como trabalhar com entregas

Como trabalhar com entregas: veja dicas para começar a atuar na área

O setor de entregas e logística tem chamado cada vez mais a atenção dos profissionais nos últimos anos – e não é à toa. 

Com o crescimento do comércio eletrônico, a digitalização em expansão e a busca maior das pessoas por comodidade, cada vez mais as entregas de mercadorias tem sido demandadas por diferentes tipos de empresa. 

Duvida? Pense na quantidade de coisas que você recebeu na sua casa nos últimos tempos – de uma refeição até uma carta, passando por itens de diferentes tamanhos que comprou na internet. 

E não só na internet: hoje, cada vez mais lojas atuam no modelo de omnichannel, isto é, de vários canais, permitindo que um cliente compre a mercadoria na loja, mas receba a entrega em casa, por exemplo. 

Além disso, a pandemia do coronavírus também mudou diversos comportamentos dos consumidores – muita gente aprendeu a comprar pela internet ou evitou sair de casa. 

Isso fez com que, por exemplo, o comércio eletrônico crescesse em 10 semanas (de março a maio de 2020) o mesmo que cresceu nos 10 anos anteriores. É muita coisa. 

E para que as coisas cheguem na casa das pessoas, nas lojas ou nas empresas, é preciso cada vez mais profissionais de entregas

Neste texto, além de falarmos como o cenário está promissor, uma vez que a digitalização faz com que cada vez mais pessoas se acostumem com essa nova forma de consumir, também vamos dar dicas sobre o setor. 

Falaremos também sobre os benefícios e desafios de se trabalhar com entregas e listaremos boas práticas para evitar dores de cabeça no dia a dia. Vamos lá? 

Por que o cenário é promissor para empresas que trabalham com entregas? 

Como dissemos, cada vez mais as pessoas estão de olho em comportamentos que ajudem a vida a ser mais eficiente e produtiva. 

Comprar pela internet e receber itens em casa – de uma peça de roupa até a compra do mês – é um exemplo dessa tendência. 

E se as pessoas não vão mais até as lojas, são as lojas (por meio das empresas de entrega!) que precisam ir até as pessoas, não é mesmo? 

Além disso, há muito espaço para que cada vez mais itens sejam comprados pela internet; se antigamente era inviável comprar uma roupa pela rede, agora isso se tornou uma atividade corriqueira para muita gente. 

Vale dizer ainda que tanto empresas tradicionais quanto startups estão de olho nesse tipo de comportamento. 

Para que essa mudança de comportamento dê certo, a logística é uma área importantíssima. 

Ela é cheia de desafios, mas também pode trazer muitos benefícios para quem decide contratá-la. 

Quais são os principais desafios dos serviços de entrega? 

O universo do serviço de entregas guarda uma série de desafios para as empresas e os profissionais que decidem atuar nele. 

Aqui nesta parte do texto, vamos listar alguns dos principais desafios: 

  • Distância entre os pontos: vencer as distâncias pode parecer algo muito básico para o universo logístico, mas por vezes as tarefas são mais complexas do que parecem. 
  • Imprevisibilidade: trânsito, acidentes, condições do tempo, atrasos na liberação de mercadorias, muitos são os problemas que podem fazer da logística algo imprevisível (e cabe aos profissionais se preparar para superar esses entraves).
  • Infraestrutura: aqui, vale falar não só da infraestrutura das empresas, mas também de estradas (muitas vezes, em más condições) e outros equipamentos de transporte.
  • Burocracia: muitas vezes, uma mercadoria demora a chegar a seu destino final não por culpa da distância, mas sim por algum atraso ou embaraço nas devidas questões regulatórias, tributárias ou alfandegárias; superar essas questões é um desafio também.
  • Precificação: não é simples fazer a conta de quanto custa levar uma carga do ponto A ao ponto B; é preciso considerar combustíveis, desgaste de veículos, jornada de trabalho, isso sem falar em alguma margem de lucro.
  • Falta de informação: muitos profissionais desempenham suas atividades sem um bom nível de informação, por exemplo, das cargas, dos veículos e das rotas que vão percorrer em um determinado período; é algo que a tecnologia pode ajudar bastante (mas falaremos mais disso em breve!).
  • Formação de carga: para quem trabalha com mercadorias pequenas ou em grandes cidades, nem sempre é simples formar uma carga para que a rota percorrida seja otimizada (ou o número de viagens); saber como lidar com isso é um segredo para que um motorista ou empresa sejam eficientes e, no final do dia, lucrativos. 

Quais são os benefícios de se contratar uma empresa de entregas? 

Como você viu no item anterior, há muitos desafios para quem trabalha com entregas; não à toa, muitas empresas estão interessadas em terceirizar este tipo de atividade. 

Felizmente, com a tecnologia, terceirizar não significa que a empresa está simplesmente delegando uma tarefa.

Com ajuda de diferentes softwares, é possível ter controle das operações e fazer ajustes significativos dentro do serviço realizado pelas empresas de entregas parceiras. 

Assim, será possível aproveitar dos benefícios de se contratar uma empresa de entregas, como: 

  • redução de custos e gastos trabalhistas;
  • previsibilidade de custos;
  • maior capacidade de se adaptar a imprevistos; 
  • maior qualidade e disponibilidade de serviços;
  • segurança fiscal;

E quais são os benefícios de se trabalhar para uma empresa de entregas?

Nos últimos tempos, como vimos, os serviços de entregas tem sido cada vez mais demandados, o que faz muitos profissionais prestarem atenção no setor. 

Muitos se lançam à atividade de maneira autônoma, mas para aqueles que tiverem a opção, trabalhar para uma empresa de entregas pode ter inúmeros benefícios. 

Entre eles, podemos citar a maior previsibilidade de ter serviços, além do motorista poder focar em sua atividade principal: as entregas de fato. 

Motoristas que trabalham por conta própria costumam ter que lidar com outros aspectos do negócio, como ter que atrair clientes, gerir contas e atender clientes

Estar junto de uma empresa com estrutura permite ao motorista que possa fazer seu trabalho com calma e foco. 

Além disso, muitos profissionais também preferem estar próximos a um parceiro que lhes dê apoio em horas difíceis. 

Empresas de entrega também costumam ter a capacidade de investir para melhorar o trabalho dos motoristas, usando a vantagem da escala para adquirir equipamentos e tecnologia. 

Dicas e boas práticas para motoristas que trabalham com empresas de entregas! 

Existem uma série de boas práticas para os motoristas que trabalham com empresas de entregas. 

A seguir, vamos listar algumas das principais (e também algumas dicas que a Cobli tem na manga para ajudar o dia a dia dos profissionais!)

  • Comunicação: estabelecer um bom canal de conversa com gestores, fornecedores e clientes é muito importante para o motorista avisar no caso de qualquer imprevisto. 
  • Boa educação: muitas vezes, uma entrega pode deixar todos estressados; o motorista tem a necessidade de ter uma boa educação para saber lidar com eventuais problemas e maus humores em meio a uma atividade tão complexa.
  • Organização: conseguir planejar as rotas, os gastos e os possíveis imprevistos no dia a dia pode ajudar bastante um motorista a ser bem sucedido.
  • Tecnologia: adotar ferramentas tecnológicas, como rastreadores e sistemas de telemetria veicular, pode ajudar o motorista a saber se está tudo OK com suas rotas e com seu veículo, evitando quebras e gastos além do necessário com manutenção.

Além dessas dicas super importantes, vale citar que ter ferramentas no dia a dia pode ajudar muito – como é o caso do kit de materiais de serviço de campo que a Cobli possui

Agora que você já sabe como trabalhar com entregas de mercadorias, o que você está esperando? 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *