem ter que realizar uma grande retirada para custear a importação;
  • Não há incidência de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Conceitos importantes relacionados ao financiamento para importação

Quando se trata de comércio exterior e financiamento para importação, existem alguns conceitos que precisam ser compreendidos, acompanhe.

Vendor e compror: Vendor e compror são dois tipos de financiamento. 

Vendor: o fornecedor oferece a opção de parcelamento para o seu cliente, mas recebe, através de uma instituição financeira, todo o valor da venda e garante a liquidez do seu caixa. Caso o cliente não quite o pagamento, o vendedor assume a dívida do cliente junto ao banco. 

Compror: é uma modalidade bastante parecida com o vendor, mas que se diferencia pelo fato de que, em caso de inadimplência, o vendedor não assume a dívida. Aqui, o cliente fica ligado apenas ao banco que financiou o pagamento e não à empresa.

Operação forfaiting

Também chamada de desconto à forfait, ocorre quando o exportador oferece condições especiais de pagamento ao importador. Esses benefícios são intermediados por um banco, que paga o exportador à vista e recebe do importador dentro dos prazos e das condições definidas.

Hedge e swap

Hedge e swap são soluções para evitar perdas geradas pela oscilação do câmbio. Através deles é possível realizar transações financeiras internacionais com redução dos ricos de prejuízo.

O Finimp com hedge ocorre quando o financiamento é feito através de um instrumento que visa reduzir os riscos gerados pelas oscilações que ocorrem constantemente no mercado financeiro.

A empresa que opta pelo hedge recebe a garantia de saber quanto irá pagar ou receber por financiamentos feitos em moeda estrangeira. O objetivo não é obter lucro e sim se precaver e evitar prejuízos.

Já o Finimp para swap é uma modalidade de hedge, que pode ser realizado de diversas formas. Hedge significa cobertura e, como vimos, é um tipo de proteção para evitar perdas financeiras. Swap significa troca e é uma alteração de rentabilidade de ativos.

Vale a pena conferir também este conteúdo sobre Incoterms, que são siglas relacionadas à regulamentação do transporte internacional de cargas. São informações válidas para quem vai começar a importar.

Principais bancos que oferecem o Finimp

Agora que já sabe mais sobre Finimp o que é e suas vantagens, provavelmente está se perguntando como pode conseguir esse financiamento para sua empresa e a quem recorrer.

No Brasil, a maior parte dos grandes bancos oferecem o Finimp. Embora seja uma transação com etapas praticamente padronizadas, cada instituição tem as suas particularidades. Veja como funciona em três grandes bancos.

Finimp Itaú

O Finimp Itaú possibilita o benefício para o importador de negociar o valor à vista junto ao exportador e liquidar a importação junto ao banco na data combinada.

Uma vantagem oferecida é a possibilidade de fazer um hedge (conceito explicado anteriormente) para o real. Com isso, se evita prejuízos gerados pela variação cambial.

Finimp Santander

O Finimp Santander oferece cobertura do valor da importação e, também, dos custos extras, como tributos, seguro e frete. Também há a possibilidade de realizar a transação com a proteção do hedge cambial.

Finimp Bradesco

No Finimp Bradesco, além da opção de financiamento, há a de refinanciamento. Entretanto, cobre apenas os custos principais da transação, não incluindo os chamados custos acessórios.

Além desses, outros bancos oferecem o Finimp, como é o caso do Banco do Brasil, Citibank, Caixa, Sicoob, entre outros. Se você já é cliente de algum deles, converse com o seu gerente e verifique as possibilidades, o fato de já possuir um relacionamento com a instituição pode garantir melhores condições para negociação.

Agora que você já sabe o que é contrato Finimp e todos os pormenores envolvidos nessa transação, pode encontrar as melhores possibilidades para realizar importações.

Esta publicação te ajudou? Confira outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *