premiacao-para-motoristas

Premiação para motorista: crie um programa em 05 passos

O programa de premiação para motorista é uma das melhores formas de motivar estes profissionais. Além disso, é um ótimo incentivo para os motoristas serem ainda mais produtivos no dia a dia

Sabemos que o motorista é essencial para grande parte da operação.  E é por isso que toda empresa de frota deve ter compromisso e preocupação com quem atua diretamente nas vias, muitas vezes até se expondo a riscos.

O levantamento feito pelo Ministério da Infraestrutura aponta que mais de 50% dos acidentes são causados pelo modo de condução inapropriado. E não há dúvidas sobre o quanto um acidente prejudica a frota. 

Por isso, ao entender sua importância do motorista e sua boa condução, também se percebe como o seu desempenho impacta diretamente em diferentes fatores da frota, como eficiência logística ou custo com combustível.

É por este motivo que o programa de premiação existe: para ajudar a frota a criar oportunidades de ser mais eficiente e, principalmente, evitar problemas com custos extras devido à má condução.

Neste artigo, você vai entender o passo a passo para implementar uma premiação para motoristas e todas as vantagens que esse programa pode trazer à sua frota! 

Como funciona a premiação para motoristas?

O motorista é aquele que tem o dever de realizar uma condução responsável. E, mesmo com o auxílio de toda tecnologia, o comportamento do motorista em trânsito não pode ser efetivamente controlado — apenas monitorado

Alguns comportamentos de motoristas que geram custos não são por falta de compromisso. Muitas vezes, é por falta de motivação e falta de visão de cultura da empresa de frota.

dicas-premiacao-para-motorista
A premiação para motoristas ajuda a otimizar a operação e reduzir custos da frota.

A premiação para motoristas é uma das estratégias para corrigir isso e parte de um princípio bem simples: 

  1. A empresa define uma meta que traz vantagens à frota (limite de consumo de combustível, motorista que menos faz multas, etc) para um determinado período; 
  2. O comportamento dos motoristas é monitorado;
  3. Os motoristas que cumprirem as metas são premiados com alguma recompensa.

É como se fosse um programa de recompensas: é estabelecida uma meta e, ao atingi-la, o motorista recebe um prêmio. 

Com esse programa, os motoristas da frota têm sua percepção reforçada sobre a cultura da empresa, além de serem motivados pelo benefício ou recompensa que será entregue para cumprir as melhores práticas ao volante.

05 passos para criar uma premiação para motoristas da sua frota

Criar e implementar um programa de premiação para motoristas não é complicado. Em poucos passos, já é possível implementar uma primeira rodada de premiação. 

A periodicidade do programa varia de empresa para empresa, mas os mais comuns são mensais ou trimestrais. Não existe regra, o ideal é saber qual formato é mais adequado ao perfil dos motoristas da frota.

1º passo: defina os objetivos da premiação

Antes de começar a criar um programa de incentivo, é importante definir quais são os objetivos que se pretende alcançar com o programa. 

Para isso, é necessário avaliar o que pode ser melhorado a partir da condução dos motoristas. Por exemplo, se o custo com combustível está alto, o objetivo será reduzir o custo. 

Ou se o tempo de entrega de mercadorias não é o ideal, o objetivo deve ser otimizar o tempo de entrega. 

É possível escolher até mais de um objetivo e as metas de cada rodada do programa podem ir variando conforme o objetivo daquele período. O importante é que esteja alinhado com os objetivos da frota.

Uma observação para lembrar: os objetivos precisam ser reais e alcançáveis. Não adianta definir um objetivo que esteja fora da realidade da frota e seja muito difícil de alcançar.

2º passo: estabeleça os critérios que serão analisados

Para cada objetivo, deve ser selecionado os critérios que vão medir o desempenho dos motoristas. Lembre-se que os critérios precisam ser mensuráveis — ao contrário, não seria nem possível definir os motoristas premiados. 

Por exemplo, se o objetivo for “Não receber nenhuma multa no mês”, o critério será a quantidade de multas recebidas pelo motorista.

Agora, voltando ao exemplo do passo anterior, se o objetivo é “Otimizar o tempo de entrega”, o critério a ser avaliado será o tempo médio de entregas de cada motorista, considerando a quilometragem percorrida. 

3º passo: defina qual será a premiação 

Este é um passo muito importante, pois a premiação precisa ser atrativa o suficiente para que os motoristas se sintam engajados no programa. 

Uma opção é fazer uma pesquisa rápida entre os profissionais para identificar o que eles julgam como uma boa premiação: um bônus no salário? Algum item? Algum voucher de desconto em alguma loja ou serviço? 

Fica ao critério da empresa e do orçamento destinado ao programa, mas o ideal é sempre pesquisar com o time de motoristas o que eles gostariam de receber numa premiação assim.  

4º passo: monitore o desempenho dos motoristas 

Você deve concordar que a premiação só faz sentido quando é possível medir qual motorista cumpriu com o objetivo. Para isso, é preciso monitorar o comportamento dos motoristas durante a rotina da frota. 

Por meio de tecnologias já utilizadas para monitorar a frota, como telemetria, roteirização ou rastreamento, é possível consegue visualizar as principais informações sobre a condução de cada motorista para cada trajeto realizado. 

premiacao-para-motoristas
O monitoramento de motoristas para a premiação pode ser feito por telemetria ou rastreamento.

Vamos imaginar que o objetivo é reduzir os atrasos. Então, o desafio do programa é quem chegar aos destinos com menos atrasos, leva a premiação. 

Para definir o motorista vencedor, é preciso analisar o horário estimado de chegada que o software de gestão apresenta e qual o horário real que o motorista chegou. 

As tecnologias de rastreamento e telemetria, por exemplo, conseguem identificar a localização do motorista e, automaticamente, sinalizar o horário de partida e chegada de cada rota. 

Estas informações ficam salvas na plataforma e podem ser acessadas com facilidade por meio de filtros e relatórios, por exemplo. Assim, o gestor acessa com muito mais facilidade e identifica quem é o motorista que melhor performou naquele mês. 

5º passo: fique atento aos feedbacks dos motoristas e implemente melhorias

É muito importante ter em mente que o foco da premiação são os motoristas. Por isso, é essencial que haja um diálogo transparente em todas as comunicações a respeito da premiação, incluindo os feedbacks

A partir dos feedbacks, é possível identificar o que tem dado certo e o que pode ser melhorado nas próximas edições da premiação. O objetivo da iniciativa é motivar o motorista a ter um melhor desempenho no exercício da sua profissão.

E jamais esqueça: apesar de ser o motorista quem leva o prêmio, a sua frota também sai como vencedora ao ter um time motivado e de alta performance, custos reduzidos e muito mais eficiência operacional. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *