Homem com prancheta na mão, colocando mercadorias no carro.

04 dicas para preparar sua logística no carnaval

A logística no carnaval é a garantia do funcionamento eficiente das operações durante as festividades, afinal, o carnaval se aproxima e com ele o desafio de atender a grande demanda de pedidos e a movimentação do mercado.

Para se ter uma ideia, 59,6% dos empresários do comércio do Rio consideram o carnaval uma data importante para os seus negócios, segundo pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ). Desses, 23,6% esperam um aumento no faturamento acima de 25% nos negócios.

Com a chegada do feriado, diversos setores da economia tendem a ter um pico de vendas neste período do ano exigindo maior agilidade em toda operação. São eles: alimentos, bebidas, vestimentas, combustível, maquiagem, entre outros produtos característicos da época.

Para os serviços, como aeroportos, rodoviárias, hotéis, restaurantes e muitos outros, é necessário se preparar com antecedência para evitar superlotação ou problemas maiores. 

Já para as cidades, também é necessário preparar a estrutura temporária dos locais onde irão acontecer as festas. Além da própria logística das ruas.  

Viu só como a logística no carnaval é importante em diversos setores e situações? Então, vamos entender melhor como se preparar para a data. 

Quais são os problemas de logística enfrentados no carnaval?

O feriado, um dos mais longos do ano, pode representar uma excelente oportunidade de alavancar as vendas e maximizar o lucro. 

Mas, para isso, é preciso planejar. 

Caso contrário as consequências podem ser aumento dos custos e insatisfação dos clientes, principalmente pelos seguintes cenários:

Atrasos nas entregas ou visitas ao cliente

Eventos típicos como Natal, Ano Novo e Corpus Christi provocam trânsito. Com o carnaval não seria diferente. Afinal, os famosos “bloquinhos” atraem multidões para as ruas. 

Esse é um dos principais fatores que podem causar atrasos na(o) entrega/serviço em casos de falta de planejamento.

Entrega ou serviço não realizado

A alta de veículos disponíveis para entrega/serviço pode se um dos principais motivos pelas entregas/serviços não realizados. 

Por isso, é necessário que você, gestor de frota, tenha total controle dos seus veículos, realize as manutenções preventivas necessárias e se certifique de que todos estarão rodando corretamente. 

Falta de produtos em estoque

Outro fator que agrava os problemas logísticos nessa época do ano é a falta de produtos em estoque. E para evitar isso, realizar um controle efetivo de estoque é indispensável. Confira algumas dicas:

  • Defina o que será controlado: estabeleça quais itens serão incluídos no controle de estoque, como quantidade, preço, data de validade, etc;
  • Estabeleça critérios de reposição: defina quando os itens devem ser repostos e quais são os fornecedores preferenciais;
  • Realize a contagem física: faça uma contagem física regular dos itens de estoque para comparar com as informações registradas no sistema;
  • Utilize um sistema de controle: utilize um sistema de controle de estoque, como um software de gestão de estoque, para registrar e controlar as informações de estoque;
  • Monitorar e avaliar: fique de olho no desempenho do controle de estoque regularmente e tome medidas para corrigir qualquer desvio ou problema identificado;
  • Analisar os dados: analise os dados de estoque para identificar tendências e tome decisões informadas sobre quais itens pedir, quando pedir e quanto pedir;
  • Treinar seus colaboradores: treine seus colaboradores para que eles possam contribuir para a gestão eficiente do estoque;
  • Preparar relatórios: prepare relatórios para acompanhar as compras, entradas, saídas e saldos de estoque.

Como preparar sua logística para antes do carnaval

O planejamento logístico deve começar antes mesmo das datas de festividades e para isso, é preciso considerar os anos anteriores, estocar o que for necessário para os dias de festa e contar com uma roteirização eficiente e inteligente.

O primeiro passo é, sem dúvidas, organizar o estoque. Para isso, é preciso revisar e atualizar os estoques de produtos e materiais necessários para atender à demanda durante o carnaval. Isso inclui não apenas os produtos finais, mas também matéria-prima, embalagens e qualquer outro item necessário para a produção, se for o caso.

Além disso, é importante antecipar possíveis aumentos na demanda durante o período do carnaval e ajustar a capacidade de produção, se necessário. Isso pode envolver a contratação temporária de funcionários extras, a ampliação dos horários de trabalho ou até mesmo a terceirização de parte da produção para atender à demanda sazonal.

Outro aspecto importante é o planejamento da distribuição e entrega de produtos. É essencial garantir que os canais de distribuição estejam preparados para lidar com um aumento na demanda, seja aumentando a frota de veículos de entrega, ajustando as rotas de distribuição ou reforçando a equipe de logística.

Logística no carnaval: como se preparar para as demandas?

Um bom planejamento logístico é essencial para conseguir resultados, aumentar a receita e fornecer o produto ou serviço aos distribuidores, fornecedores, pontos de vendas e clientes finais em tempo hábil.

E em uma data que mobiliza todo o país, não seria diferente! Por isso, reunimos algumas dicas de como se preparar para a logística no carnaval. Confira: 

Tenha previsibilidade de vendas

Se a previsão de vendas não for realizada de forma correta, existe um grande risco de falta de mercadoria no ponto de venda e, consequentemente, perda de venda.

Por se tratar de uma venda sazonal, a oportunidade não pode ser desperdiçada. Antecipe a remessa de carnaval com seus fornecedores para ter um “estoque de segurança”, caso isso seja possível, claro.

Mas cuidado! Produtos parados em estoque geram gastos desnecessários. Avaliar o histórico passado e as projeções econômicas, podem facilitar no processo de previsão.

Busque assertividade nas entregas

Um bom desempenho logístico impacta na percepção que o cliente terá sobre a sua empresa e produto/serviço. Para isso o processo de distribuição deve ser acompanhado de perto em todas as etapas:

  • Rotas: planejar quando e onde o produto/serviço deverá ser entregue. Determinar qual caminho o condutor deverá seguir para consumir menos combustível, ter uma viagem segura e entregar no horário certo;
  • Carga: verificar a melhor maneira de acondicionar a carga;
  • Controle de entrega/visita: verificar se entregas foram realizadas corretamente, no horário solicitado e se seguiram pelo caminho planejado.
logistica-carnaval
A produção dos produtos e a previsão de vendas devem estar em harmonia

Faça o acompanhamento em tempo real

Outro ponto a ser levado em consideração durante o carnaval, é a logística das ruas trancadas pelas folias. 

O planejamento e roteirização das entregas facilita neste momento e por meio da tecnologia, cada etapa da operação logística pode ser otimizada e acompanhada pelo gestor.

Planejar e roteirizar as rotas contribui para redução de custos e de tempo, além de ter conhecimento exato de onde a carga está, aproveitar ao máximo a capacidade dos veículos e evitar paradas desnecessárias.

Por meio de um roteirizador, como o da roteirizador da Cobli, por exemplo, é possível planejar a melhor rota. O sistema permite ainda que o gestor escolha entre dois objetivos:

  • Reduzir distâncias: o sistema determina qual o melhor percurso para cada motorista de forma a minimizar a quilometragem percorrida pela frota como um todo;
  • Terminar mais rápido: o sistema escolhe as rotas que farão com que todas as visitas terminem o mais cedo possível;

Cada quilômetro da distribuição também pode ser acompanhado por meio de um sistema de monitoramento veicular

Com sistema de roteirização da Cobli também é possível ver quais carros estão ligados, onde estão seus motoristas, como eles estão dirigindo e muitas outras informações, importante para um controle de frotas eficiente.

Carro com várias caixas para entrega.
O planejamento e roteirização das entregas facilita as entregas e serviços em época de folia

Aumente os cuidados com a segurança dos motoristas

É de conhecimento geral as dificuldades de infraestrutura e segurança nas estradas brasileiras, por isso, a segurança deve ser prioridade para as empresas logísticas.

E como aumentar a segurança dos motoristas não somente no carnaval, mas em todas as épocas do ano? 

Com o uso de tecnologias, como a videotelemetria, isso é possível! 

A videotelemetria é uma tecnologia que utiliza a captação de imagens para a coleta de dados através de câmera de segurança veicular.

Seu objetivo é melhorar a segurança no trânsito para os motoristas e também reduzir custos para a empresa, uma vez que é possível identificar pontos de melhoria nas operações. 

Pensando na necessidade do gestor de frotas, a Cobli lançou a Cobli Cam, telemetria com vídeo que reduz custos e aumenta o cuidado.

Essa tecnologia permite ao gestor ter controle sobre frenagem, aceleração e excesso de velocidade dos veículos da sua frota!

Veja como a Cobli Cam ajuda a aumentar a segurança e o cuidado:

  • Identificar comportamentos de risco: entenda o comportamento dos motoristas ao volante e dê feedbacks certeiros para os condutores melhorarem seu desempenho;
  • Reduzir custos com infrações e acidentes: monitore e identifique padrões de risco na condução. Receba alertas pelo painel e tenha as gravações dos eventos registradas automaticamente;
  • Proteger de falsas acusações em casos de acidente: utilize as gravações como evidências para discussões jurídicas e solução de processos.

E o pós-carnaval?

Após o término do carnaval, é essencial realizar uma avaliação completa para analisar o desempenho logístico e identificar pontos fortes e oportunidades de melhoria para futuros eventos.

A análise de desempenho logístico envolve revisar todos os aspectos da operação logística durante o período, desde o planejamento até a execução.

Durante essa análise, é importante identificar os pontos fortes da logística, como áreas onde houve uma execução eficiente do plano e resultados positivos alcançados. Ao mesmo tempo, também é necessário identificar as áreas que podem ser melhoradas, como possíveis atrasos na entrega, problemas de comunicação ou falhas na gestão de recursos.

Além disso, imposrtante contar com feedbacks, seja dos fornecedores, parceiros logísticos ou até mesmo de clientes. As avaliações sobre a qualidade dos serviços prestados, pontualidade na entrega e qualquer problema ou desafio enfrentado será valioso para entender o que pode ser melhorado e o que foi feito de bom para replicar nos próximos anos.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *