Black November Cobli: Confira a promoção do melhor sistema de gestão de frotas!

Tempo de leitura: 9 minutos

Uma das melhores estratégias que os gestores têm à mão para elevar a eficiência de uma frota é a avaliação de desempenho.

Talvez você pense que as avaliações de desempenho só funcionem em empresas nas quais todo mundo trabalha no escritório e fica o dia todo na frente do computador mexendo em planilhas. 

Como avaliar o desempenho de motorista que passam o tempo todo – às vezes dias ou até semanas – na estrada?

De fato, a avaliação de desempenho de motoristas é diferente da avaliação de desempenho de trabalhadores de escritório, mas nem por isso ela é menos importante.

A avaliação permite aos gestores conferir se os motoristas estão dirigindo bem, respeitando os prazos de entrega e cuidando bem dos veículos que conduzem.

Por meio da avaliação de desempenho, gestores ainda podem identificar gargalos que estejam atrapalhando a produtividade da frota e traçar estratégias diversas para superá-los e tornar os processos ainda mais eficientes e econômicos.

Se você não sabe direito como avaliar o desempenho da sua frota, este texto é para você!

Vamos explicar a importância e os diferentes tipos de avaliações de desempenho e ainda informar quais critérios considerar para conduzir uma avaliação de desempenho justa e eficiente. 

Siga a leitura e confira!

A importância da avaliação de desempenho

Gestão de frotas não é só quebrar a cabeça traçando rotas e tentando não estourar o orçamento.

Um gestor de frotas competente deve saber avaliar os trabalhadores da sua frota. 

O principal benefício da avaliação de desempenho é, sem dúvida, tornar a gestão logística ainda mais eficiente.

Mas há outros benefícios, como garantir a maior durabilidade dos veículos, tornar a frota ainda mais segura e ganhar a confiança dos clientes.

A avaliação de desempenho também ajuda a economizar porque contribui para diminuir os gastos com multas resultantes de direção imprudente e com indenizações por acidentes de trabalho ou atraso na entrega das mercadorias. 

Avaliar periodicamente seus colaboradores ajuda a conhecer melhores competências deles e, assim, distribuir melhor o trabalho, estabelecer metas factíveis e até criar planos de carreira mais atraentes que vão motivá-los a buscar o desempenho ainda mais satisfatório.

E mais: a avaliação de desempenho permite controlar melhor a jornada dos motoristas, o que resulta em mais economia e segurança.

Economia porque reduz os gastos com horas extra, e segurança porque garante aos condutores o direito ao descanso, prevista pela Lei do Motorista, diminui os riscos de acidentes causados por cansaço e desatenção ao volante.

Os diferentes tipos de avaliação de desempenho

São dois os principais tipos de avaliação de desempenho: avaliação por objetivos e avaliação por competências.

Confira o que diferencia cada uma delas:

Avaliação de desempenho por objetivos

A avaliação de desempenho é realizada para aferir o quanto cada colaborador contribuiu para alcançar (ou até superar) as metas e objetivos estabelecidos previamente pela empresa.

Essa modalidade de avaliação de desempenho leva em conta a performance de cada motorista e confere, por exemplo, se eles estão cuidando bem dos veículos que dirigem e cumprindo os prazos de entrega ou desperdiçando combustível.

Avaliação de desempenho por competências

Já a avaliação de desempenho por competências considera das habilidades técnicas e também o comportamento de cada colaborador.

As habilidades técnicas são o talento do motorista ao volante, a capacidade de pensar rápido no trânsito, tomar decisões prudentes e resolver rapidamente os pepinos que encontrar pelo caminho (como um pneu furado, um probleminha no motor ou o trato com um cliente mais difícil).

A avaliação por competências também leva em conta a inteligência emocional do motorista, se ele é capaz de manter a calma sob condições adversas, é confiável e não resiste ao cumprimento de ordens.

Os critérios da avaliação de desempenho

Agora que você já sabe o que são avaliação de desempenho por objetivos e avaliação de desempenho por competências, talvez esteja pensando: qual das duas fazer?

Nossa resposta é: que tal uma combinação das duas? 

O resultado da combinação dessas das modalidades de avaliação de desempenho será uma avaliação de desempenho ainda mais completa, concorda?

Essa avaliação vai te ajudar a conhecer as competências de cada um dos seus colaboradores e aproveitá-las para garantir que a empresa alcance bons resultados.

Para ajudá-lo, vamos listar alguns critérios que você levar em conta na hora de avaliar o desempenho de seus motoristas. Confira:

Cumprimento de prazos e horários

Motoristas trabalham na estrada, longe dos escritórios e do olhar atento dos chefes, mas isso não significa que eles não precisem cumprir prazos, horários e ser pontuais.

Na hora de avaliar o desempenho de um motorista, não se esqueça de conferir se ele têm realizado as entregas no prazo combinado.

É claro, não adianta chegar na hora certa se, para isso, ele precisou pisar no acelerador, ultrapassar o limite de velocidade. Não adianta chegar na hora levando multa.

Também não adianta cumprir todos os prazos se o custo da pontualidade for jornadas de trabalho intermináveis.

A Lei 13.103/2005, conhecida como Lei do Motorista, estabelece que a jornada de trabalho dos condutores é de oito horas diárias e abre a possibilidade de duas horas extras por dia (ou quatro horas extras por dia se houve convenção coletiva ou acordo individual).

A Lei exige ainda que, depois de cinco horas ao volante, o motorista descanse por 30 minutos.

Uma boa estratégia para cumprir prazos e horários é traçar as rotas previamente.

Direção defensiva

Na hora da avaliação de desempenho, não se esqueça de verificar se o motorista dirige defensivamente, se ele não ultrapassa o limite de velocidade e cumpre as rotas combinadas, sem desvios suspeitos ou perigosos.

Para garantir que os motoristas não estão por aí dirigindo perigosamente, invista em tecnologias de rastreamento e monitoramento que informar ao gestor, em tempo real, a localização e a velocidade do veículo.

Também é importante ficar de olho se o motorista tem levado muitas multas e por quais razões.

Manutenção do veículo

Como o motorista tem cuidado do veículo que dirige? Na hora da avaliação de desempenho, é importante chegar a uma resposta para essa pergunta.

Para respondê-la, fique atento às condições do veículo – são elas que vão te informar como o motorista está dirigindo.

O veículo está em bom estado? Está limpo? Os pneus estão muito gastos?

E como está o consumo de combustível? Gastos excessivos com combustível podem indicar que o motorista anda pisando demais no acelerador (o que pode indicar que ele anda ultrapassando o limite de velocidade, dirigindo perigosamente, descuidado do cumprimento de horários e prazos, etc).

Também é importante que o motorista tenha noções básicas de mecânica, saiba fazer a manutenção do veículo e se virar se ocorrer algum imprevisto na estrada (um pneu furado, etc).

Relacionamento interpessoal

Inteligência emocional é essencial para exercer qualquer função.

Não é porque os motoristas passam muito tempo sozinhos na cabine do caminhão que eles não precisam de habilidades sociais afiadas.

Ao avaliar o desempenho de um condutor, confira se ele é capaz de colaborar ou se costuma resistir cumprir ordens e acordos.

Informe-se também se, na hora da entrega, ele trata os clientes com respeito.

Como a Cobli pode ajudar na avaliação de desempenho

Como vimos no início desse texto, a avaliação de desempenho é uma estratégia indispensável à boa gestão de frota.

Sabe o que mais é indispensável à boa gestão de frota (e também uma mão na roda na hora de avaliar o desempenho de seus motoristas)? O sistema Cobli.

Para fazer uma boa avaliação de desempenho, é bom ter informações sobre como seus motoristas estão dirigindo, se estão respeitando os limites de velocidade e as rotas combinadas, certo?

O sistema Cobli permite aos gestores saberem tudo isso.

O sistema Cobli coletar dados dos veículos da sua frota e os transforma em informações úteis que te ajudam não só a avaliar o desempenho de seus motoristas, mas também a pensar estratégias para tornar sua empresa mais eficiente e rentável. 

Com a Cobli, você sabe, em tempo real, onde estão todos os seus veículos, e ainda tem informações sobre número de paradas, velocidade e consumo de combustível.

Lembra quando falamos que uma boa estratégia para garantir o cumprimento de prazos e horários era planejar rotas?

A tecnologia da Cobli elabora as melhores rotas. Para você ter uma ideia: no sistema Cobli é possível incluir até 150 endereços em uma única rota e ainda levar conta restrições de horário e de circulação em determinadas vias.

O sistema Cobli ainda vem com o aplicativo do gestor que garante que você tenha todas essas informações na palma da mão e, dessa forma, possa avaliar o desempenho dos seus motoristas não só quando o pessoal do RH sugerir, mas sempre que julgar necessário.

Acesse nosso site e descubra como o sistema de gestão da Cobli vai te ajudar a melhorar a qualidade do serviço da sua empresa.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário