processo-de-entrega-mercadorias

Passo a passo para otimizar o processo de entrega de mercadorias

Dentro da cadeia logística, o processo de entrega de mercadorias é uma das etapas mais importantes, uma vez que representa a conclusão de uma venda.

Por isso, é necessário que a empresa crie uma estratégia eficiente de processo de entrega para garantir que erros sejam minimizados nesta fase e a experiência do cliente seja a melhor possível.

Este cuidado deve ser tomado por companhias de qualquer segmento, mas quando se trata de empresas de e-commerce, entender como funciona o ciclo de pedido é a maneira mais eficaz de superar as expectativas dos consumidores.

Especialmente porque o Brasil registra um crescimento acelerado de vendas online. Somente no primeiro trimestre de 2022, as compras realizadas pela internet tiveram um aumento de 12,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Já o faturamento do setor cresceu cerca de 11,02%.

Os dados são provenientes do índice MCC-ENET, desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie, em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital. O estudo ainda mostrou que nos três primeiros meses do ano, 17,5% dos internautas brasileiros fizeram ao menos uma compra online.

Para conhecer tudo sobre como funciona a entrega na logística, preparamos um guia completo que vai mostrar todas as etapas do sistema de entrega e ainda dar dicas de como avaliar este setor em sua companhia. Confira a seguir.

O que é processo de entrega?

O processo de entrega é uma das etapas de venda de qualquer empresa que comercializa mercadorias ou matérias-primas.

Ele começa logo após o consumidor realizar uma compra, seja em uma loja física ou online. Para entender melhor suas características, vale a pena conhecer como funciona o ciclo de pedido.

Imagine que você acessou um site e decidiu comprar uma televisão. Após escolher o produto, realizar seu login ou cadastrar-se no site, é hora de pagar pela mercadoria. Assim que esta etapa é finalizada, a empresa informa que recebeu o seu pedido.

Então, é necessário aguardar a aprovação do pagamento para que, de fato, a compra seja concluída. Ao receber o e-mail com a mensagem de pagamento aprovado, a companhia dá início ao processo de entrega de sua encomenda.

Para isso, vai utilizar de tecnologia para dar suporte e otimizar todas as etapas deste procedimento, visando ao máximo o cumprimento do prazo estabelecido sem intercorrências.

O consumidor vai, então, acompanhar as seguintes fases: emissão de nota fiscal, despacho do produto para a transportadora, recebimento da mercadoria pela transportadora, inserção da mercadoria na rota de distribuição e, finalmente, a entrega da TV.

Estas etapas devem ser coordenadas para que o prazo de entrega dado no momento da compra seja cumprido de forma correta, o que significa que a mercadoria pode chegar antes da data especificada ou no dia exato, mas de maneira alguma é recomendado que chegue depois.

Contudo, tudo o que foi mencionado acima é a visão que o cliente tem do processo de entrega. O que acontece dentro da empresa é muito mais complexo e demanda atenção, produtividade e eficácia de diversas áreas, como você poderá acompanhar na sequência.

 processo-de-entrega-mercadorias
O processo de entrega é uma das etapas mais importantes na cadeia logística com influência direta na imagem de construção da marca.

Quais são as etapas de uma entrega

Agora que você já sabe o que é processo de entrega, chegou a hora de descobrir tudo sobre suas etapas.

Dentro da empresa, será preciso mobilizar os setores de estoque, armazenamento de produtos (entrada e saída de mercadorias), distribuição e transporte para garantir que o produto chegue ao consumidor em condições adequadas.

Para ver como funciona a entrega na logística, veja abaixo todas as etapas que integram o ciclo de entrega de uma mercadoria.

Estoque e armazenamento

O controle de estoque de produtos atua diretamente com a área de armazenamento de uma empresa.

De forma planejada, criam estratégias para otimizar as demandas de produção das mercadorias, bem como sua entrada e saída no galpão ou centro de distribuição.

Além disso, é o setor de armazenamento que deve cuidar da integridade dos produtos, sempre prezando sua qualidade e boas condições.

Etiquetamento e embalagem

A saída de um produto da empresa é precedida por seu etiquetamento. Nela, serão fornecidos os dados sobre o destinatário da mercadoria, como nome e endereço, e um código de barras que indicará a localização do item.

Neste momento, também será incluída no pacote a nota fiscal do produto, que serve como identificação tanto para a transportadora, quanto para o consumidor ou qualquer órgão de fiscalização.

Coleta

Nesta etapa do processo de entrega, a transportadora que irá realizar a entrega da mercadoria fará a coleta do produto na empresa ou em seu galpão. Esta fase pode ser feita diariamente ou conforme as demandas da companhia.

Distribuição e roteirização

Uma das fases mais importantes é a distribuição e roteirização da entrega.

Ao chegar no centro de distribuição ou de armazenagem da transportadora, a mercadoria é separada conforme o seu destino.

Assim, o gestor logístico consegue criar rotas otimizadas que vão garantir a entrega do produto dentro do prazo estipulado, diminuindo custos para a empresa e atendendo as expectativas do consumidor.

Transporte

Nesta etapa é feito o deslocamento da mercadoria do centro de distribuição até o local indicado pelo cliente no momento da compra.

É sempre importante usar recursos tecnológicos para garantir que o consumidor receba as informações sobre o status de seu pedido o mais próximo possível do tempo real.

processo-de-entrega-mercadoria
O processo de entrega compreende diversas etapas logísticas e o uso de tecnologia é fundamental para garantir sua eficácia e agilidade.

Confirmação de entrega

Mais uma vez, a tecnologia é fundamental nesta fase, uma vez que é necessário que o colaborador que realiza a entrega do produto informe à empresa de forma imediata assim que a encomenda é recebida pelo cliente. O mesmo deve acontecer quando a entrega não foi realizada por não haver ninguém no local, por exemplo.

Como avaliar o processo de entrega de sua empresa

Em um mundo conectado e cada vez mais imediatista, a demanda crescente por agilidade deve ser considerada na logística do processo de entrega, contudo, isso não deve atrapalhar a busca por excelência em nenhuma das etapas elencadas anteriormente.

Dessa maneira, é sempre necessário que os gestores de cada área avaliem constantemente o desempenho que a empresa apresenta.

Para isso, devem se atentar a possíveis falhas de comunicação no monitoramento e controle das entregas, fiscalizar a expedição das mercadorias para diminuir erros no envio dos produtos, utilizar tecnologia em todas as etapas para otimizar ao máximo a produtividade.

Além disso, é essencial analisar os indicadores de performance que vão produzir dados sobre o Índice de Qualidade das Entregas (ICE) e o Indicador de Erros de Pedidos (IEP), assim é possível saber o que é preciso ser melhorado no processo de entrega para que a empresa reduza custos e o consumidor fique satisfeito com o ciclo de seu pedido.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.