A aliança entre logística e sustentabilidade resulta em ganhos de imagem para empresa e preservação do meio ambiente

Logística sustentável: o que é, como implementar e vantagens

Da política à economia, fala-se muito em sustentabilidade: das contas e políticas públicas, ambiental etc. Mas você sabia que também existe uma relação produtiva entre logística e sustentabilidade?

Nos dias de hoje, não basta produzir rapidamente e botar produtos baratos no mercado, ou seja, caprichar na logística.

Além disso, tornou-se necessário investir em sustentabilidade, isto é, implementar estratégias para reduzir o impacto ambiental das atividades econômicas, seja reduzindo o consumo de combustíveis, combatendo desperdícios ou garantindo um destino adequado aos resíduos. 

A aliança entre logística e sustentabilidade resulta não apenas em aumento de produtividade, mas também em ganhos de imagem para a empresa, que passará a ser percebida (e valorizada) como um negócio moderno e preocupado com o futuro do planeta e da humanidade.

Você até gostaria de investir mais em logística sustentável mas não sabe como? Sorte sua ter aberto este texto!

Além de explicar o que é logística sustentável, vamos dar dicas de como aliar essas duas áreas na sua empresa e o que você tem a ganhar com isso.

Siga a leitura e confira!

O que é logística sustentável?

Quando o assunto é logística, todo mundo já pensa logo em estratégias para aumentar a eficiência dos processos produtivos e do escoamento das mercadorias, certo?

No entanto, há outras questões às quais os profissionais logísticos devem se atentar. Por exemplo: que destino dar ao lixo produzido durante a fabricação das mercadorias?

E mais: é possível garantir entregas rápidas e ao mesmo tempo reduzir a poluição produzida pelos transportes terrestres?

A logística sustentável — ou logística verde — surgiu justamente para responder a esse tipo de pergunta.

Logística sustentável nada mais é do que aplicação dos valores da sustentabilidade à prática logística. Mas o que é sustentabilidade mesmo?

Vamos lá! Sustentabilidade é um modelo de desenvolvimento que busca conciliar o atendimento de necessidades econômicas, sociais e ambientais e, ao mesmo tempo, promover o bem-estar econômico e a preservação dos recursos naturais.

A logística sustentável, portanto, elabora estratégias reduzir os impactos ambientais causados pela produção, transporte e armazenamento de mercadorias e também pelo descarte de resíduos (lixo).

Essas estratégias envolvem, por exemplo, o consumo consciente de matérias-primas e insumos, o incentivo à economia de água e energia elétrica, a diminuição do uso de combustíveis fósseis e altamente poluentes (como gasolina e diesel) e o descarte adequado do lixo.

Mais de que um conjunto e práticas logísticas ecológicas, a sustentabilidade propõe uma verdadeira revolução na cultura corporativa, de modo a colocar a preservação do meio ambiente e a responsabilidade social no centro de todos dos processos (produtivos, administrativos etc.).

A dobradinha logística e sustentabilidade engloba também a relação de uma empresa com outras (de fornecedores a parceiros e concorrentes) e também com os clientes, que devem ser incentivados a abraçar práticas de consumo sustentáveis.

Logística e sustentabilidade: que estratégias implementar no seu negócio?

Agora que você já sabe um pouquinho sobre logística sustentável, que tal conferir algumas estratégias que podem ser implementadas no seu negócio?

Logística reversa

Como dissemos acima, um dos objetivos da logística sustentável é assegurar correto descarte dos resíduos. E quem faz isso é a logística reversa.

Os resíduos coletados pela logística reversa não são apenas restos de insumo ou matéria-prima ou lixo acumulado durante o processo produtivo.

São também produtos defeituosos ou cuja validade já expirou e que precisam ser recolhidos e materiais que podem ser reciclados e reutilizados, como latinhas de refrigerante e garrafas de cerveja.

E tem mais: a logística reserva também se responsabiliza pelo descarte de materiais que podem contaminar o solo e as águas se descartados incorretamente, como pilhas, baterias de celular, óleos lubrificantes, lâmpadas e produtos eletroeletrônicos.

A importância da logística reversa foi reforçada após a criação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), que determina que fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes dividam a responsabilidade pelo ciclo de vida do produto — e isso inclui o correto descarte das mercadorias.

Além de evitar impactos negativos ao meio ambiente, a logística reversa também reforça a conscientização dos consumidores quanto à importância da reciclagem e do correto descarte do lixo.

Sem falar que reciclar e reutilizar materiais ainda ajuda a empresa a economizar!

Critérios ambientais nas políticas de abastecimento

Uma empresa empenha em práticas sustentáveis não pode se limitar a pensar em estratégias para diminuir o impacto ambiental de suas atividades.

Deve também garantir que seus parceiros também estejam engajados na preservação ambiental, o que inclui dar preferência a fornecedores que também apostem na aliança entre logística e sustentabilidade.

Portanto, se você quer investir em logística sustentável, priorize matérias-primas e insumos produzidos de acordo com rígidas diretrizes de proteção ao meio ambiente.

Entre os critérios ambientais que podem ser incluídos em políticas de abastecimento, estão a opção por fornecedores que usem embalagens ecológicas ou até por parceiros geograficamente próximos, o que garante menores gastos com combustíveis e, consequentemente, menos poluição.

Rotas inteligentes

Um dos principais desafios da logística sustentável é diminuir os impactos ambientais causados pelos transportes, isto é, pelo consumo de combustíveis fósseis e emissão de gases que aceleram as mudanças climáticas.

Felizmente, é possível reduzir a queima de combustíveis fósseis e a emissão de gases poluentes adotando rotas inteligentes.

Para reduzir a poluição causada pelos transportes, é possível, por exemplo, optar por rotas mais curtas, combustíveis renováveis e veículos elétricos.

Outra estratégia é o combate à ociosidade da frota. Por exemplo: em vez de mandar três caminhões diferentes para fazer entregas, que tal organizar a rota de modo que um único veículo possa cumpri-la?

A logística sustentável envolve repensar os processos de produção, armazenamento e transporte de mercadorias de modo a reduzir os impactos ambientais.

Ah, para reduzir a emissão de gases poluentes é importante estar com a manutenção dos veículos sempre em dia, viu?

Viu só como aliar sustentabilidade e logística dos transportes? O melhor de tudo é que, nesse caso específico, a Cobli pode ajudar!

O sistema de roteirização da Cobli é mestre em elaborar rotas inteligentes, que possibilitam otimizar a frota.

Nossa ferramenta elabora rotas com até 300 endereços! Na hora de montar o seu trajeto, o roteirizador leva em conta as restrições circulação de determinados veículos em determinas vias e também os horários em que seu cliente prefere receber a carga. 

Com a Cobli, você pode até optar por reduzir ou as distâncias percorridas. Além isso, a ferramenta também pode sugerir o número de veículos necessários para cumprir todos os endereços!  

O resultado é o combate à ociosidade da frota e reduzir os gastos com combustíveis. Alguns clientes da Cobli cortaram pela metade os gastos com combustível! O meio ambiente e o departamento financeiro agradecem!

Parques logísticos

A junção de logística e sustentabilidade também passa pela reforma dos espaços de armazenamento.

Cada vez mais empresas têm investido em parques logísticos. Não sabe é o isso? A gente explica!

Parques logísticos são grandes galpões onde os produtos são armazenados e preparados para a expedição.

E como é que esses parques contribuem para a logística sustentável? 

É simples: construídos com matérias-primas renováveis, os parques logísticos são projetados para reduzir o consumo de água e energia elétrica, aproveitando ao máximo a incidência de luz solar.

Além disso, os parques logísticos permitem a automatização de uma infinidade de processos, o que também resulta na economia de energia e recursos.

Logística e sustentabilidade: o que o seu negócio tem a ganhar?

Se te perguntarem o que é logística sustentável, você já tem a resposta na ponta da língua, certo? Sabe até dar umas dicas de práticas sustentáveis, não é mesmo?

E se te questionarem sobre os benefícios trazidos pela aliança entre logística e sustentabilidade? Ora, essa resposta também é fácil! Confira nos próximos tópicos:

Ganhos econômicos

Como indicamos ao longo deste texto, práticas logísticas sustentáveis com frequência resultam em economia de recursos, seja devido à diminuição de gastos com combustível e energia, seja graças a reutilização e a reciclagem de materiais.

Tal economia permite incrementar os investimentos (inclusive em sustentabilidade!) e expandir os negócios!

Ganhos competitivos

Investir em logística e sustentabilidade também pode tornar o seu negócio mais competitivo.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, em 2018, os consumidores conscientes, ou seja, aqueles que levavam em conta as práticas sustentáveis das empresas antes de comprar, somavam 28,1% do total. 

Os consumidores em transição, ou seja, aqueles que se preocupavam cada vez mais com o impacto ambiental e social de suas compras, eram 56,1%!

Isso quer dizer que mais de 80% dos consumidores já consideram o compromisso ecológico das empresas na hora de comprar ou fechar um negócio.

Portanto, investir em sustentabilidade pode aumentar a sua clientela e melhorar a imagem da sua marca e reposicioná-la no mercado. Logística sustentável é marketing positivo!

Ganhos ambientais

Por fim, o maior ganho que uma empresa pode ter ao adotar práticas sustentáveis é a certeza de que está trabalhando não só pelo lucro, mas por um bem infinitamente maior.

Quando uma empresa aposta em logística sustentável, toda a sociedade se beneficia!

Afinal, investimentos em logística e sustentabilidade contribuem para a educação ambiental do público, a preservação ecológica e o futuro da espécie humana. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *