ociosidade frota

Ociosidade da frota: o que é e como resolver

Ociosidade da frota é o que acontece quando alguns veículos ficam parados na garagem ou até mesmo rondam vazios frequentemente, resultando em desperdício de recursos financeiros e operacionais.

Esse é um desafio que trabalhadores da logística precisam combater, afinal, investir na gestão eficaz da frota não apenas aumenta a produtividade e a rentabilidade, mas também contribui para uma operação mais sustentável e ambientalmente consciente.

A ociosidade da frota tem diversos motivos e pode causar prejuízos bem relevantes às empresas. Nesse artigo, falaremos sobre os principais problemas e, o mais importante: como resolvê-los. Siga a leitura e confira!

O que é ociosidade da frota?

A ociosidade da frota acontece quando os veículos de uma frota ficam parados por muito tempo ou rondam sozinhos em grande escala.

Quando isso é um cenário frequente na gestão de frota, a empresa começa a ter impactos no fluxo de caixa, pois:

  • Veículos inativos geram gastos com seguros, manutenções, impostos etc;
  • Veículos que rondam desocupados representam gastos mal aproveitados com mão de obra, pedágios e combustível.

Quais são as principais causas da ociosidade da frota?

A ociosidade da frota pode acontecer por várias razões, como:

  • Falta de planejamento;
  • Má gestão de rotas;
  • Manutenção inadequada dos veículos;
  • Problemas logísticos.

Em 2017, uma pesquisa realizada no Brasil pela Power System Research, constatou que a ociosidade da frota variava entre 5% e 20% na época.

Isso mostra como essa questão já é avaliada há um bom tempo pelos profissionais da área e deve ter sua devida importância entre os gestores de frota. Afinal, acontece por diversos motivos e destacaremos aqui os principais.

Em alguns casos os caminhões ficam parados por conta de problemas mecânicos que muitas vezes poderiam ser evitados se a manutenção da frota estivesse em dia.

Em outras situações, é uma questão de falta de planejamento. Por exemplo, quando uma empresa não precisa de uma frota tão grande para dar conta de todas as entregas e alguns caminhões ficam ociosos na garagem.

E manter um caminhão parado custa caro. Mesmo que ele não saia para fazer entrega, ocupa espaço em garagens que muitas vezes são alugadas.

Outro ponto também é que nem sempre ociosidade da frota é sinônimo de caminhão parado. Um veículo subutilizado também pode ser considerado ocioso. 

Por exemplo, às vezes um caminhão sai cheio de mercadorias para entregar, mas faz uma longa viagem de volta à garagem completamente vazio. Essa viagem de volta custa em termos de gastos com combustível, pedágios e diária do motorista.

Impactos negativos da ociosidade da frota

Frotas ociosas impactam diferentes empresas de maneiras distintas, dependendo dos custos de cada tipo de operação, da quantidade de veículos e outros fatores.

No entanto, algumas consequências negativas da ociosidade de frota podem ser observadas nos mais diversos seguimentos. Confira abaixo quais são elas:

Aumento das despesas operacionais

Uma das principais consequências da ociosidade de frota é o aumento das despesas operacionais.

Caminhões pegando estrada ou não, você continua pagando o aluguel da garagem, despesas mecânicas, IPVA, seguros, salário dos motoristas e por aí vai.

Diminuição dos lucros

Despesas em ascensão costumam resultar em queda de lucratividade.

Custear uma frota que não está tendo todo o seu potencial aproveitado é um investimento com um retorno limitado. Às vezes, a receita trazida por uma frota ociosa é menor do que os gastos que ela traz.

O resultado é diminuição dos lucros e até mesmo prejuízo financeiro de difícil recuperação.

Perda de competitividade

Do aumento das despesas para a perda de competitividade no mercado é um pulo.

Geralmente é assim que acontece: para custear uma frota ociosa (com despesas em ascensão) e ainda assim garantir algum lucro, as empresas não veem outra saída a não ser aumentar os preços de seus serviços. 

O problema é que elevar os preços pode afastar os clientes, que vão procurar outros prestadores de serviço, dificultando ainda mais a situação da empresa que já vinha sofrendo com ociosidade de frota.

Percebe como uma frota ociosa pode deixar a empresa em um círculo vicioso de aumento das despesas, queda da lucratividade e perda de novos clientes?

É por isso que é tão importante atacar o problema pela raiz! No próximo tópico, vamos dar algumas dicas para combater a ociosidade da frota.

Emissão de gases em excesso

O CO² é um dos principais gases de efeito estufa e sua redução é vital para diminuir o impacto das atividades humanas no aquecimento global.

Quando veículos rondam sozinhos com frequência, a emissão de dióxido de carbono está acontecendo desnecessariamente. Acabar com a ociosidade da frota significa contribuir para um planeta mais sustentável.

Como resolver a ociosidade da frota?

O primeiro passo para combater a ociosidade da frota é descobrir quais são as causas desse problema. Portanto, questione por que os seus caminhões andam passando tanto tempo na garagem.

Por fim, avalie se os caminhões estão voltando para a garagem vazios com frequência e pense em maneiras de otimizar o uso dos veículos.

Por exemplo: será que o caminhão que saiu transportando mercadorias não pode aproveitar a viagem de volta para trazer matéria-prima ou fazer pequenos serviços de coleta e entrega no caminho?

Abaixo, destacaremos 05 práticas que podem ajudar a evitar a ociosidade da sua frota:

01. Use dados para identificar o nível de ociosidade

Para solucionar um problema, é preciso monitorá-lo, então você precisa entender o nível de ociosidade da sua frota.

Cogite adotar soluções para identificar números como: rotina dos veículos, o tempo que ficam ociosos (seja por inatividade ou desocupação), entregas que demoram mais, quantidade de veículos x mercadorias por dia etc.

02. Invista em manutenção preventiva

É comum que caminhões fiquem ociosos devido a problemas mecânicos que poderiam ser evitados se a manutenção preventiva fosse feita regularmente.

Não espere um caminhão dar problema para chamar um mecânico.

Em vez disso, realize manutenções periódicas e treine seus motoristas para dirigir de maneira prudente para evitar o desgaste precoce dos veículos.

Mecânicos realizando manutenção em veículos com ociosidade.
A manutenção preventiva é um boa prática contra a ociosidade da frotas por problemas mecânicos.

Você pode contar com sistemas de monitoramento para acompanhar como seus motoristas estão conduzindo e agilizar esse processo.

Ao monitorar suas frotas, você pode verificar se os seus motoristas estão tomando todos os cuidados necessários para evitar problemas decorrentes de direção agressiva ou mal uso do veículo.

03. Tenha uma frota enxuta

Verifique se a causa da ociosidade não é o tamanho da frota: será que você precisa mesmo de tantos veículos?

Uma causa frequente de ociosidade da frota é a baixa demanda por serviços de transporte e entrega de mercadorias.

Faças as contas e veja se a sua empresa não seria capaz de cumprir todos os compromissos com os clientes com uma frota menor. Reduzir a frota pode resultar diminuição dos custos e ganho de produtividade.

Dependendo do caso, talvez seja uma boa ideia terceirizar a frota. Fazendo isso, você abre mão dos custos com a manutenção dos caminhões e com mão de obra.

04. Planeje suas rotas

O planejamento de rotas é essencial para garantir a produtividade de uma frota e manter os veículos ativos.

Na hora de elaborar uma rota, é importante levar em conta diversas variáveis, como as melhores estradas, a existência de trechos nos quais o tráfego de veículos pesados é proibida, o horário acordado para a entrega das mercadorias, etc.

Para planejar suas rotas com eficiência, esqueça mapas e aplicativos. Contrate um serviço de roteirização profissional.

05. Treine os motoristas

Realize treinamento de motoristas de forma frequente na sua equipe, educando sobre conservação dos veículos, riscos de inatividade gerada por acidentes, produtividade, gestão de tempo etc.

A Cobli pode ajudar na ociosidade da frota

A Cobli possui sistemas de monitoramento e roteirização que podem ajudá-lo a combater a ociosidade da sua frota, garantindo a eficiência da operação e da redução dos custos logísticos.

O sistema de monitoramento da Cobli permite ao gestor saber onde estão seus veículos e como os motoristas estão dirigindo.

A ferramenta informa se alguém anda acelerando demais, freando de forma brusca, fazendo curvas acentuadas, ultrapassando o limite de velocidade ou cometendo qualquer imprudência que pode danificar o veículo.

Já o nosso sistema de roteirização é capaz de planejar rotas com até 300 endereços de uma vez!

Na hora de montar o seu trajeto, o roteirizador leva em conta as restrições na circulação de veículos pesados em determinadas vias e também os horários em que seu cliente prefere receber a carga. É uma mão na roda!

Com a Cobli, você pode optar por reduzir ou as distâncias percorridas ou o tempo gasto com as entregas. A partir da sua escolha, o sistema apresenta a rota mais adequada às suas necessidades.

A tecnologia é de grande apoio para acabar com a ociosidade da frota.
Com a Cobli Cam é possível monitorar a localização dos veículos, acabando com a ociosidade da frota.

Há diversas outras funcionalidades, como, por exemplo, a possibilidade de gerar um link e enviá-lo ao cliente para informar a localização do veículo que fará a entrega e a previsão de chegada.

O sistema de roteirização da Cobli combate diretamente a ociosidade da frota ao sugerir o número de veículos necessários para cumprir as entregas.

Se você preferir, pode optar por “Utilizar todos os veículos” e a ferramenta vai elaborar uma rota sem deixar um só caminhão ocioso!

Conheça a videotelemetria e seus benefícios para a frota

A videotelemetria se estabelece como um passo além da telemetria. Na realidade, são tecnologias complementares, que, quando combinadas entre si, apresentam um potencial de fornecimento de dados que melhoram a gestão de frotas.

É uma tecnologia que utiliza a captação de imagens para a coleta de dados por meio de uma câmera de segurança veicular.

Mais do que monitorar os condutores de um veículo, a Cobli Cam, videotelemetria da Cobli, consegue diminuir custos e aumentar a segurança do trânsito e dos motoristas.

Com a Cobli Cam é possível:

  • Alerta de desvio de faixa: avisa o motorista quando ele está se desviando da faixa de rolamento;
  • Alerta de colisão frontal: avisa o motorista quando há outro veículo muito próximo;
  • Relatório de viagem: fornece um relatório detalhado sobre a viagem, incluindo tempo de viagem, velocidade média, distância percorrida e número de vezes que o motorista foi distraído.

Nossos clientes com frequência reportam ganhos de produtividade, redução dos gastos com combustível e, é claro, diminuição da ociosidade da frota! Conte com a Cobli para tornar sua frota mais eficiente e menos ociosa!

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli!

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *