25 de julho, dia do motorista: tudo sobre + dicas de homenagem

Seja no volante de um carro, caminhão ou ônibus, os motoristas são os principais responsáveis por movimentar o país, transportando pessoas, alimentos, mercadorias, grãos e muitos outros produtos e insumos. E por isso, existe uma data para celebrar essa profissão: o dia do motorista, comemorado em 25 de julho em todo o país.

Dirigir pode ser um hábito para muitos, acaba passando despercebido e se torna natural no dia a dia. Porém, também existem aqueles que fazem dessa habilidade sua profissão e o sustento de suas famílias.

Os motoristas profissionais precisam lidar com inúmeras dificuldades e riscos durante suas rotinas, como o cumprimento de prazos, longas jornadas de trabalho e perigo no trânsito.

Para comemorar essa profissão, preparamos um conteúdo completo que irá tirar suas principais dúvidas: por que se comemora o dia do motorista, como essa data nasceu, além de ideias, ações e homenagens para os profissionais.

Acompanhe!

Como surgiu o dia do motorista?

A ideia para o dia do motorista teve influência religiosa. No calendário cristão, o dia 25 de julho é o dia de São Cristóvão. O santo é conhecido como padroeiro dos motoristas e viajantes.

A história por trás do dia do motorista é bem antiga. Conta-se que São Cristóvão evangelizava pessoas enquanto servia como ponte, carregando-as de um lado a outro de um rio. E assim, a data foi escolhida e adaptada para celebrar o trabalho daqueles que passam parte do dia atrás do volante, servindo as pessoas.

O dia do motorista é comemorado anualmente em 25 de julho, quando também é comemorado o dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas.

Afinal, por que comemorar o dia do motorista?

Você sabia que hoje no Brasil existem 74,7 milhões de condutores habilitados?

Os dados são da CNT (Confederação Nacional do Transporte), que também nos mostram que deste número, 65,2% são homens e que a faixa etária predominante é entre 31 e 40 anos (19,5 milhões).

Além disso, segundo dados da Confederação Nacional dos Transportes, mais de 60% de tudo que é produzido e consumido no Brasil chega ao seu destino por rodovias. Do ponto de vista econômico, o mercado nacional de frota e frete movimenta mais de R$365 bilhões por ano.

Especificamente na categoria profissional, existem no país 945 mil motoristas de aplicativo e taxistas, 322 mil motociclistas que fazem entregas, 222 mil mototaxistas e 55 mil trabalhadores que usam outro meio de transporte para entregar produtos. Os dados são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Sendo assim, comemorar o dia do motorista é de extrema importância, sobretudo pelo fato do giro de economia que o transporte rodoviário proporciona, como vimos nos dados acima.

A profissão é importantíssima para escoar a produção de todos os setores, desde o alimentício até o de produtos eletrônicos. Afinal, tudo que chega à sua mesa ou ao seu lar certamente viajou pelas vias do país.

Também é importante ressaltar que o dia do motorista não deve ser apenas para homenagear esses profissionais, mas também para relembrar questões de respeito, segurança e valorização.

5 atitudes indispensáveis de um bom motorista

Para você, o que é um bom motorista? Alguns afirmam que ser um bom motorista envolve saber dirigir bem, mas um profissional das estradas sabe que apenas ser bom de volante não é o suficiente.

Para isso, o primeiro passo é fazer uma autocrítica honesta do próprio comportamento ao volante, do grau de agressividade e dos maus hábitos. Porém, sabemos que isso nem sempre é tão fácil.

Reunimos, então, 5 atitudes indispensáveis para ser um bom motorista. Confira:

Respeitar as normas e o direito das outras pessoas

É dever de todo cidadão respeitar as leis de trânsito. Um bom motorista pode questioná-las, mas não desobedecê-las. Afinal, são elas quem previnem que acidentes aconteçam e que exista a circulação correta e fluída nas vias.

Além da legislação, a prática de boas atitudes deve acontecer também no respeito mútuo para com outros motoristas e pedestres. A melhor forma de aprender a respeitar os demais é colocar-se no lugar do outro.

Logo, o respeito torna-se uma das características indispensáveis para o exercício da profissão.

Ter equilíbrio emocional

No trânsito, por vezes, ser paciente e compassivo é difícil. Por isso, uma das qualidades de um bom motorista é ser pacífico e utilizar da inteligência emocional.

O motorista que dirigir nervoso, por exemplo, precisa saber como controlar suas emoções para evitar acidentes, batidas ou condução agressiva para com outras pessoas.

Dessa forma, evitar confusões e confrontos torna-se ideal para garantir o bem estar comum.

Estar sempre atento ao trânsito

Atenção é uma das principais características de um bom motorista. Ela torna-se crucial no passo em que esse profissional trabalha em um ambiente de constante movimentação.

Dessa maneira, ser atencioso garante que o bom motorista mantenha-se em estado de alerta. Por consequência, poderá agir com cautela nas diversas situações de emergência.

Ser pontual

Boa parte de quem depende do serviço desse profissional conta com sua boa habilidade para dirigir e pontualidade, certo?

A pontualidade com relação a prestação de serviço também é uma responsabilidade que cabe ao bom motorista.

Para ser pontual, é indispensável trabalhar com planejamento de rotas, organizando bem sua agenda e compromissos do dia, de forma que os clientes não sejam impactados por imprevistos, ou que isso aconteça da mínima forma possível.

Assim, o motorista deve assegurar que contribui para um trânsito melhor e para a pontualidade de suas entregas.

Hoje no Brasil existem 74,7 milhões de condutores habilitados. Especificamente na categoria profissional, existem no país 945 mil motoristas de aplicativo e taxistas.

Manter a segurança no trânsito

A segurança no trânsito é uma responsabilidade coletiva e uma das maneiras de fazer sua parte é investindo em uma direção defensiva. Ou seja, prevenindo que acidentes aconteçam, zelando pelo bem-estar e segurança de todos que estão na via.

Isso porque, de acordo com a Secretaria Nacional de Trânsito, o Brasil ocupa a quinta posição no ranking mundial de vítimas de trânsito, atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia.

Somente em 2021, foram mais de 11 mil mortes no trânsito, ou seja, a cada dia, 32 pessoas perderam a vida. O número de acidentes chegou a 632.764, o que equivale a 72 incidentes por hora no Brasil.

São números impressionantes como esses que fazem com que seja necessário um esforço coletivo e individual para mudar este cenário.

E como fazer a direção defensiva?

Em resumo, as práticas preventivas são aquelas que o condutor deve tomar para prevenir qualquer tipo de acidente. Entre elas, podemos citar:

  • Manutenção preventiva e periódica dos veículos;
  • Postura correta do condutor, ou seja, estar concentrado em todo o momento em que estiver ao volante;
  • Respeito aos limites de velocidade;
  • Análises de condições da pista e do clima, como curvas, buracos, interdições, declives, chuva e ventos.

Quer entender mais sobre como aplicar a direção defensiva no dia a dia e quais os principais hábitos para colocar em prática? A Cobli tem um conteúdo completo sobre o assunto, não deixe de acessar!

Homenagens e ações para o dia do motorista

Ser motorista é uma profissão com muitos desafios, que exige força de vontade, muita coragem e, acima de tudo, ter verdadeira paixão pelo volante e pela estrada.

É graças a estes profissionais que temos acesso a medicamentos, alimentação, roupas e outros insumos básicos para ter uma vida digna e segura.

Durante todo o ano, a sua empresa pode e deve promover ações que ajudem esses profissionais a buscarem o desenvolvimento e evolução pessoal e profissional que merecem.

Treinamentos e cursos são indispensáveis para criar um ambiente de trabalho mais saudável e sustentável.

Além de melhorarem a satisfação dos funcionários, treinamentos e ações internas que promovem o desenvolvimento de habilidades pessoais criam equipes mais eficazes e com melhores resultados.

A Cobli possui diversos cursos gratuitos e com certificação para que você cresça profissionalmente.

Outra medida para promover a valorização dos motoristas que pode ser bastante vantajosa é estabelecer um sistema de bonificação.

Seja por bom desempenho, agilidade ou por participar dos treinamentos e dinâmicas da empresa, determinar alguns parâmetros para recompensas extras é uma excelente maneira de manter seu pessoal engajado e satisfeito.

Mensagens do dia do motorista para copiar e enviar

Outra boa maneira de homenagear os profissionais é enviar uma mensagem para aqueles que deixam nossa vida mais fácil.

Reunimos alguns exemplos abaixo para te ajudar:

  • “Hoje, parabenizamos aqueles que escolheram a estrada como companheira. Feliz dia do motorista!”
  • “Sabemos que o dia a dia não é fácil, mas o seu esforço garante o nosso progresso. Feliz dia do motorista, a profissão que percorre o caminho para tornar nossos sonhos em realidade.”
  • “Conduzir não é fácil e nem todos podem fazê-lo com tanta excelência, mas aprendeu ao longo de anos a realizar seu serviço com maestria. Esse é o nosso agradecimento por isso.”

Se você conhece um motorista ou é um, parabenize-o em seu dia, lembre-o de seu valor!

A Cobli deseja um feliz dia do motorista a todos aqueles que não nos deixam faltar nada e são essenciais para a economia do país!

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.