Tudo sobre manutenção de elevadores: prevenir é o melhor investimento

Em qualquer área de nossa vida, prevenir é sempre o melhor caminho. Assim, ao conhecer tudo sobre manutenção de elevadores, é possível traçar estratégias que visam manter a segurança de seus usuários e ainda gerar economia.

Seja em prédios residenciais, comerciais ou mesmo industriais, é necessário que ao menos uma pessoa seja responsável por cuidar e entender tudo sobre manutenção de elevadores para programar, de forma eficiente, seus reparos com empresas especializadas.

Aliás, existe a lei de manutenção de elevadores que determina o período mínimo em que devem ser realizados os cuidados com o equipamento.

No Brasil, a estimativa é que existam mais de 400 mil elevadores em uso. Somente na cidade de São Paulo, de acordo com a Secretaria Municipal de Licenciamento, há cerca de 80 mil equipamentos cadastrados.

Se você quer saber tudo sobre como fazer manutenção de elevadores está no lugar certo. Siga com a leitura para acompanhar informações detalhadas sobre o tema e muitas dicas.

Lei de manutenção de elevadores

Antes de ficar por dentro de tudo sobre manutenção de elevadores, precisamos falar sobre a legalização do setor.

Em todo o País, a ABNT é o órgão responsável por impor normas e exigências em relação à manutenção de elevadores e, claro, sobre seus padrões de segurança

Contudo, cabe a cada município estabelecer a legislação de manutenção de elevadores.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, a Lei n.º 10.348, de 1987, determina as regras sobre este tema e, sempre que necessário, é atualizada para que as medidas preventivas sejam ainda mais eficazes.

Na capital paulista, a lei de manutenção de elevadores exige que seja feita, ao menos, uma inspeção anual no aparelho por uma empresa especializada e credenciada no SEGUR, departamento responsável por elevadores.

Além disso, qualquer aparelho precisa ter alvará de funcionamento para operar nos prédios da cidade.

Tipos de manutenção de elevadores

Continuando com o nosso guia, chegou a hora de explorar mais a fundo como devem ser feitos os reparos neste meio de transporte.

Abaixo você vai conhecer os 03 tipos de manutenção de elevadores que podem ser contratados e vai entender a importância de cada um para manter a segurança dos usuários deste equipamento.

Manutenção preventiva de elevadores

A manutenção preventiva de elevadores é realizada periodicamente e tem como objetivo melhorar a vida útil do equipamento, além de garantir a segurança dos usuários.

Como o próprio nome revela, esse tipo de manutenção é feita para prevenir falhas ou paradas do elevador.

Nela, acontece a limpeza das engrenagens, os sistemas e peças são lubrificados e a programação da máquina pode ser corrigida após avaliação técnica.

Além de evitar possíveis problemas, a manutenção preventiva ainda ajuda na economia, uma vez que o gasto de energia de um aparelho bem programado é menor, bem como o custo de troca de peças.

É comum que síndicos e administradores de prédios contratem um programa de manutenção preventiva de elevadores de empresas especializadas, o que permite que os cuidados sejam feitos com frequência.

Manutenção corretiva de elevadores

A manutenção preventiva e corretiva tem algumas diferenças. No caso da corretiva, o reparo é feito após uma pane ou falha no equipamento.

Quando isso acontece, é preciso chamar a empresa especializada em caráter urgente ou emergencial para que o caso seja solucionado e o aparelho volte a funcionar adequadamente.

A manutenção de elevadores é capaz de aumentar a vida útil do equipamento e garante a segurança dos usuários.

Entre os erros que podem ser corrigidos estão velocidades ou pausas inesperadas, degraus, rolamentos com barulhos, fechamento das portas, desembarques bruscos, etc.

Um ponto importante é que o elevador deve ser desligado e interditado assim que o problema for detectado, de forma a evitar qualquer acidente.

Manutenção preditiva de elevadores

A manutenção de elevadores também pode ser feita a partir de uma análise de seus componentes, é assim que ocorre a manutenção preditiva.

Nela, são coletados indicadores do equipamento por meio de supervisão e monitoramento.

Dessa forma, é possível saber antecipadamente quando certos elementos deverão ser reparados ou mesmo substituídos.

De maneira geral, a manutenção preditiva atua na busca por falhas, mal funcionamento, defeitos ou qualquer indicativo de que o elevador possa vir a ter um problema, o que acaba diminuindo custos de reparações emergenciais.

Afinal, quem pode fazer manutenção em elevadores?

Por questões de segurança e legislação, a manutenção em elevadores só pode ser feita por empresa especializada.

Esses prestadores de serviços precisam estar regulamentados e ter autorização da prefeitura de sua cidade e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

O trabalho desempenhado por estas empresas é sério e garante a segurança das pessoas, por isso, é necessário ter muito cuidado ao contratar.

Busque por nomes reconhecidos no mercado e pesquise a reputação da companhia, assim, o risco de errar fica bem menor.

No momento da contratação, estabeleça quais serviços deseja que a empresa realize em seu condomínio.

Quem realiza a manutenção em dia garante segurança, gera economia e ainda evita falhas no equipamento.

Como visto anteriormente, a manutenção preventiva é importante e gera economia, por isso, vale a pena incluí-la em seu pacote.

Quanto custa a manutenção mensal de um elevador?

O plano de manutenção leva em conta diversos fatores, como o tipo de serviço que será realizado e sua periodicidade.

A inclusão de reposição de peças, o estado do equipamento (se é novo, seminovo ou antigo) e quantas paradas são feitas, ou seja, quantos andares atende também são variáveis que influenciam no valor

A média de preços varia entre R$500 e R$1.800. O ideal é fazer orçamento com cerca de cinco empresas diferentes, assim é possível avaliar qual apresenta o melhor custo-benefício para o condomínio.

E depois de conhecer como fazer a manutenção de elevadores, veja mais uma dica sobre esse assunto.

Bônus: checklist de manutenção de elevadores

A Cobli é entusiasta da manutenção preventiva de elevadores e sabe que um equipamento inspecionado regularmente aumenta a vida útil deste meio de transporte e garante a segurança de seus usuários.

Por isso, criamos um checklist completo para você que quer programar as avaliações de acordo com as necessidades de seu condomínio!

Para ter acesso ao checklist é simples, basta clicar aqui e preencher seus dados para receber gratuitamente o material por e-mail.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.