sensor-de-fadiga-

Sensor de fadiga: como ele auxilia na prevenção de acidentes?

A atenção é um fator fundamental para evitar acidentes de trânsito, sendo bastante prejudicada pelo cansaço. Logo, o sensor de fadiga é um grande aliado na prevenção dessas ocorrências.

Embora muitos condutores o ignorem, o sono no volante é um grande vilão e pode colocar muitas vidas em risco, por isso, é importante falar sobre medidas e ferramentas com potencial para combatê-lo.

Nesta postagem iremos explicar o que é o sensor de fadiga, como ele funciona e a importância da tecnologia para uma gestão de frotas mais segura. Vamos nessa?

O que significa fadiga no trânsito?

Primeiramente, é válido esclarecer o que significa fadiga no trânsito e os impactos desse estado na atenção do condutor.

A fadiga é considerada uma condição adversa para a direção defensiva, o que significa ser um fator com potencial para prejudicar o desempenho na condução de um veículo.

Quando uma pessoa está no chamado estado de fadiga, pode cochilar a qualquer momento, até mesmo enquanto dirige, também há falhas na concentração e na memória, habilidades fundamentais no trânsito.

Dependendo de onde o veículo está transitando, poucos segundos de desatenção já são suficientes para causar acidentes de alta gravidade, por isso, a fadiga é um tema bastante mencionado em campanhas e estudos sobre segurança no trânsito.

Três importantes órgãos se uniram para realizar um estudo sobre a fadiga no trânsito, são eles: Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), Academia Brasileira de Neurologia (ABN) e o Conselho Regional de Medicina (CRM).

A pesquisa concluiu que o sono é a causa de 42% dos acidentes de trânsito no Brasil, o que o coloca na lista de principais causas dessas ocorrências no país, ao lado do excesso de velocidade e do consumo de álcool.

Principalmente entre motoristas com experiência, pode ser difícil identificar os sinais do cansaço, por se tratar de uma atividade realizada diariamente. Então, muitos acabam não se dando conta de que estão com as habilidades motoras e de atenção prejudicadas.

Por todos os riscos envolvidos, dirigir com sono é considerado uma infração gravíssima, de acordo com o art. 166 do Código de Trânsito Brasileiro, podendo resultar em 7 pontos na CNH e uma multa de R$ 293,47.

 sensor-de-fadiga-
O sensor de fadiga para caminhão detecta sinais de cansaço no comportamento do motorista.

O que faz o sensor de fadiga?

Até aqui pudemos ver o quanto o cansaço ao volante pode ser perigoso e o sensor de fadiga é um importante aliado para prevenir o problema entre os motoristas de frotas.

Quando uma pessoa está cansada, ao observá-la é fácil perceber o quanto isso prejudica os seus movimentos, a atenção e até a sua capacidade de raciocínio.

Motoristas profissionais geralmente dirigem por longas horas sozinhos, então, além de não haver ninguém para alertá-los do cansaço, há maior risco até de cochilos pela monotonia de não ter ninguém para conversar e mantê-los em estado de alerta.

O sensor de fadiga é uma solução que faz o papel de alertar o profissional de que o seu cansaço está prejudicando as suas habilidades ao volante.

Trata-se de um dispositivo instalado nos veículos para monitorar o comportamento dos condutores. Ao identificar sinais de cansaço ou outras ações que possam oferecer risco, a ferramenta emite alertas sonoros na cabine, avisando também o gestor da frota.

Como funciona o sensor de fadiga?

Para conseguir monitorar e identificar comportamentos de risco do motorista, o sensor de fadiga funciona por inteligência artificial.

A chamada câmera de segurança veicular é a responsável por realizar o monitoramento da cabine e também do lado externo do veículo, protegendo o condutor tanto de ter comportamentos de risco, como dirigir com sono, quanto da ação de bandidos.

As imagens são captadas e gravadas, permitindo o monitoramento em tempo real e também a verificação posterior para diversas finalidades, como:

  • Investigação de assaltos;
  • Negociação com seguradoras em caso de sinistro;
  • Evidência em processos de acidentes de trânsito;
  • Análises para identificar pontos que precisam ser reforçados aos motoristas em treinamentos.

Vantagens do sensor de fadiga

O sensor de fadiga proporciona mais segurança para os motoristas, reduzindo os riscos de acidente, mas também oferece outras vantagens aos profissionais e às empresas responsáveis pela frota, acompanhe!

  • A câmera que realizar o monitoramento pode ser facilmente instalada no interior do veículo;
  • O monitoramento permite a identificação precoce de riscos, ajudando na prevenção de ocorrências diversas;
  • Verificação do nível de segurança das condições de trabalho dos motoristas;
  • O gestor da frota tem acesso a um grande volume de informações para tomar decisões estratégicas;
  • Redução de custos relacionados a acidentes e reparo de veículos.
sensor-de-fadiga-
Com o sensor de fadiga, o gestor de frota pode acompanhar o comportamento dos motoristas à distância.

Cobli Cam: solução de videotelemetria com sensor de distração

A Cobli Cam é o sistema de videotelemetria da Cobli, uma tecnologia baseada no que a telemetria já faz, de medir e coletar dados de veículos, mas que conta com o diferencial de ter câmeras captando imagens da cabine e da via.

As duas tecnologias estão no portfólio de soluções oferecidas pela Cobli, sendo complementares. O uso conjunto da telemetria e da videotelemetria é capaz de proporcionar ainda mais segurança e eficiência para a gestão de frotas, elevando a operação para o próximo nível.

Anteriormente explicamos como o sensor de fadiga funciona através de câmeras com inteligência artificial e a Cobli Cam segue a mesma ideia, no entanto, possui algumas características particulares.

A solução permite o acompanhamento do desempenho dos motoristas pelo gestor de frota e também auxilia os condutores através de sinais sonoros que entram em ação para alertá-los sobre comportamentos de risco.

Se o motorista faz uma curva acentuada demais, está distraído ou muito próximo do veículo da frente, por exemplo, o sistema detecta e o avisa através de um sinal. Isso é interessante porque os avisos se tornam instrumentos de prevenção, afinal, são acionados durante a rota.

Mesmo que o supervisor possa conversar posteriormente com os profissionais para reforçar a importância de evitar certos comportamentos, o aviso em tempo real tem efeito imediato, podendo ser crucial para evitar acidentes.

Para conhecer melhor as funcionalidades da Cobli Cam e os benefícios para a gestão de frotas em segurança e economia, acesse aqui, insira seus dados e entraremos em contato!

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.