Post atualizado em

Hoje em dia, as empresas de frotas veiculares e de transportes contam com o auxílio de ferramentas tecnológicas para fazer o monitoramento e o rastreamento de frota. Isso é muito importante para a segurança dos trabalhadores e da empresa, além de evitar práticas ruins no trânsito.

O monitoramento e o rastreamento são processos que auxiliam na gestão de frotas, são complementares e devem ser usados em conjunto. Por isso, é importante entender as suas diferenças.

Neste post elas serão explicadas, assim como as vantagens da adoção dessas práticas. Acompanhe!

As diferenças entre monitoramento e rastreamento de frota

O monitoramento e o rastreamento de veículos são partes complementares de um processo que ajuda na segurança de frotas e na economia de recursos empregados no transporte. Essas práticas têm algumas características e objetivos diferentes.

rastreamento da frota é um serviço básico relacionado a posição geográfica dos veículos. Por meio da conexão com o GPS é possível determinar a localização imediata do carro ou do caminhão. Isso permite ver no sistema quais são os veículos da frota que estão ligados, por onde eles estão passando, o tempo de almoço e o início e o fim dos serviços diários.

monitoramento permite ter uma visão mais completa dos serviços, mostrando onde estão os motoristas e como eles estão dirigindo. Também é possível verificar acelerações e freadas, velocidade em que os veículos passam em curvas, uso do combustível e a duração das paradas.

O monitoramento fornecido pela Cobli possibilita, ainda, que seja feita a detecção do motorista. O sistema é inteligente e traça um perfil de direção para cada pessoa de acordo com o comportamento diante de cada situação. Assim, se a pessoa que estiver dirigindo não for quem era esperado, isso será detectado com precisão e informado para os gestores.

Aliada ao rastreamento e ao monitoramento há, ainda, a telemetria veicular. Ela é o aprofundamento da coleta de informações que auxilia na redução de custos e na manutenção da frota. Essa ferramenta é também é muito útil para a emissão de alertas de segurança e a criação de rotas.

Aplicações e vantagens desses recursos

Depois de entender como funcionam e as diferenças entre monitoramento e rastreamento de frota, chegou o momento de descobrir os benefícios e as aplicações práticas dessas tecnologias.

Vantagens

A redução de custos é observada com o monitoramento veicular devido a uma série de medidas. Motoristas com maus hábitos de direção gastam mais combustível. Assim, a coleta de dados durante as viagens mostra quais são as práticas incorretas que podem ser modificadas, o que é passado para o profissional por meio do ranqueamento e do feedback. Com o desempenho melhor, menos combustível é desperdiçado e a necessidade de abastecimento diminui.

Isso faz com que as infrações de trânsito diminuam também, especialmente as multas por excesso de velocidade. Como é possível visualizar a velocidade dos veículos a cada segundo, assim como a aceleração, a equipe de gestão é capaz de identificar quem precisa se readequar às leis de trânsito.

A segurança é beneficiada porque a visibilidade proporcionada pelo monitoramento e pelo rastreamento de frota torna a localização mais fácil em caso de furto, o que facilita a recuperação de carros ou caminhões.

O tempo de resposta ao cliente também é otimizado já que é possível saber onde o veículo está e qual a causa de um eventual atraso na entrega. Isso torna a relação da transportadora com os seus consumidores mais transparente e aumenta o nível de confiança.

Aplicações reais

A Cobli fornece serviços de monitoramento e rastreamento de frotas e veículos, sejam carros de passeio, vans, caminhões e até ambulâncias. Entre os casos reais de empresas que foram beneficiadas pelo uso do sistema, está o da Bem Emergências Médicas que presta serviços com ambulâncias, atendendo à convênios, escolas, clubes de futebol e até grandes shows.

Assim, com a visibilidade proporcionada pelo monitoramento a previsão de chegada ficou mais precisa, diminuindo o número de ligações para saber onde a equipe está. Isso fez com a gestão saiba qual é o veículo mais próximo de uma ocorrência.

Com isso, a Bem conseguiu reduzir o tempo de alocação em 40%. Essa é uma métrica relacionada ao tempo entre o momento em que alguém entra em contato com a central de emergência até a alocação de uma ambulância. Dessa forma, com a queda da espera de 5 minutos para 3, o que pode fazer toda diferença na operação.

Outro caso de sucesso é o da Direct SI,  uma empresa de Telecom por fibra óptica no Paraná e no Mato Grosso e possui uma frota de veículos leves para realizar as instalações dos serviços. A corporação tinha a necessidade de melhorar a métrica do número de instalações realizadas por cada equipe diariamente porque isso está ligado diretamente ao faturamento.

Antes, apenas 3 serviços eram realizados por dia e a meta era 5, o que gerava uma grande perda de receita. Sem a visibilidade dos carros era difícil fazer um gerenciamento eficiente da frota. Muitas vezes ocorria de duas equipes diferentes irem para um mesmo local de instalação, causando uma perda de tempo.

Com o rastreamento e o monitoramento ficou mais fácil controlar as equipes, sabendo onde elas estavam e quanto tempo levavam para atender a cada ocorrência. Com isso, a meta diária foi superada, chegando a 20 instalações diárias, o que gerou um aumento na receita da empresa de 74%.

A prática também diminui o número de avarias com os carros, acidentes e colisões. Um número que chegava a ser 3 por semana, passou a quase nulo porque os hábitos de direção perigosa foram abandonados pelos motoristas.

Chegado ao fim deste texto você já sabe como o rastreamento e o monitoramento de frotas auxiliam no controle dos motoristas, gerando redução de multas acidentes e outras infrações de trânsito. Lembre-se de que essas ferramentas são capazes ainda de auxiliar uma empresa a ser mais eficiente e melhorar o seu faturamento.

7 dicas de como ganhar a confiança do seu time com o sistema

Muitas empresas, tanto pequenas, como médias e grandes, estão implementando sistemas de monitoramento de frota, com o objetivo de ter mais controle de suas operações, reduzir custos e aumentar a rentabilidade. Porém, alguns gestores ainda se preocupam como esta mudança irá impactar a confiança do time. Elaboramos 7 dicas para assegurar que este processo evolua de uma forma positiva:

1. Explique claramente como funciona – Muitas vezes as pessoas não querem usar uma nova tecnologia porque não entendem como ela funciona. Explicar claramente quais informações serão medidas fará com que o sistema seja, de fato, mais eficaz, e manterá a motivação do time alta.

2. Enfatize a segurança no trabalho – Com mais informações dos seus veículos, você saberá quando fazer manutenções preventivas, diminuindo o risco de falhas mecânicas e de possíveis acidentes envolvendo seu time. Todo mundo sai ganhando com veículos bem cuidados!

3. Mais comunicação, menos distração – Ligar para o celular do motorista enquanto ele está na rua atrapalha a sua produtividade e a sua segurança. Com um sistema de monitoramento você sempre saberá onde o motorista está, acabando com a necessidade de ligações incessantes. Basta explicar ao seu time que este sistema resultará em menos ligações do chefão.

4. Escute as preocupações – É fundamental escutar as preocupações dos funcionários sobre o novo programa. Esclarecer dúvidas deixará a comunicação mais aberta e auxiliará o alinhamento entre motoristas e gerentes.

5. Reconheça um bom trabalho – Com um sistema de gerenciamento de frotas, é possível saber o quão bem os seus motoristas estão dirigindo. Assim você vai ter funcionários mais felizes e motivados, mostrando para o seu time que bons motoristas são sempre recompensados.

6. Explique os ganhos da empresa – Explicar claramente porque o novo programa é importante para a empresa e como ela pretende usar o dinheiro poupado para investir em outras áreas.

7. Mostre os ganhos – Depois de ter implementado o sistema, mostre para eles os ganhos reais! No final das contas, o monitoramento da frota facilitará o trabalho do gestor e dos próprios funcionários.

Um sistema de gestão de frotas pode aumentar muito a eficiência da sua frota mas só se seus funcionários colaborarem com ele.

Esta publicação te ajudou? Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar! Confira também outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog. Você também pode entrar em contato com um de nossos atendentes pelo (11) 4810-2200 ou pelo euquero@cobli.co.

Rastreamento de Frota

Escreva um Comentário