Post atualizado em

No texto “OBDII: O que são as luzes no painel do meu carro?” explicamos como seu mecânico consegue ver, com precisão, a causa do problema que fez as luzes indicadoras do painel aparecerem, e também, quais são as principais luzes e suas funções. Agora, chegou a hora de entender o que são os chamados protocolos OBD e para quê eles servem.

OBDII - O que sao os chamados protocolos OBD
Entrada OBDII

Sabe quando te contei, lá no primeiro texto da série, que a partir de 1996 todos os carros tem o tal do OBDII? Então, isso só é verdade para os Estados Unidos. Na Europa, essa data é 2002, e, seguindo essa lógica, quando você acha que os carros no Brasil adotaram esse padrão? Sim, quase ontem, em 2010. Caso você seja do tipo curioso e tenha um carro mais velho que isso aqui no Brasil que tenha a entrada OBDII (aquela em forma de trapézio), espere um pouco antes de achar que nós não sabemos o que estamos falando (rs). 2010 foi o ano que as fabricantes atuantes aqui no Brasil decidiram adotar um protocolo que padronizasse tudo isso. Antes, cada um tinha o seu jeito de acessar as informações do veículo e cobravam milhares de reais pelos scanners que tinham essa capacidade. Hoje em dia ainda tem muita coisa que necessita desses scanners caríssimos, mas também existem aparelhos Bluetooth e/ou GSM que tem acesso a diversos tipos de protocolo e que podem acessar tudo isso.

No caso dos scanners, porque eles são tão caros? Simples. Porque eles conseguem extrair o máximo de informações de um determinado protocolo, e ainda são capaz de ler vários protocolos e fazer alterações no veículo via entrada OBD.

Para saber melhor como isso é possível, basta entender que os protocolos são basicamente como logins e senha diferentes para acessar a mesma coisa, a rede do veículo. A entrada OBDII possui um conector com 16 pinos (J1962), e cada um é responsável por transmitir uma determinada informação. Cada protocolo serve como uma espécie de dicionário que “traduz” o que cada pino “fala”. No começo existiam basicamente 4 tipos de protocolo: SAE J1850 PWM (Ford), SAE J1850 VPW (General Motors), ISO 9141-2 (Chrysler, carros europeus e asiáticos), ISO 14230 KWP2000 (Maioria dos carros europeus).

As variações entre estes protocolos vão desde o mapa dos pinos (qual pino transmite o que) até a frequência de informações da rede ou velocidade da conexão.

Hoje em dia, com o aumento do volume de dados transmitidos pela eletrônica dos veículos, surgiu uma necessidade de um padrão mais completo e poderoso. Foi a partir daí que foi criado o protocolo ISO 15765 CAN, que atualmente é utilizado em todos os carros comercializados nos Estados Unidos desde 2008, eliminando a necessidade de leitura de 5 protocolos ambíguos.

Leia o texto ‘OBDII: Como posso acessar os dados dos veículos?‘ – o último da série sobre a OBDII – e confira mais sobre como acessar os dados dos veículos. Não deixe de acompanhar!

Fontes:
http://pinoutguide.com/CarElectronics/car_obd2_pinout.shtml
http://www.obdtester.com/obd2_protocols

 

Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar!

Telemetria Veicular

 

badge primary e1563977884304 - OBDII: O que são os chamados protocolos OBD?
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário