Como funciona um centro de distribuição

Como funciona um centro de distribuição e quais suas vantagens?

Talvez você não saiba, mas os centros de distribuição cumprem um papel importantíssimo para que os produtos comprados pela internet cheguem tão rapidamente à sua casa. Aliás, você sabe o que é um centro de distribuição?

Também conhecidos como CDs, os centros de distribuição são espaços onde as mercadorias são armazenadas de acordo com estratégias que tornam as entregas mais eficientes. Então, os centros de distribuição são depósitos? Não exatamente.

A diferença entre um depósito e um centro de distribuição é que a função dos depósitos é armazenar mercadorias por longos períodos, enquanto nos CDs os produtos chegam para logo já serem enviados (distribuídos) para os clientes. Entendeu?

Receba agora de graça nosso kit de ferramentas para melhorar o seu dia de trabalho de campo

Quer saber um pouco mais sobre centros de distribuição? É só continuar a leitura!

Neste texto, vamos falar o que são, como funcionam e quais vantagens os centros de distribuição trazem. Além disso, explicaremos como integrar um centro de distribuição a um sistema de gestão de frotas. Confira!

Centro de distribuição: o que é?

Os centros de distribuição, ou CDs, são instalações estrategicamente localizadas responsáveis por receber produtos, armazená-los, separá-los embalá-los e despachá-los para os clientes (sejam fábricas, lojas ou consumidores). 

Os centros de distribuição são de extrema importância para empresas de comércio eletrônico por garantirem agilidade na preparação do produto para a entrega.

A agilidade, aliás, é o segredo de um centro de distribuição eficiente. Centros de distribuição não são depósitos onde produtos se acumulam por semanas ou até meses, mas locais de passagem.

Geralmente, um varejista envia o produto para um centro de distribuição e, de lá, ele é despachado para o endereço do cliente.

A entrada e saída de produtos nos centros de distribuição é acelerada. Por isso, a maioria deles está localizada, próximas a estradas e rodovias, para facilitar a coleta de itens para a entrega.

Além de contar com espaço para o armazenamento de mercadorias, os centros de distribuição devem possuir espaço suficiente para o estacionamento de caminhões e para a carga e descarga dos produtos.

Centro de distribuição: como funciona?

Muita gente tem dúvidas sobre o funcionamento de um centro de distribuição.

De fato, o trabalho de CD envolve diversos processos importantes. Cada um deles contribui para assegurar que os produtos cheguem o mais rápido possível aos clientes.

Abaixo, vamos detalhar quais são os cinco principais processos que ocorrem um centro de distribuição! Leia com atenção!

Recebimento de mercadorias

A rotina em um centro de distribuição começa com o recebimento de mercadorias. 

Pode até não parecer, mas trata-se um processo complexo.

Para evitar erros, vale a pena investir em softwares específicos para ajudar na conferência da carga e na emissão das notas fiscais.

Alguns centros de distribuição, optam por utilizar leitores de código de barra e coletores de dados para tornar o processo mais rápido e reduzir a probabilidade de erro.

Movimentação das cargas

Depois que as mercadorias chagaram, é necessário movimentá-las, ou seja, dispô-las de modo estratégico no centro de distribuição.

Nessa etapa, é preciso tomar todo o cuidado do mundo, porque o manuseio inadequado dos produtos pode danificá-los.

O uso de equipamentos como empilhadeiras e paleteiras nessa etapa é recomendado, uma vez que eles reduzem os riscos de danificar a mercadoria e ainda reforçam a segurança dos trabalhadores responsáveis por movimentar a carga no interior do galpão.

Baixe agora nosso modelo de romaneio e melhore o controle de mercadorias do seu negócio

Armazenagem dos produtos

Todo mundo que já trabalhou em um centro de distribuição já deve ter passado pela experiência desagradável de não conseguir localizar determinado produto ou perder um tempo valioso nessa tarefa. 

Esse tipo de problema ocorre quando a armazenagem dos produtos não foi realizada de acordo com critérios bem definidos.

Em um centro de distribuição, os produtos devem ser organizados de modo que separá-los e despachá-los seja o mais fácil possível.

Para isso, é importante dispô-los estrategicamente nos galões, divididos, por exemplo, em categorias ou por ordem alfabética.

Já aqueles produtos que já têm destino certo devem ser separados de acordo com as rotas e os prazos de entrega. Assim, economiza-se tempo e é possível assegurar que eles chegarão rapidamente às mãos dos clientes.

Piking

A palavra pode soar estranha, mas é bem fácil entender o significado.

Também conhecido como “order picking”, trata-se do processo de separar e preparar os produtos para a entrega.

Para que essa etapa seja bem-sucedida, a anterior deve ter sido feita com esmero.

Essa etapa costuma exigir um maior número de trabalhadores do que as anteriores, uma vez que ela precisa ser feita com rapidez.

Por sorte, há soluções tecnológicas que ajudam a tornar a coleta de mercadorias mais eficiente, como o uso de sistemas de voz que orientam os trabalhadores quanto às mercadorias que devem ser separadas, a quantidade e sua localização no interior do centro de distribuição.

Expedição

A expedição é a última etapa da rotina de um centro de distribuição e a mais importante.

Após separar as mercadorias e colocá-las nos caminhões, é importante conferir os pedidos e a documentação necessária para a realização das entregas.

A expedição deve ser feita rapidamente, mas de modo a evitar ao máximo quaisquer erros. 

Por isso, vale a pena automatizar o processo utilizando sistemas informatizados para conferir se todas as tarefas anteriores foram cumpridas adequadamente.

Os softwares utilizados nos centros de distribuição são os chamados WMS (ou Warehouse Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Armazém). Há um texto sobre esse assunto aqui no Blog da Cobli. Para acessá-lo, é só clicar aqui.

Acesse ao blog da Cobli e receba conteúdos de qualidade para melhorar a produtividade do seu negócio

Centro de distribuição: quais as vantagens?

Talvez você esteja se perguntando: quais são as vantagens de ter um centro de distribuição? Afinal, manter a operação de um espaço de amplas dimensões, facilmente acessível por estadas e rodovias e próximo a centros urbanos deve sair caro, certo?

Acredite: ter um centro de distribuição pode ser uma ótima maneira de economizar!

Não acredita? Então, confira abaixo algumas das vantagens que um centro de distribuição pode trazer para uma empresa:

Economia de custos

Um centro de distribuição pode resultar em economia para uma empresa por diversas razões.

A localização estratégia dos CDs, por exemplo, pode contribuir para a redução dos gastos com combustível. Só isso já é uma super economia, concorda?

Além disso, CDs bem localizados e geridos permitem a diminuição do valor do frete cobrado, o que é essencial para atrair clientes.

Ter um centro de distribuição pode ajudar a baixar até mesmo os preços dos produtos! 

Veja só: se você tem um espaço de armazenamento amplo, pode aumentar o volume de seus negócios, pois terá maior capacidade de receber e despachar mercadorias. Ao ganhar em eficiência, você pode até reduzir o preço sem perder nada com isso!

Ganho de tempo

Os centros de distribuição também ajudam a economizar tempo!

A localização estratégia dos CDs somada à eficiência no depósito e na coleta dos produtos e à centralização do estoque em um só lugar resultam em operações logísticas mais ágeis e, portanto, mais rápidas.

Em um centro de distribuição, os produtos são facilmente localizáveis, evitando que algum item seja perdido ou demore muito a ser encontrado, o que pode inviabilizar uma operação de entrega.

Além disso, a organização eficiente dos produtos no centro de distribuição permite que os funcionários do galpão economizem tempo na separação dos itens que serão despachados. 

O resultado de toda essa economia de tempo são entregas mais rápidas e clientes mais satisfeitos!

Centralização das operações

Outra vantagem dos centros de distribuição é a centralização das operações.

Nos CDs, a concentração do estoque um único local facilita as operações de depósito e coleta, trazendo ganhos relevantes às rotinas logísticas.

Além disso, a centralização de do armazenamento torna mais fácil o controle de entrada e saída das mercadorias e a realização de inventários.

Melhora da qualidade dos produtos prestados

Você já deve ter passado pela experiência de ir a um estabelecimento à procura de um produto só para ser informado pelo vendedor que o item está em falta e não tem prazo para ser reposto.

Ou talvez já tenha tentado comprar um produto pela internet e se assustado com um prazo de entrega inexplicavelmente longo.

Quem passa por essas situações certamente vai pensar duas vezes antes de voltar na loja ou comprar no site que o deixou na mão, certo?

Acredite: manter um centro de distribuição eficiente pode ajudar a evitar esse tipo de situação que afasta os clientes!

Empresas que trabalham com centros de distribuição dificilmente precisam informar os clientes de que determinado produto está em falta no estoque, afinal, elas têm espaço de sobra para armazenar uma grande variedade de produtos!

E não é só uma questão de espaço! Como vimos acima, os CDs garantem entregas mais rápidas e mais baratas, para a satisfação dos clientes e lucro das empresas!

Receba 01 questionário de pesquisa de satisfação com cliente para melhorar seu atendimento

Integração do centro de distribuição com um sistema de gestão de frotas

Como vimos ao longo deste texto, uma das vantagens dos centros de distribuição é garantir entregas mais rápidas e mais baratas.

Para cumprir esse objetivo, é necessário investir em algo chamado logística de distribuição. Já publicamos um texto sobre esse assunto no Blog da Cobli. Se quiser ler, é só clicar aqui.

Caso você só esteja interessado em conhecer algumas boas práticas de logística de distributiva capazes de integrar o centro de distribuição com um sistema de gestão de frotas, é só acompanhar os tópicos abaixo: 

Controle de frete

Não adianta realizar todas as rotinas de um centro de distribuição com esmero para depois perder dinheiro cobrando um frete muito barato.

Saber o quanto cobrar é essencial para a saúde financeira da empresa e para fidelizar os clientes, que não vão pensar duas vezes em procurar outra prestadora de serviços se desconfiarem que estão pagando caro demais por um entrega.

Administrar o frete envolve diversas atividades, como conferir quais são os preços praticados no mercado, saber como é composto o valor do frete e manter atualizada a tabela de preços.

Além disso, é importante fornecer ao cliente meios para acompanhar a entrega.

Sabe como fazer isso? Por meio de sistemas de rastreamento de monitoramento que permite ao cliente seguir sua entrega desde a hora em que ela saiu do centro de distribuição.

Análise de indicadores de desempenho no centro de distribuição

Não basta tomar cuidado para gerir corretamente as entregas. É importante avaliar o que está dando certo e o que está travando os processos no seu centro de distribuição.

Os Indicadores de Desempenho Logístico, conhecidos como KPIs, ajudam os gestores a conferir se tudo o que foi planejado está sendo cumprido e se as entregas estão sendo bem-sucedidas. 

É importante, por exemplo, se informar sobre o número de devoluções de mercadoria e que que razões explicam tal fenômeno.

Roteirização

Para que a entrega dê certo é importante saber para onde se está indo, correto? Mas não basta entregar ao motorista um endereço e desejar sorte para que ele cumpra o horário combinado com cliente.

É fundamental planejar bem a rota que o caminhão vai seguir, ou seja, roteirizar.

Nisso, a Cobli pode ajudá-lo! A Cobli é uma reconhecida startup que oferece soluções logísticas para frotas, como o serviço de roteirização, que permite aos gestores descobrir quais as melhores rotas, evitando, assim, que os caminhões percam tempo no trânsito e gastem combustível à toa, elevando os custos.

O sistema de roteirização da Cobli é capaz de elaborar rotas com até 150 endereços. Com a Cobli, você pode determinar se seu objetivo, ao roteirizar, é reduzir as distâncias percorridas ou o tempo gasto com as entregas. A partir da sua escolha, o sistema apresenta a rota mais adequada às suas necessidades!

Clique aqui e saiba mais sobre o roteirizador da Cobli!

Esta publicação te ajudou? Confira outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *