instalação e manutenção de ar condicionado

Como prestar o serviço de manutenção de ar condicionado?

Quando chega o calor, a gente sempre lembra dele: do ar condicionado, que ajuda muitas empresas a trabalharem melhor só por reduzir a temperatura dentro de uma sala quando está quente lá fora. 

Muitas vezes, após ficar meses sem muito uso, o ar condicionado pode quebrar justamente quando é mais exigido. 

Vale aqui o ditado: prevenir é melhor do que remediar e, por isso, vale a pena prestar sempre atenção na manutenção do ar condicionado

Mas não é só uma questão de dinheiro ou de conforto térmico: ter um ar condicionado em bom estado também é uma questão de saúde e bem estar. 

Receba agora de graça nosso kit de ferramentas para melhorar o seu dia de trabalho de campo

Neste texto, você vai entender porque a manutenção do ar condicionado é algo tão importante e quais são os tipos de manutenção que podem ser feitas. 

Também vai saber como prestar um serviço de manutenção de ar condicionado e quais são os veículos necessários para quem deseja entrar nessa área. Vamos lá? 

Por que fazer a manutenção do ar condicionado é importante? 

Assim como em diversas áreas, fazer a manutenção de um aparelho de ar condicionado é, antes de tudo, uma questão econômica. 

Afinal, é muito melhor poder fazer um pequeno ajuste, limpeza ou substituição de peças quando o sistema está em bom estado do que fazer isso às pressas. 

Além da eventual correria para que tudo volte ao normal, uma manutenção que é feita apenas quando algo quebra costuma ser muito mais cara. 

No caso de aparelhos de ar condicionado, isso também pode mudar muito a produtividade de uma empresa – e é só pensar como as pessoas trabalham menos se sentem muito calor, por exemplo. 

No entanto, no caso desse tipo de aparelhos, também há um aspecto que se fala menos, mas é muito relevante: a saúde e o bem-estar. 

Por que isso muda a saúde e o bem-estar das pessoas? 

Um aparelho de ar condicionado tem uma função bastante específica: ajudar a esfriar, esquentar ou renovar o oxigênio que existe em um determinado espaço, normalmente fechado. 

Ou seja: se você está numa sala que tem ar condicionado, provavelmente está ali respirando um ar que passou pelo aparelho. 

Se este aparelho estiver sujo ou com filtros sujos, por exemplo, é bastante provável que você esteja respirando um ar mais poluído do que gostaria. 

O mesmo vale para vírus, ácaros ou outros tipos de problemas que são transmitidos pelo ar. 

Uma coisa muito comum é a chamada Síndrome do Edifício Doente, no qual um prédio inteiro que compartilha um sistema de ar condicionado está sempre com seus visitantes doentes. 

Isso acontece porque o sistema provavelmente não teve nenhuma manutenção recente, permitindo que os problemas de uma sala ou apartamento passem para o resto das pessoas. 

Se as pessoas que dividem o mesmo ambiente estão constantemente gripadas ou com alergias, talvez seja uma boa hora de fazer a manutenção do ar condicionado. 

E se essa já era uma grande preocupação, ela se tornou ainda maior com a pandemia do coronavírus, transmitido justamente pelo ar. 

Não é à toa que muitas empresas tem procurado renovar ou consertar seus aparelhos de ar condicionado, buscando evitar que seus ambientes estejam facilmente contaminados. 

manutenção de ar condicionado

Quais são os tipos de manutenção de ar condicionado? 

De forma muito prática, existem três tipos de manutenção de ar condicionado. 

A seguir, vamos falar de cada um deles: 

  • Manutenção Preditiva: considerada ideal para evitar problemas e aumentar a durabilidade do equipamento; sua meta é precaver eventuais problemas e repará-los antes que se tornem gastos grandes. 
  • Manutenção Preventiva: é programada; sempre há uma data prevista para a realização de procedimentos específicos, como inspeção, limpeza e revisões. 
  • Manutenção Corretiva: feita quando o aparelho já está parcial ou totalmente quebrado, costuma ser mais cara e mais demorada; envolve normalmente a substituição de peças e busca corrigir, restaurar e recuperar a capacidade do ar condicionado. 

Além disso, é importante também pensar que a maior parte das atividades de manutenção de um aparelho de ar condicionado estará em um dos seguintes campos: ou será uma atividade de limpeza, ou de correção do sistema de climatização. 

Isso inclui, por exemplo, a lubrificação de sistemas, a checagem de origem de ruídos e vibrações, a troca e limpeza dos filtros, bem como a avaliação da eficiência dos sistemas de energia. 

É importante ainda falar sobre o PMOC, o Plano de Manutenção, Operação e Controle. 

Desde 1998, é lei que todos os edifícios que possuem ar condicionado têm que se adequar a essas regras do Ministério da Saúde, contratando um técnico responsável para seguir todo o passo a passo do procedimento de verificação da conservação, limpeza e manutenção. 

Só assim, é possível estar em conformidade, emitindo o relatório do PMOC. 

Baixe agora 01 checklist gratuita para os carros da sua frota

Como prestar um bom serviço de manutenção de ar condicionado? 

Para prestar um bom serviço de manutenção de ar condicionado, é importante que os interessados sigam alguns passos! 

O primeiro deles é obviamente estudar mais sobre o setor: é preciso conhecer os tipos diferentes de aparelhos e como consertá-los. 

Felizmente, existem bons cursos disponíveis na internet ou em diferentes cidades, de forma que não será difícil se capacitar inicialmente. 

É bom lembrar, no entanto, que um bom profissional se forma com a experiência. 

Depois disso, é importante fazer um bom estudo da concorrência na região que você deseja atuar e se preparar para descobrir seus diferenciais. 

É importante também entender se o negócio é viável; no caso desse tipo de serviço, é possível fazê-lo sendo autônomo, participando de uma loja ou assistência técnica autorizada. 

É necessário ainda planejar a estrutura: onde você vai trabalhar, afinal? 

Lembre-se nessa hora que é importante ter um espaço para guardar os equipamentos e fazer o conserto dos aparelhos (que, muitas vezes, não são pequenos). 

Além disso, você precisará de uma série de equipamentos para poder realizar seus serviços — nós já vamos falar disso!

Quais são os veículos ideais para quem faz manutenção de ar condicionado? 

Poder se locomover até o local em que estão os aparelhos de ar condicionado é essencial para qualquer profissional que deseje fazer manutenção desse tipo de aparelho. 

No entanto, muitas vezes não basta apenas chegar até os locais, mas sim ter um veículo capaz de transportar os aparelhos. 

Afinal, é bastante comum que os aparelhos tenham de ser removidos para conserto, dependendo da gravidade do problema. 

Nesse sentido, é ideal que o veículo escolhido pelas empresas de manutenção seja no mínimo um carro grande, como uma Doblö, ou um utilitário urbano, como uma Fiorino. 

Uma escolha possível, dependendo da quantidade de serviços, é apostar também num VUC (Veículo de Carga Urbana), para que vários aparelhos possam ser levados de uma vez só. 

Descubra o carro ideal para seu trabalho. Use o comparador de veículos para frotas da Cobli!

Além da possibilidade de carregar os aparelhos de ar condicionado, é bom lembrar também que o veículo precisará guardar uma gama vasta de equipamentos.

Bons profissionais sempre estão munidos das melhores ferramentas e prontos para encarar qualquer situação difícil. 

Além de um veículo, quais são os materiais de apoio necessários? 

A quantidade de equipamentos que um bom profissional de manutenção carrega sempre pode aumentar: afinal, a especialização faz com que cada um tenha mais e mais ferramentas. 

Para quem quer começar a trabalhar na área, no entanto, é preciso pensar no orçamento e priorizar. 

Uma lista não extensa de ferramentas necessárias, porém, tem de incluir: 

  • Alicate amperímetro;
  • Alicate de corte;
  • Alicate de prensa terminais; 
  • Alicate universal; 
  • Aparelho de solda PPU; 
  • Bomba de vácuo 5 CFM; 
  • Carrinho de transporte; 
  • Chave canhão; 
  • Chave catraca; 
  • Chave de fenda grande; 
  • Chave de fenda média; 
  • Chave de fenda toco; 
  • Chave de parafuso de ajuste; 
  • Chave L; 
  • Chave Philips; 
  • Chave regulável grande; 
  • Chave regulável média; 
  • Chave regulável pequena; 
  • Chave T Allen; 
  • Cortador de tubo; 
  • Curvador para tubo de cobre; 
  • Extensão monofásica; 
  • Ferro de solda fria; 
  • Furadeira de impacto; 
  • Garrafa graduada ou Balança Eletrônica; 
  • Jogo de chave Allen; 
  • Jogo de flangeador; 
  • Jogo de manifold completo; 
  • Jogo de prensa; 
  • Máquina de lava jato; 
  • Máquina fotográfica; 
  • Martelo regulador de pressão; 
  • Termômetro a laser; 
  • Termômetro penta; 
  • Trena; 
  • Tubo de nitrogênio; 
  • Vacuômetro digital

Com esses equipamentos, é bastante difícil que alguém que esteja pronto para executar um serviço de manutenção de ar condicionado seja surpreendido pelas situações. 

Melhore a qualidade do seu atendimento! Baixe 02 modelos de relatório de visita técnica

O que um bom funcionário de manutenção de ar condicionado deve saber? 

Como já dissemos, antes de tudo, um bom profissional de manutenção de ar condicionado tem que saber muito bem como fazer a manutenção. 

Assim, estudar os diferentes tipos de aparelho e técnicas para limpeza e conserto é algo muito importante.

É preciso também saber que a empresa deve estar regular junto às autoridades, mas essa não é uma burocracia complexa – é possível prestar esse tipo de serviço sendo Microempreendedor Individual (MEI), por exemplo. 

Além disso, um bom profissional também deve conseguir atender bem aos seus clientes. 

Ser educado, pontual, cortês e saber negociar são alguns atributos que podem ajudar muito a se diferenciar da concorrência nessa área. 

Agora que você já sabe porque a manutenção de ar condicionado importa e como prestar esse serviço, mãos à obra!

Esta publicação te ajudou? Confira outros conteúdos sobre questões de logística e gestão de frota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *