Caminhão não é tudo igual. Não é porque você tem um veículo com carroceria que pode transportar qualquer tipo de carga e trafegar em qualquer lugar. É muito importante saber que existem diversos caminhões, por exemplo: os diferentes tipos de carreta. Cada um deles é adequado para transportar diferentes cargas. Se você quiser transportar uma carga de três ou quatro toneladas, vai precisar se um caminhão com determinadas características. E não vale recorrer a esse mesmo caminhão para transportar dez ou mais toneladas. 

Caminhões menores e mais ágeis, como o toco, são recomendados são para rodar nas cidades, recolhendo lixo ou entregando mercadorias, como gás e alimentos. Caminhões maiores – as carretas, veículos divididos em uma parte que reúne o motor, as rodas e tração e a cabine do motorista, e outra que sustenta a carga – são adequados para transportes pesados. 

O Conselho Nacional de Trânsito (Cotran) estabelece regras claras quanto aos tipos de caminhão adequados ao transporte de determinadas cargas e autorizados a transitar em rodovias e no perímetro urbano. O Cotran divide os caminhões de acordo com o número de eixos do cavalo mecânico e do semirreboque. O objetivo dessas regulações é garantir a segurança dos motoristas (e de quem mais trafega pelas estradas) e cuidar da manutenção da infraestrutura rodoviária. Se um caminhão estiver trafegando com excesso de carga, a pressão sobre os pneus será maior, o que também contribuiu para um desgaste mais acelerado do asfalto das estradas. 

Escolher um caminhão inadequado para determinada carga ou insistir que um veículo transporte peso excessivo é perigoso e também dá prejuízo: as manutenções e os consertos vão ser mais frequentes, o custo com troca de peças e pneus também vai aumentar. Por outro lado, escolher um caminhão cuja capacidade de carga é maior do que a que você realmente precisa só para garantir também não dá certo: é desperdício.

Quais são os tipos de caminhões?

Veículo Urbano de Carga (VUC)

O VUC é um caminhão de pequeno porte, adequado a trajetos urbanos. Possui largura máxima de 2,2 metros, comprimento máximo de 6,3 metros, capacidade para transportar até 3 toneladas e limite de emissão de poluentes.

Toco ou caminhão semipesado

Possui apenas um eixo simples na carroceira, isto é, um eixo frontal e um eixo traseiro de rodagem simples. Capaz de transportar até seis toneladas, tem até 14 metros de cumprimento.

Truck ou caminhão pesado

Possui eixo duplo na carroceria, isto é, dois eixos juntos, o que permite ao veículo transportar cargas mais pesadas e ter um desempenho melhor. A força do motor é recebida por um dos eixos traseiros. Consegue transportar de 10 a 14 toneladas e pesa até 23 toneladas. Assim como o caminhão toco, tem 14 metros de cumprimento.

Carretas

Carretas são veículos divididos em duas partes: uma delas concentra a força motriz (motor), as rodas de tração e a cabine do motorista; a outra parte recebe a carga. A parte motriz é chamada de cavalo mecânico, ao qual podem ser acoplados diferentes módulos de carga. Vejamos alguns modelos:

Cavalo mecânico ou caminhão extrapesado

Possui cavalo mecânico com eixo simples (duas rodas de tração) e pode ser usado com vários tipos de semirreboque a depender da carga.

Cavalo mecânico trucado ou LS

Funciona como o caminhão extrapesado, com a diferença de que possui eixo duplo, o que permite transportar cargas maiores, porque o peso da carga do semirreboque é distribuído por mais rodas, e a pressão exercida por cada uma delas no asfalto é menor.

Carreta 2 eixos

Entre os muitos tipos de carreta, há essa com um cavalo mecânico e um semirreboque, cada um deles com dois eixos. Pode pesar até 33 toneladas e mede até 18,15 metros de cumprimento.

Carreta 3 eixos

Possui um cavalo mecânico simples, de dois eixos, e um semirreboque de 3 eixos. Chega a pesar 41,5 toneladas e alcança até 18,15 metros de cumprimento.

Carreta cavalo trucado

Além do cavalo mecânico truncado, possui um semirreboque de três eixos. Mede até 18,15 metros de cumprimento e pesa até 45 toneladas. 

Bitrem ou treminhão

É composto por sete eixos, o que o permite transportar até 57 toneladas. Seus semirreboques podem ser tracionados por um cavalo mecânico truncado. 

Rodotrem

É uma combinação de dois veículos de carga, dois bitrens. Possui 9 eixos e pesa até 74 toneladas. Os dois bitrens são ligados por uma unidade de articulação chamada dolly. A combinação dos dois bitrens só pode ser tracionada por um cavalo mecânico truncado. Esses tipos de carreta precisam de uma Autorização Especial de Trânsito (AET) para rodar.

Esta publicação te ajudou? Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar! Confira também outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog. Você também pode entrar em contato com um de nossos atendentes pelo (11) 4810-2200 ou pelo euquero@cobli.co.

Monitoramento de Frota

Escreva um Comentário