inteligencia-artificial-na-logistica

Inteligência artificial na logística: quais as aplicações?

A logística é um setor crucial para o sucesso das empresas. É o responsável por toda a movimentação, armazenamento, transporte e entrega, tudo para garantir a satisfação do cliente! Mas, sabia que a inteligência artificial na logística pode otimizar muitos processos?

Com a evolução da tecnologia, novas soluções têm sido desenvolvidas para aprimorar as operações logísticas, e a inteligência artificial (IA) é uma das principais tendências do setor.

Recentemente, inclusive, o WebSummit, maior evento de inovação e tecnologia do mundo, esteve no Brasil e o tema de IA foi muito latente no evento. Parker Treacy, CEO e cofundador da Cobli,  falou sobre como a tecnologia está transformando a logística e o assunto manteve-se em alta.

Vale reforçar que, por conta do avanço das tecnologias, que até foram tangibilizadas para a maioria da população, por exemplo, por meio do Chat GPT, possibilitou mais democratização de acesso aos recursos e possibilidades às empresas. 

Hoje, empreendimentos de diversos tipos e tamanhos podem usar a inteligência artificial na logística para se tornarem mais eficientes, faturarem mais, gastarem menos e garantir a satisfação do cliente.

Essas são apenas algumas das vantagens que podemos citar sobre os benefícios da inteligência artificial na gestão de frotas.

Neste artigo, vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre a inteligência artificial na logística, desde o conceito até as vantagens e aplicações.

O que é inteligência artificial na logística?

Entender o conceito é fundamental para a melhor aplicabilidade! Inteligência artificial na logística é a aplicação de técnicas computacionais avançadas para tornar mais eficientes os processos logísticos.

E quando falamos dos processos, podemos ir desde o planejamento de rotas até a gestão de estoques e entregas. A IA pode, inclusive, reduzir o consumo de combustível.

Por meio da inteligência artificial, o setor logístico consegue captar dados para serem analisados em tempo real – a telemetria é um exemplo disso. Isso ajuda no momento de tomar decisões estratégicas com maior precisão e agilidade. 

Quando falamos da inteligência artificial na logística, ela se utiliza de algoritmos de machine learning, análise de dados e outras técnicas para identificar padrões, prever problemas e otimizar os processos logísticos.

Como funciona a inteligência artificial na logística?

Após entender, de fato, o que é inteligência artificial na logística, que tal entender como a IA funciona na prática para o setor? 

A IA pode ser aplicada em diversas áreas da logística, como planejamento de rotas, gerenciamento de estoques, previsão de demanda, análise de dados e monitoramento de cargas. 

A aplicação da inteligência artificial na logística pode ser realizada por meio de diversas tecnologias, como sensores IoT (Internet of Things), de big data e softwares de gestão. 

Essas tecnologias vão coletar e processar dados de diversas fontes, como sistemas de rastreamento de veículos, dispositivos para rastrear produtos e sistemas de gestão de estoques.

inteligencia-artificial-logistica
O gerenciamento de estoque também pode ser beneficiado por meio da inteligência artificial na logística

No planejamento de rotas, por exemplo, a IA pode analisar a roteirização de cargas e as condições do trânsito para definir o caminho mais eficiente. Já no gerenciamento de estoques, a IA pode prever a demanda de cada produto e recomendar a quantidade ideal de estoque, o que evita excessos ou até mesmo faltas.

Vantagens da inteligência artificial na logística 

Ao falar em vantagens da IA para logística é importante entender que a aplicação vai gerar mudanças. No entanto, trará vantagens operacionais para as empresas e para os profissionais, como gestores de frota.

Abaixo, fizemos uma lista com as principais vantagens da inteligência artificial na logística.

Otimização de rotas e redução de custos

A primeira vantagem é simples, direta e sem erro! Por meio da inteligência artificial na logística, é possível analisar e otimizar as rotas de transporte de forma automatizada. 

Todas as análises, inclusive, levam em consideração fatores, como tráfego, condições climáticas, horários e preferências dos clientes. 

Essas otimizações provocadas pela IA podem resultar em diminuição de custos, seja com combustível seja com manutenção de veículos.

Identificação de problemas e gargalos

Além de ajudar nas rotas e na redução de custos, a IA pode fazer uma análise assertiva de dados de diferentes fontes para identificar problemas no processo logístico.

Entre os problemas mais comuns captados pela IA estão: atrasos em entregas, problemas na produção e falhas em equipamentos. 

A identificação costuma ser rápida e permite que as empresas atuem de forma proativa para resolução de problemas.

Previsão de demandas e estoques

A previsibilidade é um ponto forte da inteligência artificial. Ela é capaz de analisar dados de vendas e prever a demanda futura de produtos.

Isso permitirá que as empresas ajustem os estoques de forma precisa, sem desperdiçar ou sofrer com falta de produtos.

Aumento da eficiência operacional

Tarefas operacionais? Não com IA! Por meio dela, é possível automatizar diversas tarefas, como a gestão de estoques e a alocação de recursos.

Isso faz com que a sua empresa consiga liberar os colaboradores para se concentrarem em atividades estratégicas. 

Pensando em agilidade, a análise de dados em tempo real permite uma tomada de decisão mais efetiva e ágil.

Melhoria da experiência do cliente

A inteligência artificial na logística vai favorecer, e muito, a sua experiência com o cliente final

Com a otimização de rotas e previsão de demandas, a sua empresa pode entregar produtos com mais velocidade e precisão, Isso, decerto, vai melhorar a satisfação dos clientes. 

Além disso, a IA também pode ser utilizada para personalizar o atendimento e oferecer promoções e ofertas personalizadas.

Como unir Internet das Coisas e Inteligência Artificial na logística?

Primeiro, é importante compreender que a Internet das Coisas foi, e é, muito importante quando falamos sobre a evolução da logística. 

Com a conexão de dispositivos, é possível coletar dados e designar o uso para melhorar as operações. Quando há uma combinação de IoT e Inteligência Artificial na logística, podem ser gerados mais benefícios.

Um exemplo prático para quem trabalha com cargas perecíveis: ao instalar sensores de temperatura, eles podem monitorar cargas em tempo real, permitindo que a equipe logística tome medidas imediatas em caso de alterações drásticas. 

inteligencia-artificial-na-logistica
Com indicação de melhores rotas, a inteligência artificial pode apoiar na redução de consumo de combustível

Além desse apoio, a inteligência artificial pode analisar os dados coletados pelos sensores e identificar padrões para aprimorar as próximas operações.

Esse é só um dos exemplos, mas a combinação de IoT com inteligência artificial pode levar a resultados ainda mais impactantes na logística. 

Mas, é inegável que a inteligência artificial na logística é uma tendência cada vez mais forte, e quem conseguir unir tecnologias avançadas, deverá ter destaque no segmento.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *