Tempo de leitura: 7 minutos

Via satélite, internet ou radiofrequência? Por assinatura ou apenas com o custo do rastreador? Com aplicativo para controlar as informações ou sem? Afinal, como é que um sistema de rastreamento veicular funciona?

São muitas as perguntas na hora de se escolher um serviço de rastreamento para o sua para a sua frota.

Mas com um pouco de calma é possível responder a todas essas perguntas e conseguir ter segurança ao escolher o serviço que melhor se encaixe às suas necessidades.

Neste texto, você vai entender o que é um sistema de rastreamento veicular, como ele funciona, quais tipos de tecnologia utiliza. Além de descobrir para que ele serve e que atributos você deve prestar atenção na hora da escolha entre um deles.

Vamos lá?

O que é um sistema de rastreamento veicular?

Um sistema de rastreamento veicular é um conjunto de funcionalidades que permite saber a distância e a posição exata de um determinado carro, caminhão ou moto, no mundo.

Na maior parte das vezes, o sistema de rastreamento veicular é composto de três peças fundamentais. São elas:

  • Rastreador veicular: um dispositivo que fica plugado no veículo e tem um sistema de comunicação que envia dados para uma rede. 
  • Sistema de comunicação: a forma como o dispositivo consegue enviar dados a uma central de informações. Possui três tipos diferentes – falaremos deles mais à frente. 
  • Meio de comunicação: determina como as informações trafegam do sistema até o usuário que busca saber a localização do veículo. Normalmente, é um app ou programa de computador. 

Como funciona um sistema de rastreamento veicular?

Para responder a essa pergunta, é preciso determinar qual é o tipo de comunicação que o rastreador veicular vai utilizar.

Todos têm um funcionamento parecido, mas cada um deles tem suas peculiaridades.  Entre as principais, estão:

  • GPS ou satélite: os rastreadores veiculares desse tipo se comunicam com uma rede de satélites na órbita terrestre. É um sistema bastante preciso, mas que pode encontrar certas dificuldades em ambientes fechados. É bastante conhecido por também ser usado em celulares para determinar localização.
  • Radiofrequência: com capacidade de funcionar em áreas cheias de árvores, subsolos e paredes, a tecnologia de radiofrequência envia os sinais para antenas de rádio ou de telefonia. Para determinar a posição do veículo, a partir de uma triangulação, as antenas usam a intensidade do sinal para entender onde está o rastreador.
entenda como e porque utilizar a tecnologia no rastreamento de frota 1024x440 - Sistema de rastreamento veicular: como funciona e como escolher?

Qual sistema de rastreamento veicular funciona em tempo real?

Os dois tipos de sistemas de rastreamento veicular tem a capacidade de funcionar em tempo real – ou com frequência de atualização que podem atender à demanda de quem busca prioridade essa característica.

Na prática, o que determina se um sistema está em “tempo real” é a frequência de atualização do pulso. Isto é, de quanto em quanto tempo o rastreador envia informações para a central de monitoramento.

Se esse intervalo for de alguns minutos, o rastreamento pode dar conta das necessidades de um gestor de frota, mas não pode ser considerado “em tempo real”.

Por outro lado, um sistema que tenha intervalo de poucos segundos entre os pulsos pode ajudar a garantir segurança e eficiência do serviço. Mas também vai trafegar uma quantidade maior de dados – algo que demanda a infraestrutura dos rastreadores e da rede.

Por que devo usar um sistema de rastreamento veicular?

Desde os anos 1990, quando sistemas de rastreamento veicular começaram a ser usados aqui no Brasil, muita gente acredita que a segurança é a principal função desses serviços.

É uma meia verdade: de fato, os sistemas de rastreamento veicular ajudam muito na segurança, uma vez que podem mostrar onde o carro ou caminhão está e qual trajeto fez, no caso de um acidente ou sinistro.

Mas eles também são dispositivos muito poderosos e capazes de ajudar em diversas outras áreas – principalmente caso seja uma empresa precisando de ajuda para gerenciar sua frota.

Isso porque sistemas mais modernos de rastreadores veiculares podem ajudar motoristas e gestores a saber diversas coisas, com dados como telemetria. Aqui vai uma lista de facilidades:

  • Saber se os itens do veículo estão gastos ou não, determinando a hora certa da manutenção preventiva. É uma ajuda essencial para evitar imprevistos e também economizar. Como diz o ditado: é melhor prevenir do que remediar. 

Se você quer saber quanto sua frota gasta de combustível, baixe já a nossa planilha de consumo de combustível. É um jeito prático e fácil de começar a cuidar desse tema e economizar!

  • Se o sistema de rastreamento também possuir um roteirizador, é possível escolher as rotas mais eficientes para o trajeto. Desde uma rota para fugir do trânsito e chegar mais rápido ao destino, até para fazer todas as entregas de um dia com mais agilidade. Algumas empresas conseguem até reduzir em 40% o deslocamento das equipes ao adotar o rastreamento veicular
  • Os rastreadores veiculares também ajudam a saber se o motorista está cumprindo com a rota pré-estabelecida e com sua jornada de trabalho, incluindo paradas para almoço e descanso estabelecidas por lei. 
  • Para quem presta serviços em tempo real, como uma empresa de delivery de refeições ou manutenção, ter um sistema de rastreamento veicular conectado à frota permite saber qual equipe pode atender a um chamado com mais rapidez, resultando na satisfação dos clientes. 
empresa de rastreamento moto - Sistema de rastreamento veicular: como funciona e como escolher?

Como escolher? Qual é o melhor sistema de rastreamento veicular?

O melhor sistema de rastreamento veicular é aquele que atende às suas necessidades.

Quem está buscando um serviço apenas para se sentir seguro não precisa comprar ou contratar um rastreador veicular que tenha dados sobre o status do veículo.

No entanto, empresas que estão buscando uma gestão de frota mais eficiente podem se beneficiar de dispositivos com mais funcionalidades.

Além disso, há empresas, como a Cobli, que oferecem um sistema para os gestores de frota acompanharem todos os veículos ao mesmo tempo.

É preciso pensar ainda em como o pagamento pelo sistema de rastreamento é feito: há companhias que vendem um rastreador e não cobram mensalidade por isso. Já outras dão o rastreador ao usuário, mas cobram uma assinatura pelo uso dos seus sistemas.

Na internet, é possível também encontrar muitas ofertas de sistemas de rastreamento veicular gratuitos. Mas não se engane!

Não existe rastreador grátis de fato. Na maioria dos casos: é um jeito de chamar produtos mais simples e sem grande qualidade ou variedade de funcionalidades.

Além da qualidade do sistema e do preço, vale a pena também ficar de olho em algumas características dos sistemas de rastreamento veiculares.

Entre elas, estão a resistência e durabilidade dos aparelhos, a facilidade de uso dos sistemas, a homologação pela Agência Nacional de Telecomunicações e, até mesmo, se as plataformas funcionam para vários tipos de veículo.

A Cobli tem uma solução que é bastante versátil: funciona para diversos tipos de veículos, de motocicletas e utilitários até ambulâncias e caminhões. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog

Rastreamento de frota 1 - Sistema de rastreamento veicular: como funciona e como escolher?

Escreva um Comentário