uso-indevido-veiculo

Uso indevido do veículo: como gerenciar e evitar esse problema

O gerenciamento de frota envolve diversos elementos e um dos pontos que pode gerar grandes inconvenientes e prejuízos financeiros é o uso indevido do veículo.

Quando não há uma política clara e uma comunicação assertiva do que pode ou não ser feito com o automóvel, podem haver conflitos e excessos por parte dos colaboradores.

E se engana quem pensa que o uso indevido do veículo se dá apenas quando o funcionário utiliza o automóvel fora do horário de trabalho. Se a condução é feita fora dos padrões da companhia e gera consequências negativas, também temos a utilização incorreta.

Um bom exemplo disso é o número elevado de multas. Dados do Ministério da Infraestrutura, entre janeiro de 2019 e março de 2022, revelam que infrações por excesso de velocidade e avanço de sinal vermelho estão entre as mais cometidas pelos brasileiros.

Na correria do dia a dia e para cumprir os prazos, é comum que os colaboradores não sigam corretamente as normas de trânsito e sejam multados por seu comportamento mais agressivo no trânsito.

Mas é claro que o uso indevido do veículo é caracterizado por diversas outras situações. Para saber quais são elas e conferir dicas de como solucionar este problema em sua empresa, siga a leitura e veja as informações abaixo.

O que é uso indevido do veículo?

Um dos grandes desafios logísticos está na gestão da frota de maneira eficaz e produtiva, visando sempre o bom andamento das operações e o tratamento humanizado dos colaboradores.

Neste cenário, é comum lidar com a utilização errada dos automóveis, tanto no horário de trabalho quanto fora dele.

De maneira geral, o uso indevido do veículo pode ser caracterizado quando os motoristas agem de forma imprópria e fora dos padrões estabelecidos pela política de frota.

Esse tipo de comportamento influencia na produtividade, no cumprimento dos prazos e na qualidade dos serviços, afetando assim a relação entre a empresa e o cliente.

Entregas fora do horário combinado, pacotes com avarias, excesso de multas, desgaste do veículo acima do esperado, uso pessoal do veículo após a jornada de trabalho, esses são alguns dos exemplos que ilustram bem o problema.

Como descobrir uso indevido do veículo?

O primeiro ponto a ser analisado é o desempenho do colaborador. Para isso, o acompanhamento constante e próximo da operação é essencial.

Se houver queda, reclamações, atrasos ou algo que não esteja dentro do esperado, certamente, este pode ser um indicativo de que o automóvel pode não estar sendo usado da forma correta.

O monitoramento da frota também é um grande aliado para alcançar esse objetivo, uma vez que permite ao gestor saber a rota realizada, pontos de parada, horários, velocidade e outros dados.

Outro indicativo é a quantidade elevada de infrações de trânsito. Essa postura deve ser um sinal de alerta para que o gestor oriente os motoristas de maneira mais incisiva e estabeleça parâmetros mais eficientes.

uso-indevido-veiculo
Com o uso de aplicativo de monitoramento, a empresa consegue evitar o uso indevido do veículo com mais facilidade.

Então, como eliminar uso indevido do veículo?

Existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar e também solucionar o uso indevido do veículo em sua empresa, confira a seguir.

Estabelecer uma política clara para a frota

Cada companhia deve criar uma política de gestão de frotas que contemple todas as informações necessárias para a realização do trabalho.

Nela, é necessário elencar as regras para utilização dos veículos, como é feita a distribuição das demandas, como é realizado o registro da jornada dos colaboradores, entre outros pontos relacionados à operação.

E claro que é neste documento que a empresa deve estabelecer se os motoristas podem ou não usar os veículos fora do horário de trabalho.

Caso opte pela permissão, é preciso orientar os funcionários sobre a necessidade de seguir uma condução defensiva e respeitosa, cumprir as normas de trânsito e prezar pela segurança sua, de seus passageiros e de terceiros.

Vale ressaltar que, neste caso, a companhia costuma ser, juridicamente, responsável por qualquer incidente que ocorra com seu colaborador, mesmo aos fins de semana.

Aplicativos de monitoramento e rastreamento

Os aplicativos de monitoramento e rastreamento de frota são imprescindíveis para a gestão de qualquer companhia deste segmento. Com o uso destes apps, é possível ter acesso a uma gama de informações sobre cada veículo e, claro, o funcionário que o conduz.

Além de acompanhar se a rota indicada está sendo cumprida, o gestor consegue também analisar dados e métricas sobre o trabalho.

Caso o colaborador faça paradas inesperadas ou desvie muito do trajeto ideal, atrasando sua tarefa, a empresa pode identificar as falhas rapidamente e, então, tomar medidas em relação a esse comportamento inadequado.

uso-indevido-veiculo
O uso indevido do veículo pode trazer problemas financeiros e impactar na produtividade da frota, por isso, seu controle é essencial para a empresa.

Instalação de câmera de segurança veicular

O uso indevido do veículo também pode ser identificado com facilidade pela câmera de segurança veicular. Ela possibilita saber a rota, paradas e também tudo o que acontece dentro do automóvel.

Quando a empresa instala uma dashcam, deixa claro para o funcionário que tudo está sendo monitorado com imagens e que existe um comprometimento em oferecer mais segurança para seu dia a dia, mas também que há uma atenção em relação ao seu comportamento.

Ter uma comunicação clara e objetiva

Todas as dicas apresentadas anteriormente são importantes, mas não substituem uma comunicação direta e assertiva com os funcionários.

No momento da contratação, o gestor deve deixar bem claro se é permitido ou não usar o automóvel da frota para fins particulares nos finais de semana, ou após a jornada de trabalho.

É importante também que seja determinado que o colaborador deve sempre avisar e pedir autorização para desviar de sua rota para resolver qualquer compromisso pessoal.

Ao estabelecer uma boa comunicação com os colaboradores, cria-se uma conexão de confiança e que traz diversos ganhos para a companhia como um todo.

Como o uso indevido do veículo afeta uma empresa

A questão financeira é sempre um dos pontos mais importantes quando se trata das consequências do uso indevido do veículo.

Geralmente, o impacto é sentido nos gastos de consumo de combustível, no pagamento de multas ou na manutenção dos automóveis – que acabam se desgastando mais cedo do que o previsto.

Além disso, há a possibilidade de um processo jurídico caso aconteça algum acidente com o funcionário enquanto estiver conduzindo o veículo fora do horário de trabalho, o que acarretaria um alto custo.

Por isso, colocar em prática uma gestão eficiente, planejada e estratégica é o melhor caminho a seguir para evitar o uso indevido do veículo em uma empresa com frota automotiva.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli.

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.