Profissionais analisam telas com gráficos e dados sobre a operação logística.

Dashboard de gestão de frotas: otimize o controle da operação

Já imaginou ter acesso a todas as informações sobre os veículos da sua empresa em um só lugar? É exatamente isso o que o dashboard gestão de frotas proporciona, facilitando a tomada de decisões e o acompanhamento da operação.

Através de gráficos, dados e relatórios, o gestor consegue controlar os veículos e a equipe de campo de modo mais efetivo. Além disso, a função dos demais profissionais envolvidos também é facilitada, resultando em uma gestão de frota mais eficiente e estratégica.

Mas o que é um dashboard de gestão de frotas? Que tipo de informações ele apresenta? Quais são os seus benefícios? As respostas para essas e outras perguntas você irá encontrar a seguir. Boa leitura!

O que é um dashboard de gestão de frotas?

Traduzindo para o português, o termo dashboard significa painel. No contexto da logística e gestão de frotas, representa uma plataforma digital que reúne dados sobre os veículos de uma empresa.

Podemos comparar o dashboard ao painel de um carro, onde o motorista pode obter informações sobre a velocidade, nível de combustível, se há algum sinal de alerta etc. Com base nesses dados, ele tomará decisões para conduzir o veículo.

O dashboard gestão de frotas funciona de modo semelhante, proporcionando ao gestor indicadores para tomar decisões relacionadas à operação logística, como: localização dos veículos, velocidade, manutenções, o motorista associado a cada veículo etc.

Como definir indicadores para dashboard de gestão de frotas?

Os dados relacionados a uma frota são importantes indicadores de desempenho da operação. Mas, para obter vantagens através dessa análise, o gestor precisa escolher os indicadores certos.

Para definir os indicadores do dashboard de gestão de frota da sua empresa, considere os seguintes passos:

  • Entenda as necessidades do negócio;
  • Defina objetivos com base nas necessidades identificadas, como reduzir o consumo de combustível ou o tempo de deslocamento, por exemplo;
  • Mantenha o foco nos indicadores mais importantes, evitando o excesso de informação, assim será mais fácil atingir as metas e identificar pontos de melhoria;
  • Conte com uma ferramenta completa para gestão de frotas, como o sistema Cobli, que possui um dashboard intuitivo e simples de usar, facilitando o acompanhamento de indicadores pelo gestor.

Conheça os benefícios de usar dashboards

Até aqui já foi possível entender o que é um dashboard de gestão de frotas e até como definir indicadores para acompanhar através dele. Agora, vamos apresentar os benefícios que a ferramenta pode proporcionar, acompanhe!

Monitoramento em tempo real

Através do dashboard de gestão de frotas é possível obter informações atualizadas sobre a movimentação dos veículos, dependendo apenas da disponibilidade de sinal para a transmissão dos dados.

As empresas que escolhem o sistema Cobli têm acesso a uma das atualizações mais rápidas do mercado. As informações dos veículos são registradas de 05 em 05 segundos e transmitidas para o painel quando há sinal disponível.

Análise de desempenho

O fato das informações ficarem centralizadas no painel, proporciona uma análise geral do desempenho da frota. Assim, o gestor consegue identificar com facilidade os pontos fortes da operação e outros que precisam ser melhorados.

Tomada de decisões baseadas em dados

Para tomar decisões acertadas é necessário ter clareza sobre o estado atual e os objetivos que se deseja alcançar. Com a ajuda do dashboard o gestor consegue compreender todos os detalhes da operação e, através disso, agir com estratégia.

Otimização de rotas e recursos

Através dos dados obtidos no dashboard é possível otimizar as rotas seguidas pelos veículos, priorizando a economia de combustível ou a agilidade dos deslocamentos. Como consequência, os recursos são otimizados, gerando economia para a empresa.

Componentes de um dashboard de gestão de frotas

Para alcançar os benefícios mencionados anteriormente não basta utilizar qualquer dashboard. Conheça a seguir os componentes que um bom painel de indicadores para gestão de frotas deve ter.

Mapas de rastreamento

Primeiramente, a ferramenta precisa contar com mapas que possibilitem ter acesso à localização de cada veículo. Essa é uma informação importante para se ter controle sobre a operação, obtendo dados detalhados de ocorrências relacionadas a: excesso de velocidade, desperdício de combustível, multas etc.

Além disso, através do mapa de rastreamento é possível obter a localização dos veículos, aumentando a segurança da operação.

Métricas de desempenho

Já mencionamos a importância dos indicadores de desempenho na gestão de frotas. Para obtê-los, é preciso ter acesso às métricas, que são os dados brutos sobre a operação, incluindo: consumo de combustível, modo de condução dos veículos, custos, entre outros.

Relatórios de manutenção

A gestão da manutenção é um importante cuidado a se manter com a frota. Afinal, por meio dela pode-se prevenir acidentes, evitar o desgaste precoce dos veículos e reduzir os custos com reparos.

Mecânico realizando a manutenção do veículo.
O controle de manutenção é facilitado com a ajuda do dashboard de gestão de frotas.

Através do dashboard dá para acompanhar relatórios dos procedimentos realizados, obtendo informações sobre as datas de realização, substituição de peças e outras observações relevantes.

Alertas e notificações

Por fim, além dos dados para análise, um bom dashboard de gestão de frotas deve ter a funcionalidade de enviar alertas e notificações, avisando sobre:

  • Datas para realizar manutenções;
  • Excesso de velocidade;
  • Desvio de rota;
  • Saída da cerca eletrônica (área delimitada no sistema para circulação dos veículos);
  • Frenagem brusca;
  • Desligamento do veículo, entre outras ocorrências importantes.

Como funciona a personalização nos dashboards de gestão de frotas?

A personalização nos dashboards de gestão de frotas pode ser realizada de várias maneiras, confira alguns exemplos:

Limite de velocidade: cabe ao gestor definir qual será o valor base para envio dos alertas no painel.

Cercas eletrônicas: usadas por muitas empresas, delimita o perímetro no qual os veículos deverão circular.

Tempo de motor ocioso: cada operação possui os seus próprios critérios para considerar um veículo ocioso, então, é possível configurar o tempo para gerar relatórios precisos, que reflitam a realidade da sua frota.

Permissões: em uma empresa, cada colaborador tem a sua função, sendo importante personalizar as permissões dentro do dashboard.

Integração de dados com outros sistemas

A integração com outros sistemas é uma característica importante para uma ferramenta de gestão de frota. Afinal, as empresas costumam utilizar várias soluções e o cruzamento dos dados gerados por elas tornará os processos ainda mais eficientes.

O sistema Cobli tem a integração facilitada com os principais sistemas do mercado. Além disso, com ele é possível realizar a extração de dados via API (Interface de Programação de Aplicações), nome dado a um conjunto de ferramentas que permite a diferentes softwares comunicarem entre si.

As possibilidades de integração são muito importantes em um dashboard de gestão de frotas, tornando a experiência do usuário mais rica e contribuindo para os bons resultados da empresa.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *