analista-de-frota

Analista de frota: o que faz? Quanto ganha? Qual formação?

Muita gente tem interesse em trabalhar no mercado de logística – e um dos caminhos mais comuns para entrar nesse mercado é conquistando uma vaga como analista de frota. 

Profissional responsável por ajudar os gestores de frota a analisar dados e sugerir otimizações no uso da frota, o analista de frota é um profissional importantíssimo para a logística de qualquer empresa. 

No entanto, este não é um trabalho para qualquer profissional. 

Neste texto, você vai entender bem o que é um analista de frota, quais são suas tarefas em uma empresa e quais são as características que ajudam um profissional a ser um bom analista de frota

Vai saber ainda em que áreas ele pode atuar e qual é o salário médio de um analista de frota. Siga a leitura e confira! 

O que é um analista de frota? 

Um analista de frota é, como você pode imaginar pelo nome, o profissional responsável por analisar dados e informações ligados às atividades de uma frota. 

Esse profissional pode analisar os dados de uma frota própria ou de frotas terceirizadas, sem distinção qualquer. 

Normalmente, as atribuições do analista costumam incluir o gerenciamento dos veículos, a análise de durabilidade de cada modelo e a execução do plano de manutenção

São tarefas que permitem que esse profissional aplique seus conhecimentos sobre logística em análises que visem a produtividade e a redução de custos da frota. 

analista-de-frota
nalista de frota é responsável por analisar dados e sugerir melhorias no uso de uma frota, terceirizada ou não.

O que faz um analista de frota? 

Se você está em busca da descrição do cargo de analista de frota, é aqui mesmo que vai encontrar. 

Entre as atividades do analista de frota, estão várias tarefas como: 

Como você pode ver, as principais tarefas do analista de frota costumam ser operacionais e estratégicas. 

Normalmente, esse profissional não toma decisões, mas tem a função de trazer insumos para ajudar os gestores em suas tomadas de decisão

Além disso, os profissionais que são contratados como analistas de frota têm a missão de ajudar o gestor de frota a cuidar menos do trabalho operacional, desafogando seu dia a dia. 

Dessa forma, os gestores de frota podem se preocupar em gastar seu tempo da melhor forma, tomando decisões estratégicas e cuidando de eventos que exigem maior experiência e perícia. 

Qual é a formação de um analista de frota? 

Analistas de frota são profissionais que precisam ter boa qualificação para ocupar um vaga no mercado de trabalho. 

Segundo dados da Catho, agência de empregos bastante usada no Brasil, 86% dos profissionais contratados recentemente para esse tipo de vaga têm um curso de nível superior. 

Entre os cursos mais populares para os analistas de frota, estão Administração de Empresas e também graduações tecnológicas na área de logística

Além disso, outra qualificação importante para os analistas de frota costuma ser ter conhecimentos no mínimo intermediários de inglês. 

Faz sentido: muitos termos, documentos e novidades da área são discutidos na língua inglesa. 

Outro ponto importante é que em empresas que têm atuação internacional, o inglês costuma ser a língua mais utilizada – de maneira que um analista precisa ao menos saber o básico para se comunicar na língua e evitar problemas. 

Qual é o perfil ideal de um analista de frota? 

Além de ter uma formação que lhe permita atuar na área de logística sem problemas, existem algumas características consideradas ideais pelos gestores para os analistas de frota. 

Entre essas características, podemos citar:

  • Organização;
  • Visão analítica;
  • Senso de inovação;
  • Boas habilidades de comunicação;
  • Senso de liderança;
  • Planejamento;
  • Capacidade de coletar dados e tomar decisões;

Além disso, há ainda três aspectos que merecem ser considerados para um analista de frota, especialmente se ele tiver ambições de ocupar cargos mais altos na hierarquia da empresa. 

O primeiro é a capacidade de motivar sua equipe, a fim de mantê-la atenta com os detalhes no dia a dia. 

O segundo é a capacidade de desenvolver sua equipe, sempre propondo treinamentos e novidades para ajudar a empresa a alcançar melhores resultados, sempre tendo profissionais mais capacitados. 

Outra habilidade importante para o analista de frota é a capacidade de sempre estar atento às mudanças do mercado. 

Já que a logística é uma área que sofre muita influência do universo de tecnologia, ela está sempre sujeita a mudanças – e cabe ao bom analista de frota prestar atenção no que pode ajudar sua frota a conquistar melhores resultados. 

analista-de-frota
O analista de frota costuma ter formação nas áreas de logística ou administração de empresas.

Em quais áreas o analista de frota atua? 

Normalmente, o analista de frota vai atuar em empresas transportadoras e companhias de logística. 

Outra área de atuação possível para o analista de frota está no setor de logística de grandes empresas, que fazem muitos deslocamentos. 

Entre os exemplos de empresas que podem precisar de analistas de frota, estão grandes indústrias e varejistas. 

Quais são as vantagens de ter um analista de frota? 

Existem inúmeras vantagens em se ter um analista de frota dentro da sua empresa. 

Como já dissemos antes, a principal delas é ajudar o gestor a otimizar a frota, aumentando a produtividade dos motoristas e dos veículos

Afinal de contas, o analista está diretamente preocupado com a operação, controlando informações diferentes sobre os veículos. 

Além disso, ao apoiar o gestor de frota no planejamento dos processos logísticos e na criação de relatórios, o analista auxilia a tomada de decisão da empresa. 

No curto prazo, ele pode influenciar em pequenas melhorias; no longo prazo, porém, pode resultar em economia muito relevante, seja na redução de gastos com manutenção, multas ou perdas causadas pela frota. 

O analista de frota tem ainda a responsabilidade de ajudar os gestores no treinamento dos motoristas, organizando workshops e cursos para formar os colaboradores.

Qual é o salário de um analista de frota? 

O salário de um analista de frota costuma variar bastante de acordo com o tipo de empresa e a experiência do profissional. 

Além disso, é um salário que também pode variar bastante de acordo com a região do País em que esse profissional se encontra. 

No entanto, de acordo com sites especializados no assunto, a média salarial de um analista de frota pleno costuma girar em torno de R$ 2,4 mil

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

2 comentários em “Analista de frota: o que faz? Quanto ganha? Qual formação?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *