Black November Cobli: Confira a promoção do melhor sistema de gestão de frotas!

Tempo de leitura: 8 minutos

A vistoria de veículos é exigida para conferir se o automóvel mantém as características originais de fábrica e se todos os equipamentos obrigatórios estão funcionando de acordo com o que estabelecem as normas de trânsito

Quem exige isso é a legislação. Ou melhor: a Resolução nº 466/13 do CONTRAN, o Conselho Nacional de Trânsito, que diz que “a vistoria de identificação veicular tem como objetivo verificar” a autenticidade da documentação do veículo, se a propriedade é legítima, a boa condição dos equipamentos obrigatórios e se as características originais foram alteradas.

Não precisa ficar ansioso só porque falamos em lei ou porque você tem dúvidas quanto aos documentos necessários ou onde fazer a vistoria do seu veículo. Nós vamos explicar!

Neste texto, você vai descobrir a importância da vistoria veicular, o que é avaliado nesse processo, o que leva à reprovação e, é claro, o que é necessário para fazer a vistoria.

Siga a leitura e confira!

A importância da vistoria veicular

A vistoria veicular nada mais é do que uma avaliação dos veículos que circulam em determinado território.

De responsabilidade dos departamentos estaduais de trânsito, ou seja, do DETRAN, a vistoria é obrigatória para a transferência e regularização da propriedade dos veículos e também para o licenciamento de automóveis fabricados há mais de cinco anos.

No caso de transferência de propriedade, a vistoria é necessária antes da emissão de novos Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRVL) e Certificado de Registro do Veículo (CRV).

A vistoria garante ao novo proprietário que o veículo que ele comprou é seguro, de boa procedência e que os equipamentos obrigatórios estão funcionando corretamente.

Se alguma das características originais do veículo for alterada ou se seguro precisar ser acionado depois de um acidente ou algo do tipo, a vistoria também se faz necessária.

A vistoria veicular é importante para evitar que automóveis que não estejam em boas condições continuem trafegando por aí, o que é perigoso não só para o motorista e para quem ele dá carona, mas para todo mundo que divide com ele as ruas e estradas.

Na prática, a vistoria funciona como uma avaliação que determina se um veículo pode ou não circular com segurança por aí.

Num país como o Brasil, onde a cada hora morrem cinco pessoas em acidentes de trânsito, tirar das ruas e estradas veículos que não estão em condições aceitáveis é de extrema importância e salva vidas.

A vistoria veicular também ajuda a prevenir fraudes e que os automóveis sejam modificados em desacordo com as normas do DETRAN.

Os diferentes tipos de vistoria de veículos

Você sabia que existe mais um tipo de vistoria, cada uma delas indicada para determinada situação?

Não? Então, confira abaixo algumas informações sobre os diferentes tipos de vistoria.

vistoria veiculos

Vistoria prévia de veículos

A vistoria prévia é realizada antes da contratação do seguro e analisa as condições gerais do veículo para garantir a validade das condições da apólice.

Para trocar de seguradora, renovar o seguro ou incluir novas coberturas no contrato, é necessária uma nova vistoria prévia.

Vistoria cautelar ou de procedência

A vistoria cautelar ou de procedência é realizada quando o veículo é colocado à venda (seja por um vendedor particular, por uma revendedora ou por uma concessionária).

Essa modalidade de vistoria avalia o estado geral automóvel e identifica problemas como chassis adulterados, falhas no câmbio, no motor ou nos vidros, danos na pintura, etc.

Quando é realizada a vistoria cautelar ou de procedência, também ocorre a consulta à Base de Índice Nacional (BIN), banco de dados mantido pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), que reúne informações e características dos veículos a partir das vistorias anuais e do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM).

Vistoria para transferência

A vistoria para transferência é realizada quando o veículo é transferido para um novo proprietário ou quando é necessária alguma alteração na documentação por conta de uma mudança de cidade.

O que é necessário para fazer vistoria de veículos profissionais

Para realizar uma vistoria veicular, são necessários os seguintes documentos: Carteira Nacional de Habilitação (CNH), RG e Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRVL) e Certificado de Registro do Veículo (CRV).

Não se esqueça também de preencher o formulário do RENAVAM e, é claro, de  as taxas necessárias e se dirigir ao DETRAN do seu Estado. 

O que é avaliado na vistoria veicular

A vistoria veicular é realizada por profissionais autorizados, treinados e experientes.

Este profissional vai verificar se os documentos do veículo estão atualizados: o Certificado de Registro de Veículos (CRV) e o Certificado de Licenciamento de Veículos (CRLV). 

Também vai checar se o IPVA, o seguro obrigatório, o licenciamento e eventuais multas estejam devidamente quitados.

Se tudo isso estiver em ordem, começa a vistoria de fato.

Primeiro, o vistoriador vai conferir se todos os equipamentos obrigatórios estão em bom estado e funcionando adequadamente.

Aliás, você lembra quais são os itens obrigatórios? Vamos lá: protuberâncias externas, pneus, dispositivos de iluminação, proteção aos ocupantes em impacto frontal, estrutura do habitáculo em impacto traseiro, coluna de direção colapsável, limpador e lavador e parabrisa, travas antifurto, fechadura e dobradiça das portas laterais, sistema de freios, comandos e luzes-espia, buzina, espelhos retrovisores, vidros, marcação e identificação do veículo (número do chassi), ABS, airbags frontais, bancos e relativas ancoragens, apoios de cabeça, cintos de segurança, materiais internos não inflamáveis, conjunto para estepe, triângulo de sinalização.

Também é verificado se o veículo mantém ou não as características originais de fábrica.

Importante: a integridade da suspensão deve ser sido mantida, ou seja, o veículo não pode ter sido rebaixado.

Os pneus precisam estar em boas condições e a largura deles não pode, de modo algum, exceder os limites da carroceria.

Os vidros também não devem ter rachaduras e, se forem blindados, não podem apresentar sinais de desgaste, como bolhas de ar.

Se os vidros forem revestidos com película fumê, as regras impostas pelo Código Brasileiro de Trânsito devem ser observadas.

A iluminação, limpador de parabrisa e as portas devem estar funcionando perfeitamente.

Por último, o vistoriador vai conferir se os números do motor e do chassi continuam visíveis e o nível de emissão de poluentes do veículo está de acordo com o que a legislação permite.

O que não passa na vistoria dos veículos?

Ninguém quer ser reprovado na vistoria, né? Então, entenda o que pode causar essa dor de cabeça.

Se os números do chassi ou no motor estiverem ilegíveis, raspados ou adulterados, é reprovação na certa.

Se a película fumê não tiver sido colocada de acordo com as exigências do Código Brasileiro de Trânsito, os pneus estiverem carecas, os faróis e lanternas funcionam mal, o parachoque estiver danificado, os escapamentos estiverem irregulares ou espelhos retrovisores quebrados, prepara-se para a dor de cabeça da reprovação.

Não preciso nem dizer que se algum dos itens obrigatórios estiver faltando ou avariado a reprovação virá, né?

O veículo também será reprovado na vistoria se ele tiver sofrido algum tipo de adulteração não regulamentada ou se, por alguma razão, oferecer um risco à segurança no trânsito.

Agora que você já sabe o que pode levar a uma constrangedora reprovação, cuide bem do seu veículo e siga a lei e para não ter essa dor de cabeça!

A vistoria veicular é importante e garante a sua segurança e também a daqueles com quem você divide as ruas e as estradas! Cuide do seu veículo e cuide-se!

Acesse nosso site e descubra como o sistema de gestão da Cobli vai te ajudar a melhorar a qualidade do serviço da sua empresa.

Manutenção de frota - Vistoria veicular: Como funciona? Quais restrições?
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário