controle-sinistro

Prevenção e controle de sinistro: como reduzir prejuízos?

Sua empresa realiza alguma medida para a prevenção e controle de sinistro dos veículos da frota? Esse tipo de iniciativa é importante porque ajuda a reduzir as ocorrências, assim como os prejuízos gerados por elas e os transtornos para a operação.

Se você está se perguntando como isso pode ser feito, é só acompanhar a leitura. Entenda o que é e como fazer o controle de sinistro veicular, como isso ajuda na prevenção, entre outras informações relevantes. Vamos lá?

O que é controle de sinistro?

Vamos começar explicando o que é controle de sinistro, pois é a partir dele que a prevenção acontece.

No âmbito dos seguros, sinistro é a forma como é chamada qualquer ocorrência inesperada que aconteça com um bem que está segurado.

Logo, quando se refere a uma frota, diz respeito aos problemas que podem acontecer com os veículos, como furtos, roubos, batidas e outros tipos de acidente.

O controle de sinistro é o acompanhamento dessas ocorrências, feito com o objetivo de compreender o que causou cada uma delas. Então, em vez de simplesmente acionar o seguro, o gestor da frota irá analisar cada situação e, a partir disso, obter dados que nos levam ao próximo tópico.

O que é prevenção de sinistro?

Se uma empresa começa a controlar os sinistros que ocorrem com os seus veículos, pode usar essas informações para prevenir novas ocorrências. Afinal, o gestor terá conhecimento das particularidades de cada situação.

Os dados coletados para a realização do controle dos sinistros dão um direcionamento para evitar que cada tipo de problema se repita. Por exemplo, se um veículo tem a carga furtada, poderão ser identificadas medidas para aumentar a segurança.

Importância da prevenção e controle de sinistro

Como pudemos perceber até aqui, existem vários tipos de sinistros que podem ocorrer com veículos. Para destacar a importância de realizar o controle e a prevenção dessas ocorrências, vamos analisar alguns dados.

controle-sinistro
Com a previsão e controle de sinistro uma empresa pode reduzir prejuízos e imprevistos na operação.

Roubo de veículos

Segundo dados apresentados no Boletim Econômico Tracker, criado pela FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), no estado de São Paulo a cada 6 minutos um carro foi roubado, entre os meses de janeiro e abril de 2022.

Foram 29 mil ocorrências, somando furtos e roubos, um aumento de 23% se comparado ao mesmo período em 2021.

Roubo de carga

Outro tipo de sinistro que gera muitos transtornos para as empresas está relacionado às cargas. Apenas em 2021, foram 14.400 registros, somando um prejuízo de R$ 1,27 bilhão em roubo de carga, de acordo com dados levantados pela NTC & Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística).

Acidentes

Desde 2011, o número de acidentes de trânsito no Brasil vinha apresentando queda. No entanto, em 2021, houve um aumento em relação ao ano anterior, ainda pequeno, mas que quebrou a sequência consecutiva de queda.

O ano fechou com 64 mil acidentes de carro e 5 mil mortes. Os três estados com mais ocorrências foram: Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná.

Os dados apresentados mostram o quanto as medidas de prevenção de sinistro são importantes. Com elas, é possível reduzir todos esses tipos de ocorrência, poupando vidas, evitando prejuízos e mantendo a operacionalidade das empresas.

Como proceder em caso de sinistro?

Quando um sinistro acontece, é preciso fazer um boletim de ocorrência, se envolver terceiros, e acionar a seguradora, que dará prosseguimento aos trâmites de acordo com a cobertura da apólice.

Em se tratando das ações para prevenção e controle de sinistro, o gestor deverá realizar a análise da situação. É importante coletar dados relevantes que ajudarão a planejar as medidas preventivas.

controle-sinistro
A manutenção da frota tem um papel fundamental para a prevenção e controle de sinistro.

Como prevenir sinistros na frota?

Agora, chegou o momento de falarmos sobre como criar políticas de prevenção de sinistro na empresa e colocá-las em prática. Confira as dicas que preparamos!

Coletar dados sobre os sinistros

Para dar início a um programa de prevenção e controle de sinistro é necessário registrar as ocorrências detalhadamente. O ideal é contar com um formulário para preencher de modo organizado, simplificando a análise posterior.

Para facilitar esse passo, a Cobli está disponibilizando gratuitamente um modelo de relatório de sinistro veicular. Acesse o link, baixe a planilha e organize os dados que irão ajudar na identificação de causas e na criação de políticas preventivas.

Definir práticas preventivas

Os dados coletados devem ser analisados a fim de entender quais são os tipos de sinistro mais comuns, bem como suas respectivas causas. Dessa maneira, poderão ser definidas práticas visando a prevenção.

Revisar os seguros contratados

É subentendido que uma empresa já tenha seguro para a sua frota. Afinal, essa é uma medida essencial para evitar prejuízos causados por sinistros de diferentes naturezas. Caso seu negócio não tenha, é preciso fazer isso o quanto antes.

Seja de seguros já contratados ou novos, é válido revisar as coberturas, os valores, canais de atendimento disponibilizados e considerar também experiências com a seguradora. Todos esses fatores precisam ser verificados para garantir a segurança dos veículos.

Criar um cronograma de manutenções

Ter um plano de manutenção é fundamental para a prevenção e controle de sinistros. Afinal de contas, veículos que são periodicamente revisados têm menos chance de apresentar defeitos e gerarem algum tipo de risco.

As manutenções também ajudam a reduzir custos com a frota e evitam desfalques na operação. O fato de serem preventivas possibilita que sejam agendadas para dias de menor movimento, por exemplo, sem prejudicar a produtividade da operação.

Investir em tecnologia para gestão de frota

Se a ideia é prevenir e controlar sinistros, a tecnologia pode ser uma grande aliada. Através de um sistema para a gestão de frota, o supervisor consegue ter muito mais controle sobre a equipe de motoristas e os veículos, sabendo sua localização em tempo real, velocidade, status da ignição, etc.

Mais algumas funcionalidades úteis para evitar acidentes, furtos e outras ocorrências incluem:

Com uma gestão de frotas eficiente é possível reduzir significativamente os sinistros, mantendo a segurança da operação e dos colaboradores.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.