Tempo de leitura: 7 minutos

A manutenção de ar-condicionado automotivo é fundamental para mantê-lo funcionando corretamente, aumentar sua vida útil e evitar que cause danos respiratórios ao condutor e aos passageiros do veículo.

Mais do que aliviar o calor, o ar-condicionado tem a função de filtrar o ar, eliminando impurezas e impedindo a proliferação de bactérias e fungos. Por isso, se não estiver devidamente limpo, não conseguirá realizar o seu trabalho como deveria, oferecendo o efeito contrário.

Se não deseja colocar a sua saúde, da sua família e de seus funcionários em risco, é importante saber quais são os cuidados com o ar-condicionado que deve tomar e realizá-los regularmente. Existem medidas que você pode tomar no dia a dia e outras que precisam ser realizadas por profissionais.

Neste texto explicaremos todo o passo a passo para fazer a limpeza de ar-condicionado em casa, a periodicidade ideal para ter cada tipo de cuidado, além de dicas para encontrar empresas de confiança que realizem o serviço, acompanhe!

Por que a manutenção de ar-condicionado veicular é necessária?

A manutenção de ar-condicionado veicular é necessária tanto por uma questão de aumentar a vida útil e manter o bom desempenho do equipamento, quanto para proteger a saúde do condutor e dos passageiros do veículo.

Precisamos ter em mente que o ar-condicionado tem total ligação com a nossa respiração. A função dele, além de deixar a temperatura mais agradável, é filtrar o ar que circula pelo ambiente. Portanto, seguir corretamente as recomendações de manutenção desse acessório é, também, um cuidado com a própria saúde.

Manutenção de ar-condicionado automotivo: cuidados que podem ser tomados no dia a dia

A manutenção de ar-condicionado automotivo começa no dia a dia, com os cuidados que você mesmo pode ter, isso também é importante para garantir a durabilidade e o bom funcionamento desse acessório do seu veículo.

Além disso, ao colocar as medidas a seguir em prática conseguirá colher os benefícios da manutenção profissional por muito mais tempo, veja quais são as principais.

Ligar o ar-condicionado pelo menos uma vez por semana

No verão, é natural usar o ar-condicionado veicular com mais frequência para amenizar as altas temperaturas. Contudo, no inverno, o aparelho geralmente fica meses sem uso, o que pode se tornar um problema.

Quando fica muito tempo desligado, o óleo e o gás que fazem o sistema funcionar podem ressecar, oferecendo o risco de as mangueiras racharem e essas substâncias vazarem no veículo. Para evitar esse tipo de problema, é preciso ligar o ar-condicionado do carro pelo menos uma vez por semana, durante dez minutos. 

Considerar o tipo de ar-condicionado do seu veículo

Existem quatro tipos ar-condicionado veicular e é importante considerar as características de cada um para utilizá-lo da maneira correta e, assim, aumentar a sua vida útil. São eles: analógico, analógico com controle automático, digital e digital automático.

Leia o manual do seu veículo para entender melhor o funcionamento do ar-condicionado e, assim, desfrutar de todos os seus benefícios e realizar os cuidados mais indicados, respeitando as suas características.

Usar o ar-condicionado com o carro em movimento

O ar-condicionado automotivo precisa que o veículo esteja em movimento para funcionar com toda a sua capacidade e sem sofrer nenhuma sobrecarga. Por essa razão, se deve evitar usá-lo com o motor do carro desligado.

Inclusive, em outro texto publicado aqui no blog da Cobli compartilhamos informações sobre a relação entre o uso do ar-condicionado e o consumo de combustível, vale a pena conferir e saber em que situações e melhor mantê-lo desligado.

Trocar o filtro de cabine regularmente

A troca do filtro é um cuidado fundamental para a manutenção de ar-condicionado automotivo e deve ser realizada regularmente. Essa é uma peça fundamental para o bom funcionamento do aparelho porque tem a função de filtrar as impurezas do ar e do sistema. 

Quando o filtro já está com sua vida útil se aproximando do fim, é comum que o carro demore para ter seu ar refrigerado, além de ser possível sentir um odor desagradável. Condutores e passageiros com problemas respiratórios podem experimentar um agravamento dos sintomas quando o ar-condicionado do veículo é ligado.

Para evitar chegar a esse ponto, basta seguir as recomendações do fabricante em relação à frequência de troca do filtro, que costuma ser anual ou a cada 10 mil quilômetros rodados para uso normal e de metade do tempo para carros que trafegam em locais com muita poluição e poeira.

A substituição pode ser realizada em casa ou por um profissional. Caso não tenha certeza de como trocar, é viável contratar um profissional especializado em instalação e manutenção de ar-condicionado, esse é um serviço que costuma ter um preço relativamente baixo.

Como realizar a manutenção de ar-condicionado automotivo em casa?

Além dos cuidados que se pode ter no dia a dia, é preciso realizar uma manutenção de ar-condicionado mais profunda regularmente. É possível fazê-la em casa ou contratar os serviços de um profissional.

manutenção de ar condicionado 02 1600x686 - Manutenção de ar-condicionado automotivo: saiba quando é hora de fazer

Lembrando que o serviço profissional é mais duradouro porque é feito com ferramentas para manutenção de ar-condicionado específicas e com as técnicas certas. O ideal é que a manutenção caseira sirva como um cuidado extra para manter o filtro limpo por mais tempo.

1. Em primeiro lugar, saiba que você não precisa de um kit para manutenção de ar-condicionado automotivo profissional. Basta que tenha um aspirador de pó e adquira um spray específico para esse tipo de higienização.

2. Com o aspirador, limpe todo o interior do veículo, incluindo os tapetes e bancos. Esse passo é necessário para que o ar-condicionado inale apenas o produto e não se encha ainda mais de poeira.

3. Ligue o ar-condicionado, selecionando a temperatura mais baixa e o nível mais alto de ventilação. Ative, também, a circulação interna de ar e feche todos os vidros.

4. Abra o produto higienizador, seguindo as recomendações do fabricante, e saia do carro. Como os vidros estarão fechados, a substância será toda sugada pelo ar-condicionado, limpando-o por dentro.

Como escolher o lugar certo para realizar a manutenção de ar-condicionado veicular?

Como dissemos anteriormente, os cuidados caseiros não substituem os profissionais, que são feitos por quem entende e utilizando os equipamentos para manutenção de ar-condicionado automotivo corretos.

Mas, antes de fazer uma pesquisa por manutenção de ar-condicionado SP, por exemplo, e ir ao primeiro resultado que aparece, é importante buscar referências do profissional, para se certificar de estar contratando um serviço de qualidade.

Você pode fazer isso pedindo indicações de amigos e, também, verificando a reputação do estabelecimento nas redes sociais e no Google. Essa dica também vale para encontrar uma boa oficina para realizar outros tipos de reparo no seu carro.

Embora o valor não deva ser a primeira coisa a se considerar, vale a pena verificar a tabela de preço de manutenção de ar-condicionado automotivo em mais de um local, pois pode haver variação.

Conheça o curso de gestão de manuntenção de frotas do Cobli Ensina. É gratuito!

Conclusão

Incluir o ar-condicionado na lista de manutenção preventiva do seu veículo é essencial para mantê-lo funcionando corretamente e evitar que cause danos para a sua saúde e dos outros passageiros.

Manutenção de frota - Manutenção de ar-condicionado automotivo: saiba quando é hora de fazer
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário