Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 14 minutos

Pense na palavra “rastreamento” e em outras palavras semelhantes, como “rastrear” e “rastro”. O que é “rastro”? São os vestígios deixados por uma pessoa, um animal ou um veículo ao se locomover. Rastrear, então, é seguir os rastros. É refazer uma trajetória, o que é diferente de acompanhá-la. Neste texto, vamos entender quais os benefícios de fazer rastreamento de cargas.

Mas antes: o que é rastreamento de cargas?

Rastrear cargas é ser capaz de recuperar os rastros de um carro ou caminhão para entender como se deu a trajetória, da garagem até a entrega: se houve imprevistos no caminho, quanto tempo levou o deslocamento, quanto combustível foi gasto, se o motorista dirigiu com prudência etc. Rastrear é reunir todas essas informações e analisá-las para pensar em soluções que tornem os serviços de transporte de mercadorias mais eficientes: mais rápidos para o consumidor e mais econômicos para o prestador de serviços.

Para isso, já é possível contar com a ajuda da tecnologia. Por meio dos chamados SaaS (Software as a Service), dá para coletar todas essas informações com precisão: acessar as rotas de um caminhão ou uma frota e ainda registrar dados sobre os produtos transportados e os motoristas responsáveis pelo trajeto. Dá até para quem ficou no escritório, supervisionando tudo, mandar mensagens diretamente para quem está no volante. A comunicação pode ser feita via rádio, satélite ou telefonia móvel.

O acesso a essas informações é uma mão na roda para os gestores, que, por meio delas, podem tomar decisões mais certeiras e planejar melhor os negócios. 

Como é feito o rastreamento?

O rastreamento é feito por meio de dispositivos de geolocalização – os rastreadores – instalados em veículos automotivos, como motos, carros, caminhões e ônibus. Os rastreadores funcionam, principalmente, de duas maneiras: via satélite (os GPS) e via radiofrequência.

GPS

GPS é uma sigla, em inglês, para “sistema de posicionamento global”. Os GPS são aparelhinhos que se comunicam com uma rede de 24 satélites espalhados pela órbita terrestre. Esses satélites emitem sinais para os receptores, que são os aparelhos de GPS, que respondem enviando as coordenadas geográficas do veículo. Dentro dos satélites, há relógios atômicos extremamente precisos, que conferem o tempo que passou entre a emissão dos sinais e a chegada da resposta do GPS. Com base nesse intervalo de tempo, é possível calcular, com precisão de metros, a localização do veículo.

Graças à tecnologia (e aos satélites lá no céu), a cobertura dos GPS é extremamente ampla, o que garante que os aparelhinhos funcionem até mesmo nos lugares mais remotos e improváveis. No entanto, eles podem falhar em túneis, subsolos, galpões e outros ambientes fechados.

Radiofrequência

Já nos rastreadores que funcionam por radiofrequência, as informações são emitidas e recebidas por meio de ondas eletromagnéticas captadas por antenas. Rastreadores desse tipo funcionam mais ou menos como o rádio do seu carro. O alcance das ondas de rádio é menor, porque elas dependem da proximidade com as antenas, mas, ainda assim, a área de cobertura é bastante ampla. A radiofrequência costuma funcionar até mesmo onde os GPS às vezes falham, como em túneis e subsolos.

E o que é a tal da telemetria?

Os dicionários informam que telemetria é “a arte de medir distâncias”. “Tele” quer dizer “remotamente”, e “metria” significa “medição”. Uma definição mais precisa de “telemetria” talvez seja “a arte de medir distâncias remotamente”. Mas o que isso quer dizer na prática?

A telemetria veicular é uma tecnologia capaz de coletar remotamente as informações de um veículo, como a velocidade (média e instantânea), a localização, a distância percorrida, as paradas, o consumo médio de combustível, a temperatura do sistema mecânico etc. 

Não só coletar, mas também armazenar e disponibilizar esses dados em um sistema para que o gestor de frota possa analisá-los e, baseando-se neles, tomar decisões e traçar estratégias para otimizar as operações, ou seja, torná-las mais rápidas, econômicas e eficientes. 

Mas qual a diferença entre rastreamento e telemetria?

Como vimos acima, o objetivo do rastreamento é coletar informações sobre a trajetória do veículo, seguir seus rastros. O rastreamento é extremamente útil para prevenir e solucionar roubos e furtos. Já a telemetria permite uma análise mais sofisticada das informações fornecidas pelo veículo – informações que vão muito além da localização.

O que os serviços de rastreamento oferecem?

Indicadores de falhas e alarmes para situações de risco

Todas as falhas e problemas que aparecem ao longo do trajeto são identificadas pelos softwares, que ainda apontam soluções. Se alguma coisa sai do roteiro planejado – se há um desvio abrupto de rota ou se o veículo permanece muito tempo parado – é possível enviar mensagens de alerta e pedidos de ajuda.

Integração de setores da empresa

Se bem feito, o rastreamento veicular impacta, ou melhor, ajuda, os mais diversos setores da empresa, do estoque à entrega. A integração de todos esses setores é uma mão na roda para toda a equipe de logística, pois permite a criação de rotinas eficientes para satisfazer a clientela mais exigente.

Quais as vantagens do rastreamento de cargas?

Otimização de roteiros

Planejar é preciso. Não adiantar sair da garagem só sabendo o destino final e contando com a experiência do motorista. É importante conhecer a rota com antecedência, saber quais são as melhores estradas, se há atalhos vantajosos ou trecho interditados que podem diminuir ou aumentar o tempo de viagem e, consequentemente, os gastos com mão-de-obra e combustível. 

Softwares e aplicativos de rastreamento indicam as melhores rotas a seguir, ajudando o motorista a desviar de congestionamentos e chegar mais rápido e em segurança. Com a rota traçada antes de sair da garagem, é mais fácil prever o gasto de combustível e combinar com o cliente a hora em que a mercadoria será entregue. 

Agilidade nas entregas

Maior eficiência nas entregas é um resultado óbvio de rotas traçadas com antecedência e bom uso dos dispositivos de rastreamento. Mas não para por aí: ao rastrear a carga, você pode oferecer ao seu cliente as informações sobre o trajeto do caminhão, como o horário de saída da garagem, quando e onde foram feitas as paradas e ainda dar uma previsão factível de quando a mercadoria será entregue. De posse dessas informações, o cliente ficará mais tranquilo, pois vai saber que o serviço que contratou está sendo executado corretamente. Além disso, se houver algum imprevisto, ele ainda pode acompanhar a resolução dos problemas. 

Precisão e prevenção de erros

Todo mundo erra. Até mesmo quem trabalha com logística, gente que costuma ser organizada e que costuma planejar tudo certinho. Um erro aparentemente sem importância pode comprometer todo o processo e causar prejuízos, como entregas atrasadas, clientes cancelando serviços ou orçamento estourado.  

No entanto, quando se acompanha atentamente todo o processo de entrega, esses problemas são identificados com mais rapidez – e quanto mais rápida é a identificação de um problema, mais eficiente é a sua resolução. As informações precisas fornecidas pelos sistemas de rastreamento ajudam os gestores a prever eventuais problemas e tomar decisões certeiras quando um errinho ameaça causar prejuízos e acidentes.

Acompanhamento o tempo todo

Como vimos, ao rastrear um carga, você reúne informações sobre todo o trajeto: da garagem à entrega final. É possível armazenar dados diversos, como velocidade média durante o trajeto, velocidade em determinados trechos, tempo de parada, informações sobre o motorista, etc. Esses dados são úteis não apenas quando chegam ao gestor, que vai saber se tudo está correndo conforme combinado e fazer as alterações necessárias, mas também depois, quando for hora de traçar estratégias que busquem mais economia e eficiência.

Maior controle da entrega

Rastrear uma carga é ter mais controle sobre ela, é saber exatamente por onde ela passou e quando, e se tudo se passou conforme o combinado (ou seja, se todos os envolvidos no processo fizeram seu trabalho corretamente). Esse cuidado ajuda a garantir a integridade da carga transportada, pois a localização dela é sempre conhecida.

Essas informações fornecidas pelos aplicativos e softwares de rastreamento são extremamente úteis se eventualmente for necessário recuperar uma carga perdida ou roubada ou descobrir o que deu errado e quando. 

Possibilidade de notificar o cliente proativamente

O cliente tem sempre razão, não é mesmo? Por isso, é sempre aconselhável ter na ponta da língua as respostas às perguntas de quem contratou o serviço: quando a entrega chega? Atrasou por quê? Ao rastrear a carga, é possível oferecer respostas e satisfações antes mesmo que o cliente as peça. Você pode, por exemplo, notificar antecipadamente seu cliente se houver algum imprevisto que resulte no atraso da entrega ou confirmar que tudo está em ordem e que o caminhão vai chegar no horário combinado.

Segurança da carga e do motorista

Infelizmente, roubos de carga acontecem com frequência no Brasil. Segundo um levantamento da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), em 2018, foram registradas 22 mil ocorrências de roubo de carga nas estradas e rodovias brasileiras. Os prejuízos beiraram R$ 1,5 bilhão. 

Não adianta contar só com a sorte. Ter um rastreador instalado no seu veículo aumenta consideravelmente as chances de recuperá-lo e até de impedir o roubo. Esses aparelhinhos informam se houve um desvio de rota, o que pode indicar roubo ou sequestro. Algumas tecnologias permitem até desligar o motor ou trancar as portas remotamente se for verificado algum comportamento estranho (desvio de rota, alta velocidade, perda de contato com o motorista) que possa indicar que estão tentando roubar o veículo.

Como o rastreamento de cargas colabora para a modernização das corporações?

Administração estratégica e inovadora

Inovação e estratégia fazem parte da receita de sucesso de qualquer empresa – em especial, de quem trabalha com logística. Como vimos, os dados fornecidos pelos rastreadores são uma fonte riquíssima para ajudar a pensar estratégias inovadoras (ou inovações estratégicas). Esses dados informam sobre a produtividade dos processos (quanto tempo durou o trajeto e quanto ele custou) e ajudam a identificar gargalos que precisam ser eliminados.

Ao saber o que está dando errado, os gestores conseguem pensar em soluções criativas, que resultem na resolução dos problemas e também em mais eficiência e economia. Rastrear, portanto, ajuda a empresa a prestar um serviço melhor aos clientes e a praticar uma gestão mais responsável e bem-sucedida.

Atualização de processos

As tecnologias de rastreamento podem ajudar a automatizar as atividades de uma empresa, o que vai forçá-la (e isso é bom!) a atualizar seus processos externos e internos e a promover maior sinergia entre as equipes. Para que sejam bem-sucedidas, tecnologias proativas, como o envio de alertas e mensagens a quem está no volante (ou no escritório), exigem que as equipes estejam alinhadas e que o processo seja pensando como um todo. O resultado é a otimização da rotina dos colaboradores, o que, além de aumentar a eficiência da empresa, ajuda a incrementar o bem-estar de quem trabalha.

Conservação e preservação da frota

Rastreadores não ajudam só a encontrar seu veículo em caso de roubo, mas também a mantê-lo funcionando. Ao saber com precisão quantos quilômetros seu caminhão rodou, fica mais fácil programar a manutenção periódica. A quilometragem indica, por exemplo, a hora de trocar ou fazer o rodízio dos pneus, de trocar o óleo e de checar se determinados componentes do veículo estão em bom funcionamento ou se precisam ser trocados. 

Além disso, o controle das informações do veículo permite identificar problemas antes que eles se tornem grandes demais e difíceis de resolver (ou caros demais para resolver). No médio e longo prazo, esse cuidado extra com a manutenção da frota vai impactar positivamente o seu orçamento.

Aumento da qualidade dos serviços

Já deu para entender os principais benefícios do rastreamento, certo? Ele permite controlar todo o processo de entrega de uma carga, averiguar se tudo saiu conforme o combinado e se foram (ou são) necessárias algumas intervenções. Também permite elaborar estratégias inovadoras e buscar meios de dar eficiência aos processos.

E o que mais? O rastreamento da carga pode beneficiar outros processos além do transporte de carga? Sim. O rastreamento beneficia todos os processos que, de uma maneira ou de outra, estão relacionados ao transporte, como a estocagem dos produtos, a produção e a compra de insumos. Como? Por exemplo: quando os atrasos não são mais um problema, é possível aumentar o número de rotas e entregas, o que vai demandar mais produtos, mais gestão de estoque e mais compra de insumos. A automatização gerada pelo bom uso das tecnologias de rastreio tende a forçar a busca de eficiência em todas as áreas da empresa, pois todas elas são essenciais para as entregas sejam feitas.

Como o rastreamento ajuda no desenvolvimento de uma empresa?

Tomada de decisão interna

Como tomar boas decisões? Baseando-se em informações precisas e confiáveis. Como corrigir erros? Sabendo exatamente o que deu errado e por quê. Os dados fornecidos pelos rastreadores ajudam gestores a tomar decisões mais certeiras, porque fundamentadas em fatos e na análise cuidadosa desses fatos. Com base nesses dados e nessas análises, fica mais fácil (e seguro) tomar decisões estratégias quanto a frota, o orçamento e os serviços prestados. 

Adoção de melhorias

Os dados fornecidos pelo rastreamento permitem elaborar estratégias e implementar melhorias na empresa. Por exemplo: se os dados informarem que a maioria das entregas atrasa, os gestores podem investigar por que isso está acontecendo e pensar em soluções para que o serviço seja mais eficiente. Implementar melhorias exige investimentos e nunca se deve investir sem informação. Os dados do rastreamento ajudam a não jogar dinheiro fora, porque indicar em quais áreas é melhor investir, com responsabilidade e inteligência.

Aumento da produtividade

Rastrear as cargas também aumenta a produtividade, pois dá as informações necessárias para pensar novas e mais inteligentes maneiras de distribuir as mercadorias entre os veículos e rotas. O comportamento dos motoristas também melhora quando sabem que os trajetos estão sendo rastreados. Quem está no volante vai tomar cuidado para não ultrapassar o limite de velocidade, não abusar das paradas e a cumprir diligentemente os horários. Tudo isso, além de garantir que o cliente não vai ficar esperando, ajuda a economizar tempo, combustível e o dinheiro gasto na oficina com reparos e manutenção.

Aumento da competitividade

Empresas que contam com sistemas de rastreamentos parecem mais confiáveis aos clientes e mais atualizadas quanto ao uso da tecnologia. Ao apostar no rastreamento, sua empresa vai ganhar em competitividade a cartela de clientes tende a aumentar.

Como o rastreamento de cargas melhora a experiência do cliente?

Elevação da satisfação do cliente

Como vimos, o rastreamento oferece inúmeras oportunidades para melhorar os processos da sua empresa. Mas não para por aí. Seus clientes vão gostar de saber que a carga encomendada está sendo rastreada e vão ficar tranquilos quando receberem alertas de que o caminhão já saiu da garagem, fez tais paradas e já está quase terminando a entrega. Se alguma coisa der errado, como um atraso ou acidente, o rastreamento permite a notificação imediata do cliente. A adoção de sistemas de rastreamento mostra que a sua empresa é confiável e transparente.

Melhoria no atendimento

Para satisfazer o cliente é importante saber se comunicar com ele, não é? E, para se comunicar bem, é indispensável se apoiar em informações confiáveis. Se o cliente fizer uma pergunta sobre o trajeto da carga que ele encomendou, é bom ter a resposta na ponta da língua. A boa notícia é que se o sistema de rastreamento estiver funcionando corretamente, você vai ter.

Enviar notificações ao cliente informando o status da mercadoria encomendada e possibilitar que ele acesse essas informações pela internet ajudam a diminuir consideravelmente o número de ligações para os serviços de atendimento, os SAC. Além disso, mostra que a sua empresa está ligada nas tecnologias mais recentes, é ágil, organizada e não gosta de burocracias. 

Esta publicação te ajudou? Confira também outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog

Rastreamento de frota 1 - Rastreamento de cargas: entenda os benefícios dessa tecnologia
Melhore a gestão da sua frota com a Cobli

   Clique aqui para tirar suas dúvidas ou solicitar um teste grátis do nosso sistema de rastreamento e monitoramento de frotas.

3 Comentários

    • Marina Finco Responder

      Olá, José! Você pode ligar para os nossos especialistas pelo telefone (11) 4810-2200. Eles te explicarão tudo sobre o nosso rastreador!

    • Marina Finco Responder

      Olá, José! Você pode ligar para os nossos especialistas pelo telefone (11) 4810-2200. Eles te explicarão tudo sobre o nosso serviço de rastreador!

Escreva um Comentário