analista-de-telemetria-funcoes

Analista de telemetria: funções, conhecimento e salário

Entender o analista de telemetria, o que faz, quais são as suas principais funções e como surgiu essa profissão é um belo exemplo da evolução de vagas corporativas. 

Há alguns anos era difícil prever que a profissão de analista de telemetria seria algo tão importante, ainda mais para quem trabalha com a gestão de frotas

O analista de telemetria, inclusive, vem ganhando outras atribuições com o avanço da tecnologia, como a videotelemetria.

Para quem ainda não tem familiaridade com o tema, entender o conceito de telemetria veicular é fundamental para se aprofundar nas nuances da profissão. 

Basicamente, quando falamos em telemetria de veículos, nos referimos a um sistema de gestão de frotas feito para capturar dados gerados por cada veículo.

Dessa forma, o gestor de frota consegue ter muito mais análises para sua empresa e repassar tarefas ao time composto por analistas de frota

Por exemplo: é possível fazer análises mais assertivas dos indicadores de desempenho dos motoristas, avaliar e detectar oportunidades de otimização do negócio, minimizar multas, etc

E é aí que surge a necessidade de um bom profissional, um analista de telemetria qualificado para ajudar em dados, análises e fazer a sua empresa crescer e se desenvolver na parte da gestão de frotas. 

Durante este conteúdo, acompanhe tudo sobre o analista de telemetria, o que faz, o que é preciso para ser esse profissional, o salário e quais os benefícios que a sua empresa pode ter ao contratá-lo.

Quais as funções de um analista de telemetria?

Falar sobre quais as funções e o que o analista de telemetria faz pode variar de empresa para empresa, e até sobre a senioridade de cada perfil. 

Mas, como grandes pilares da profissão podemos citar citar algumas execuções que, geralmente, são solicitadas nas descrições de vagas pelo mercado: 

  • Acompanhar indicadores;
  • Realizar planos de ação;
  • Produzir relatórios gerenciais;
  • Realizar análises de dados.

Durante o dia a dia do analista de telemetria, algumas tarefas serão direcionadas a este colaborador. Analistas ou gestores de frota são profissionais que poderão se aproveitar de alguns dos dados gerados.  

Entre as funções de um analista de telemetria, o que faz o colaborador se destacar é cumprir com maestria algumas dessas atribuições: 

  • Preparar e pensar indicadores e produzir dashboard de análises;
  • Analisar as bases da frota e a construir indicadores que ajudem na tomada de decisão;
  • Realizar a modelagem de dados dimensional sobre as frotas;
  • Identificar quais são as principais necessidades da área e produzir um diagnóstico assertivo para os problemas;
  • Realizar o suporte e desenvolvimento dos indicadores.

Características essenciais do analista de telemetria

Fundamentalmente, o analista de telemetria precisa ter algumas características que citamos acima.

Mas, mais do que isso, alguns soft skills valorizam muito e ajudam esse colaborador a se destacar em uma empresa e ter facilidade na hora de entrevistas. 

Um profissional que é reconhecido por ter autonomia e atitude de dono, por exemplo, é muito valorizado. 

Um analista de telemetria com resiliência e senso de urgência, também, afinal, é uma área estratégica da empresa e que pode mudar rumos e alavancar ganhos financeiros.

Pessoas com capacidade de influência, alto poder de negociação e sente que consegue executar um ótimo trabalho colaborativo por meio da construção de parcerias, bom sinal, ser um analista de telemetria parece a profissão ideal para você.

analista-de-telemetria
Analista de telemetria apoia gestores de frota com o acompanhamento de análises precisas e detalhadas.

Para o analista de telemetria, o que faz continuar no desenvolvimento da profissão é ser um colaborador com comunicação clara e objetiva, além de possuir técnicas de apresentação, afinal é isso que ele precisa comprovar aos gestores e analistas de frota. 

Outras características desse profissional é ter muita sede de aprendizado, principalmente no que se refere a novos métodos e tecnologias voltadas para negócios. Reinventar-se a cada dia é parte de um bom profissional de telemetria. 

Por fim, o analista de telemetria precisa ter paixão por tecnologia. E isso você verá mais abaixo quando falarmos sobre os conhecimentos técnicos deste profissional.

Contribuições de um analista de telemetria para a operação

Após saber quais são as características e as funções de um analista de telemetria, entender como ele vai contribuir para a sua empresa, pode ajudar em um organograma mais detalhado do time.

Mas, o analista de telemetria, o que faz para contribuir e ter papel importante nas decisões da empresa? Primeiro, ele terá que atuar na execução de projetos de dados e analytics. Dessa forma, poderá apoiar algumas áreas estratégicas da empresa.

Além disso, é preciso entender quais estratégias logísticas para desenvolver soluções e planos com o apoio de dados, indicadores, ferramentas. E tudo isso com um motivo: alavancagem de satisfação na gestão dos clientes.

O analista de telemetria também precisa estar focado para todo e qualquer apoio na evolução de maturidade em analytics e ser apoio fundamental na utilização de ferramentas de BI e Advanced Analytics.

Citado entre características, uma das funções de um analista de telemetria é propagar e provar o quão importante significa o uso e melhores práticas de dados e analytics para uma empresa de gestão de frotas.

Qual a formação de um analista de telemetria?

Quem pretende ingressar nessa área, a graduação mais comum entre os profissionais é em Sistemas de Informação ou Análise de Sistemas, dependendo da instituição de ensino. 

Segundo o MEC, e de acordo com o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), as melhores cinco melhores faculdades públicas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Brasil são:

  1. IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina);
  2. IFSP (Instituto Federal de São Paulo);
  3. IFRS (Instituto Federal do Rio Grande do Sul);
  4. UNICAMP (Universidade de Campinas);
  5. FATEC (Faculdade de Tecnologia).

Conhecimentos técnicos desejados para um analista de telemetria

Claro que somente a graduação não garante entrada no mercado de trabalho. Para isso, os profissionais precisam ampliar o conhecimento técnico em tecnologias da arquitetura de dados. Algumas comuns entre as empresas são: 

  • Alteryx;
  • Hadoop;
  • SAS;
  • SQL;
  • Tableau.

O analista de telemetria também precisa ter, como um dos principais diferenciais, conhecimento de programação em linguagens open-source, como Python e Spark. 

analista-de-telemetria-funcoes
Salário médio de um analista de telemetria é de R$ 4.768, segundo site de empregos.

Na hora da conversa com esses profissionais, questione-os sobre experiências no desenvolvimento técnico de projetos de analytics. Isso é mais um diferencial.

Qual o salário de um analista de telemetria?

Segundo o site Vagas.com, o cargo de Analista de Telemetria pode iniciar com ganhos de até R$ 3.810 e com o passar dos anos e senioridade, pode ganhar até R$ 5.967

No Brasil, a média salarial para este profissional é de R$ 4.768. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *