Tempo de leitura: 9 minutos

Hoje em dia, não basta apenas fazer um bom produto – é também preciso cuidar da logística para agradar aos consumidores. 

Para muita gente, o tempo de entrega e o valor do produto são tão importantes quanto a qualidade de uma mercadoria. 

Assim, sempre que você for pensar na atividade da sua empresa, em uma possível expansão ou na forma de se tornar mais competitivo, é preciso pensar em logística e nas empresas que estão nesse setor. 

Duvida? Hoje, segundo dados da Confederação Nacional dos Transportes, os custos logísticos equivalem a 12,7% do PIB brasileiro. 

Para se ter ideia, nos EUA, esse valor é de 7% do PIB. Já parou para pensar se fosse possível reduzir os números brasileiros

Pois é: com ajuda de gestão e tecnologia, as empresas de logística hoje podem buscar maneiras de ajudar sua empresa a se tornar mais competitiva no mercado. 

Mas antes disso, é talvez preciso entender o que é logística, não é mesmo? 

Nesse texto, você vai compreender o significado de logística, entender como essas companhias atuam e conhecer algumas das principais marcas do país

Também vai aprender como a tecnologia é uma aliada de primeira hora desse setor tão importante para o Brasil, especialmente em tempos de crescimento do comércio eletrônico e de consumo à distância por conta da pandemia do coronavírus. Vamos lá?

Como a Cobli auxilia o setor logístico? 

Dona de uma plataforma tecnológica que combina dispositivos de monitoramento veicular com softwares de gestão de frotas, a Cobli é uma grande aliada das empresas de logística. 

Sua solução, que pode ser contratada para diferentes tipos de veículos – de motocicletas a caminhões, passando por carros e até ambulâncias –, inclui vários dos sistemas acima, como telemetria veicular e roteirização

Conheça uma solução de roteirização para fazer a gestão da sua frota

O que é logística?

Logística é um conjunto de métodos e sistemas criados para conseguir fazer um item, produto ou serviço ser entregue no local certo e num tempo adequado. 

Em grego, logística está ligada a conceitos de habilidades de cálculo e raciocínio lógico, mas hoje seu significado foi ampliado. 

Para dar conta da complexidade de sistemas logísticos, é preciso estar alinhado com áreas como engenharia, economia, estatística, tecnologia e até mesmo recursos humanos

De forma simples, a logística se divide em duas grandes áreas: a gestão de estoque e a gestão do transporte de uma mercadoria. 

Além dessas duas atividades principais, há também outras áreas importantes, como a previsão da demanda, a armazenagem e o desenho das redes de distribuição. 

Outra área bem importante é a logística reversa, um ciclo importante para quando é necessária a devolução de uma mercadoria ou de parte dela, após o uso, seja para reciclagem ou o devido descarte ecológico. 

Mais importante que entender as partes da logística, é preciso entendê-la como um grande sistema em que todas as partes devem estar bem azeitadas. 

Pense na seguinte situação: não adianta nada uma empresa ter o sistema de transporte de entregas mais eficiente do mundo se o armazém está desorganizado e é difícil encontrar as mercadorias certas. 

Fazer todo esse processo dentro de casa é um trabalho bastante difícil. 

É por isso que nos últimos anos cada vez mais empresas de logística tem surgido para facilitar a vida das organizações. 

Por que o setor logístico tem crescido no Brasil? 

Historicamente, o Brasil é um dos países com maior desafio logístico, por suas dimensões continentais e pela infraestrutura disponível para os transportes. 

Ao contrário de outros países, que distribuem bem suas atividades logísticas em diferentes modais, no Brasil predomina o transporte rodoviário, cujo custo de deslocamento em grandes distâncias é superior a de outros modais, na média. 

No entanto, o setor logístico tem conseguido crescer no Brasil nos últimos anos graças a dois movimentos. 

Do lado da oferta, o aumento da adoção de tecnologia para sistemas de gestão ajuda as empresas do setor a reduzir seus gastos, tornando a atividade mais acessível. 

Pelo lado da demanda, a alta em atividades como comércio eletrônico, especialmente nos meses após o início da pandemia, tem impulsionado também o setor. 

Um exemplo? Entre os meses de março e maio de 2020, o comércio eletrônico enfrentou uma alta na penetração do varejo brasileiro semelhante à registrada ao longo da década anterior. 

É um número que mostra o quanto os sistemas logísticos precisam estar afinados – afinal, as pessoas estão deixando de sair de suas casas para fazer compras e esperando-as em suas residências. 

Conheça um novo jeito de rastrear e monitorar os veículos da sua frota!

Principais áreas que atuam as empresas de logística? 

De maneira geral, as principais empresas de logística do Brasil se dividem em duas grandes áreas. 

Como vimos anteriormente, essas áreas são as de gestão de estoques e de transporte

Em muitos casos, as empresas cuidam das duas áreas; em outras, são apenas transportadoras ou apenas cuidam de centros de distribuição. 

Antes de escolher seu parceiro ideal, é bom prestar atenção para que tarefas ele desempenha – e também quais que você deseja que ele faça por você. 

Quais são as principais empresas de logística do Brasil? 

A lista de empresas de logística que atuam no Brasil é bastante extensa e inclui de gigantes até transportadoras tradicionais, bem como startups e até companhias estatais. 

Aqui abaixo, apresentamos as cinco principais opções hoje utilizadas pelo setor de e-commerce, das pequenas lojas até os grandes varejistas online. 

Essas empresas de logística atuam nas principais cidades do Brasil, em uma lista que contempla capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. 

A lista também inclui cidades como Santos, Campinas, Barueri, São José dos Campos e Guarulhos e vale para companhias que atuam também com logística reversa

  • Jadlog: empresa mais usada por lojistas virtuais, tem uma rede de 500 franquias no Brasil. Está presente em todas as capitais e também trabalha com coleta domiciliar, um bom ponto para pequenos negócios. Sua sede fica em Barueri. 
  • DHL: uma divisão do correio alemão, a DHL é uma empresa de logística internacional, realizando mais de 1,5 bilhão de entregas por ano. Aqui no Brasil, tem atuação em todo o território nacional e também pode ajudar quem precisa fazer entregas para o exterior
  • Total Express: especializada em e-commerce, atende pequenos, médios e grandes varejistas de diferentes segmentos. Tem 131 distribuidores e atende 2,8 mil municípios brasileiros. 
  • Loggi: avaliada em mais de US$ 1 bilhão, a Loggi é uma startup que usa tecnologia para melhorar a gestão das entregas. Ela se tornou conhecida por conectar pessoas a motoboys, mas também atua na gestão de logística para e-commerces, incluindo grandes marcas. 
  • Correios: de propriedade do governo federal, é responsável pelo envio e entrega de correspondências, mas por atuar em todo o território nacional, também é uma opção confiável para entregas no e-commerce. Tem serviços de entrega rastreáveis. 

Descubra como fazer uma gestão eficiente com redução de custos!

Quais são os sistemas e tecnologias que ajudam as empresas de logística? 

Hoje, há inúmeras ferramentas que podem ajudar as empresas de logística a reduzir seus custos, melhorar sua eficiência e também seu tempo de entrega. 

No que diz respeito ao armazenamento, diversas empresas já utilizam softwares para melhorar a gestão de seus estoques – a essa categoria de programas é dado o nome de Warehouse Management Software (WMS). 

Sistemas centralizados de recebimento de pedidos e emissão de notas fiscais também facilitam a vida das empresas de logística, muitas vezes unindo pacotes que vão para regiões próximas. 

No que diz respeito à parte de transporte, a lista é ainda maior. 

Unidos à gestão do estoque, os sistemas de roteirização podem ajudar gestores de frotas a utilizar seus veículos de uma maneira ainda mais inteligente.

Por outro lado, um sistema de monitoramento veicular, como a Cobli, ajuda a entender se o transporte está sendo feito pelas rotas corretas, identificam imprevistos e também avisam aos destinatários a situação atual da carga. 

Por fim, mas não menos importante, os softwares e dispositivos de telemetria veicular permitem aos gestores de frota entender melhor o status dos veículos e determinar os melhores momentos de manutenção, evitando acidentes e gastos desnecessários. 

Esta publicação te ajudou? Confira outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota.

Monitoramento de frota - Empresas de logística: o que são, como atuam e quais sistemas utilizam
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário