Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 5 minutos

No mundo de hoje, uma empresa não pode apenas focar em fazer um bom produto: ela precisa cuidar de todos os pontos de sua entrega – e um dos aspectos mais importantes disso é a gestão dos detalhes de atividades de transporte

É uma atividade complexa: é preciso decidir se a empresa vai ter uma frota própria ou terceirizada, quantos motoristas precisa, qual é o tipo de veículo certo, entre outras coisas que já listamos por aqui.

Depois dessas decisões difíceis, é necessário ainda cuidar do dia a dia, cuidando da jornada de motoristas, escolhendo as melhores rotas, e dependendo do seu tipo de serviço, até lidar com demandas em tempo real. 

No entanto, há maneiras de simplificar esse trabalho – que muita gente diria ser muita coisa para uma pessoa só. 

Dicas de gestão e sistemas de tecnologia podem ajudar bastante e até permitir que esse trabalho tão importante para a satisfação dos clientes seja feito por pequenas e médias empresas. 

Neste texto, você vai ver como fazer a gestão dos detalhes de atividades de transporte e como adotar sistemas de tecnologia para isso pode ajudar a vida da sua empresa. Vamos lá? 

Quais são as principais funções de um sistema de gestão dos detalhes de atividades de transporte? 

De modo geral, a gestão de transporte compreende tudo que acontece desde que o produto sai de sua origem e chega até o destino. 

Para algumas empresas, isso significa apenas o escoamento da produção; já para outras, pode envolver também sistemas de recebimento de matéria prima e de logística reversa. 

Além disso, para quem presta serviços, a atividade também pode incluir demandas em tempo real, o que é algo bastante complicado. 

No entanto, para generalizar, a gestão de atividades de transporte compreende cinco grandes áreas. São elas: 

  • Planejar rotas: escolher o caminho certo para que um veículo viaje é importante pois pode determinar o custo da atividade de transporte e até mesmo interferir na segurança da carga. 
  • Rastrear veículos: saber o que está acontecendo com todas as cargas em tempo real é uma forma do gestor de frotas conseguir remediar problemas; assim, o rastreamento de veículos é uma atividade fundamental. 
  • Gerir os documentos: cuidar da emissão de documentos é um passo muito importante para quem deseja fazer uma boa gestão de transporte. São eles que garantem que todas as cargas estão em dia com os devidos trâmites burocráticos e também ajudam a conferir se tudo está em dia ou algo pode ser otimizado na sua operação, registrando as atividades. 
  • Controle de custos: não adianta nada ter o melhor sistema de logística do mundo se ele encarece demais as suas atividades. Uma boa gestão de transportes leva também os custos em consideração – até porque eles afetam o frete e o preço final do seu produto. Controlar custos, seja com manutenção, combustível ou pessoal, é algo vital para a sua operação funcionar bem. 
  • Acompanhar ocorrências: ninguém gosta de imprevistos, mas às vezes eles acontecem. Um bom sistema de gestão dos detalhes das atividades de transporte pode ajudar sua empresa a remediar quando um acidente ou sinistro acontece – e até avisar o cliente se o produto pode demorar mais para ser entregue, por exemplo. Não é algo desejável, claro, mas é melhor comunicar direito do que não fazer nada, não é mesmo? 

Descubra como o sistema para gestão de frotas com rastreamento e monitoramento veicular da Cobli pode ajudar sua operação!

Por que isso importa para pequenas e médias empresas? 

Você deve estar pensando: ah, mas minha empresa é muito pequena para ter um sistema complexo desses!

Pois saiba que não é verdade: com ajuda de tecnologia, você pode muito bem fazer uma boa gestão da logística

Além disso, pode cortar custos desnecessários e economizar, ganhando vantagens competitivas contra seus concorrentes. 

Pode ainda descobrir que expandir suas operações é mais fácil e barato do que você pensa e, assim, mesmo em tempos de crise, ganhar novos mercados. 

São coisas que todo mundo deseja, não é mesmo? 

Como escolher o melhor sistema para gestão das atividades de transporte? 

Escolher um bom sistema para gestão de atividades de transporte é algo complexo – afinal, é preciso entender o que se adequa melhor ao tamanho da sua operação e às suas necessidades específicas. 

Quem tem um serviço que faz atendimentos ao consumidor, por exemplo, deve ter problemas diferentes de quem só faz entregas da fábrica para um grupo de varejistas. 

Além disso, uma frota de um carro ou de cem caminhões também poderá ter complexidades diferentes para ser administrada. 

Sistemas gratuitos ou até mesmo o bom e velho modelo de planilhas no Excel podem ajudar bastante, mas talvez não deem conta de tudo que você precisa. 

A boa notícia é que o sistema da Cobli está preparado para lidar com tudo isso: ele é capaz de fazer rastreamento veicular e roteirização em tempo real, além de mostrar se sua frota está gastando combustível demais. 

Tem ainda vantagens para quem precisa gerar documentos e até saber a hora certa de fazer manutenção da frota. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

clique e tenha visibilidade e controle da sua operação com a Cobli
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário