Post atualizado em

Um bom gestor de frotas precisa aumentar sua eficiência com o menor custo possível, no menor tempo possível. No mundo de hoje, isso é quase humanamente impossível. Mas, com nossas dicas de gestão, você conseguirá trabalhar com cada vez mais eficiência.

Rotas, rastreamento, modo de condução, locais de interesse, manutenção, controle de combustível. Tudo isso faz parte do trabalho de gestão de frotas, mas nada disso deve fazer parte do trabalho do gestor de frotas.  Claro, essas são algumas variáveis com que esse profissional precisa lidar todos os dias, mas seu trabalho é, principalmente, sobre desempenho e custo. Em outras palavras.

Então, como fazer um bom trabalho como gestor de frotas?

Hoje, existem sistemas automatizados, como o nosso, que ajudam o gestor de frotas a analisar todas as variáveis do processo e entregam informações e ferramentas para minimizar riscos e acelerar o trabalho, qualificando a tomada de decisão.

Dica um aprendida: não importa se a frota é pequena, média ou grande, um sistema de gestão de frotas empodera o gestor para focar naquilo que importa mais importa, a estratégia.

Leia também:
O que faz o melhor gestor de frotas do mundo

Com as informações certas na palma da mão —  ou na tela do computador —  é possível analisá-las e escolher o melhor caminho para a empresa, até porque um bom gestor de frotas precisa entender que o sucesso da empresa passa pelo sucesso da sua área.

Assim, chegamos na segunda dica: conhecer em detalhes a empresa para qual trabalha é a base de uma boa estratégia. Estudar a história, analisar o portfólio, entender os valores, examinar os concorrentes e, claro, conhecer o público-alvo. Esse tipo de conhecimento é o caminho das pedras para uma estratégia certeira.

Seja um gestor de frotas próximo de sua equipe

Mas se é importante olhar para fora (do seu departamento e da empresa), é igualmente importante olhar para dentro. Se os números e a tecnologia são a base do trabalho, são as pessoas que fazem a roda girar. Os colaboradores e motoristas fazem o dia a dia acontecer e eles precisam estar motivados e caminhando na direção certa.

Isso só é possível com um bom relacionamento interpessoal. Relacionamento de verdade, não aqueles manuais  do século passado. É mostrar-se acessível, entender a pressão do dia-a-dia, delegar funções… ter empatia com as diferentes realidades.

Então, você adotou um sistema, estudou sua empresa e o mercado, desenvolveu uma estratégia e criou um bom relacionamento com a sua equipe. Parece um bom caminho. E é.

Mas para fechar a conta de um bom gestor de frotas, é preciso acrescentar algo que é impossível medir. Aquilo que ninguém avisa que vai acontecer, aquilo que ninguém mede, aquilo que ninguém espera. O imponderável. Vai acontecer. E o gestor precisa ser ágil e maleável para ajustar o curso e fazer o que nenhum mecânico jamais irá recomendar: trocar o pneu com o carro andando.

*Por Guilherme Massi

Está buscando ajuda com sua gestão de frotas? Fale com a gente por meio do (11) 4810-2200euquero@cobli.co ou acesse nosso site.

Rastreamento de Frota
badge primary e1563977884304 - A Logística da eficiência — Dicas de gestão para um gestor de frotas
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário