No vocabulário de quem trabalha com logística, eficiência é uma das palavras mais importantes: fazer entregas mais rápidas, com menor gasto de combustível, em jornadas mais curtas para os motoristas e uma frota mais organizada é o caminho do sucesso para qualquer empresa. E como diz o ditado, às vezes o melhor a se fazer é seguir “o script” – ou melhor, o roteiro. Não é à toa que cada vez mais companhias utilizam uma ferramenta especial em suas operações: o roteirizador. Calma! Nos próximos parágrafos, você vai entender o que é essa ferramenta, o que ela faz, porque deveria adotá-la na sua empresa e quais os principais benefícios que poderá ter com ela. Vamos lá? 

O que é? 

Com situações caóticas de trânsito cada vez mais presentes no cotidiano, a necessidade de ter um roteirizador tornou-se ainda mais clara. Um roteirizador nada mais é que uma ferramenta que mostra a melhor rota para um motorista – ou, no caso de uma grande empresa, para um gestor de frota. Muita gente já está acostumada a usar softwares de roteirização gratuitos, como os aplicativos do Waze ou do Google Maps. Eles são bastante simples: montam o trajeto mais livre de trânsito ou mais curto para qualquer pessoa ir do ponto A ao ponto B. 

Mas a roteirização também é o processo de definição de trajetos com o objetivo de reduzir o tempo, a distância percorrida e os custos operacionais logísticos. Então, quando se trata de uma operação comercial, com diversos pontos de parada ao longo do dia e demandas específicas (como o rodízio, proibição de rodagem de caminhão em certas vias ou até mesmo horários determinados em que uma carga pode ser recebida), essas ferramentas precisam ser mais complexas – e normalmente são acompanhadas do uso de um rastreador veicular, que pode mostrar onde os veículos estão em tempo real. 

O que faz um roteirizador?

Um roteirizador de porte, como o que a Cobli oferece aos seus clientes, pode dar conta de tudo isso: prever qual é a melhor rota para um motorista que precisa, por exemplo, fazer dez entregas ao longo de um dia. Com ajuda de um banco de dados, o software roteirizador traça o caminho considerando diversas variáveis, como o horário em que cada cliente prefere receber as cargas, os picos de congestionamento das ruas e até mesmo as paradas obrigatórias que precisam ser feitas pelo condutor em sua jornada de trabalho. 

Além disso, o roteirizador de viagens é capaz de traçar a rota não só para um único motorista ou veículo, mas para uma frota inteira. Assim, é possível determinar se todos os veículos devem ir para a rua naquele dia ou se apenas uma fração precisa rodar; também é possível fiscalizar a jornada dos motoristas e evitar que eles acumulem muitas horas extras, tornando a operação menos custosa para a companhia. Se o software do roteirizador tiver inteligência artificial, ele pode ainda aprender com as últimas viagens, buscando eliminar atrasos ou empecilhos que ocorreram ao longo do trajeto nas próximas rotas. 

Uma curiosidade para você:
O termo “roteirização” não é encontrado no dicionário da língua portuguesa. Mas, ele vem sendo utilizado como equivalente ao termo inglês “routing”. Routing é o processo de determinação de um ou mais roteiros ou sequências de paradas a serem cumpridas por veículos, com o objetivo de visitar um conjunto de pontos geograficamente dispersos, em locais pré-determinados, que necessitam de atendimento.

Como o roteirizador calcula a quilometragem (km) de um lugar a outro?

Não é algo tão simples quanto parece – afinal, se fosse, muita gente ainda estaria usando o bom e velho mapa de papel. Um bom roteirizador é aquele que consegue entender diversas variáveis para fazer o cálculo da quilometragem. Entre elas, há o fato de o produto ser perecível ou não (o que demanda mais rapidez nas entregas) ou como funciona a circulação de veículos de carga na cidade – em São Paulo, por exemplo, há diversas avenidas e bairros em que caminhões não podem circular ou só rodam em alguns horários. O roteirizador de cargas pode prever ainda intervalos para algumas tarefas específicas, como peso, cubagem ou retirada de produtos, bem como taxas ao longo do trajeto – caso de pedágios, por exemplo. 

Outra variável a ser considerada é o trânsito: bons roteirizadores já preveem que algumas vias estarão congestionadas e buscarão alternativas para isso. Além disso, o roteirizador também pode calcular rotas que são mais curtas, que têm menos curvas perigosas ou até caminhos que consumam menos combustível – lembra que um veículo tem consumo menor se rodar em uma rodovia, quando comparado ao gasto em uma via urbana? 

Qual é a importância dos sistemas de gestão?

Atualmente, os profissionais das transportadoras tentam atender o maior número de clientes possível para manter a entrada de receitas em seu fluxo constante.

A necessidade de planejar a ordem que os pedidos serão atendidos deve focar em realizar as entregas dentro do prazo. Com o aumento da demanda já não é possível traçar a rota ideal manualmente, é preciso contar com um sistema desenvolvido para essa finalidade para conduzir essa atividade.

É aí que entram os roteirizadores. É possível, ainda, customizar os módulos do programa para se adaptar às necessidades e ao porte da empresa de transportes. Os serviços oferecidos contam com a facilidade de concluir as entregas de maneira mais ágil.

Por que eu devo ter um roteirizador? Quais são as principais vantagens? 

Há inúmeros motivos pelos quais uma empresa pode adotar um roteirizador em sua logística. Para quem faz muitas entregas ao longo do dia, o roteirizador pode ajudar a frota a ganhar eficiência, determinando quais paradas devem ser feitas mais rápido – e evitando que um veículo passe pelo mesmo lugar várias vezes. No fim das contas, o roteirizador pode escolher os melhores caminhos. 

O custo logístico das empresas — soma dos gastos com transporte, estoque e armazenagem — representam 7,6% da receita líquida, segundo dados do estudo “Custos Logísticos no Brasil – 2017”, do Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos).

A predominância do modal rodoviário no Brasil também configura um dos motivos para a ampla adesão desse tipo de sistema. É preciso identificar a rota mais benéfica em termos economia de recursos, porém essa não é a única preocupação dos gestores logísticos.

Para quem lida com prazos curtos e até mesmo demandas em tempo real, o roteirizador pode ajudar a determinar qual veículo da frota deve realizar a tarefa primeiro. É uma questão de organização básica, mas que pode ajudar muito na satisfação do cliente. Afinal, uma vez que o roteirizador de entregas escolher quem deve realizar a demanda, é possível mandar uma mensagem ao usuário dizendo que o veículo chegará em poucos minutos, esteja ele levando uma pizza ou o socorro urgente a bordo de uma ambulância. Até mesmo em entregas mais planejadas, a previsão ajuda o cliente – quem nunca ficou em casa uma manhã toda esperando um móvel ou eletrodoméstico que atire a primeira pedra. 

Empresas que sofrem com muitas horas extras de seus motoristas também podem utilizar a roteirização para mitigar esse problema, buscando jornadas mais eficientes e até mesmo maior certeza que as horas trabalhadas estão sendo cumpridas efetivamente, com as paradas para almoço e descanso, por exemplo. 

Além disso, muitas soluções de roteirização são feitas com ajuda de um rastreador veicular – além de informar onde os veículos estão em tempo real, ele também traz ferramentas como telemetria, capazes de ajudar a empresa a ter maior precisão na hora de realizar a manutenção dos veículos. Em ambos os casos, isso significa redução de gastos e equipes mais satisfeitas – ninguém gosta de trabalhar com equipamento velho, certo? Muito menos de gastar tempo à toa. É por isso que um roteirizador pode fazer a diferença para sua empresa.

Confira 8 vantagens de se usar um roteirizador:

1. Livre-se do trânsito

O conhecimento prévio da rota de entrega garante maior segurança tanto para o veículo quanto para a carga. É possível acompanhar o fluxo do trânsito na região e retraçar a rota para evitar que o motorista fique preso no tráfego e atrase as entregas.

2. Conserve melhor seu veículo

A condição das estradas também pode ser avaliada para que os carros circulem por vias asfaltadas e melhor conservadas. Esse fator ajuda a aumentar a vida útil do veículo e minimizar a incidência de danos e a necessidade de reparos emergenciais.

3. Tenha mais segurança

A segurança da carga também pode ser expandida com a utilização desse sistema. Em casos de produtos de alto valor agregado (produtos eletrônicos, por exemplo), que elevam os riscos de transporte, é importante contar com proteção adicional.

Para reduzir as chances de roubo de carga, o gestor pode optar por parametrizar o programa, evitando regiões consideradas perigosas. Esse é um dos pontos mais importantes da atividade de prevenção de perdas e tem relação direta com a escolha da melhor rota.

4. Otimize seu tempo

A roteirização tem potencial para aprimorar a gestão do tempo e evitar períodos de ociosidade ou sobrecarga de trabalho. Com uma rota otimizada em mãos, o gestor tem garantia de rapidez e qualidade na realização das operações. Quando se utiliza um roteirizador, fica muito mais fácil prevenir problemas que possam afetar as entregas como, por exemplo, trajetos longos e lentos, áreas de risco e o acesso às rodovias e centros urbanos.

Um dos recursos disponíveis é a capacidade de programar o itinerário de acordo com as janelas de tempo. Em várias cidades brasileiras, existem limitações de horário nos quais os caminhões podem ser carregados e descarregados. Há ainda uma legislação que limita os espaços de estacionamento para caminhões nos centros urbanos.

Em muitos casos, os próprios destinatários podem limitar os períodos de tempo em que o recebimento de mercadoria é realizado. Todos esses fatores tornam o sistema de roteirização um aliado no momento de programar as entregas com eficácia.

5. Aproveite melhor seus recursos

O resultado dos níveis de atendimentos também tem potencial para aprimoramento. De acordo com a capacidade de cada veículo é possível aproveitar a sua lotação máxima e, consequentemente, entregar mais pedidos em menos tempo durante uma única viagem.

6. Economize combustível

Um sistema de roteirização otimiza os trajetos de entrega. Essa otimização resulta em redução de mais de 30% de quilômetros rodados. A conta é bem simples: quanto menor a quantidade de quilômetros rodados, menor será o consumo de gasolina, ou seja, redução de custos com a aquisição de combustível.

7. Economize com manutenção de veículos

Outro ganho que vem da diminuição dos quilômetros rodados está relacionado à manutenção dos automóveis. Olha a conta simples de novo: quanto menos quilômetros, menos pneus gastos e menor o desgaste de peças e sistemas.

8. Aumente a produtividade

Um roteirizador também pode te ajudar a avaliar a necessidade dos veículos e, quem sabe, até reduzir a quantidade necessária para atender a operação. Com a roteirização, o tempo de viagem das operações também é reduzido, logo, permite a realização de mais entregas/serviços, dentro do expediente do motorista. Ou seja, esse aumento de produtividade reduz custos com horas extras e diárias.

Como escolher um roteirizador?

Agora que você já sabe os benefícios de planejar as rotas de entregas e por que você deveria usá-lo, surge a dúvida: como escolher um software de roteirização?

Identifique as suas necessidades, pesquise o mercado e compare funcionalidades! Pense nos seus objetivos ao utilizar um roteirizador. É importante saber se eles estão de acordo com os serviços que o software que você escolher oferecem. E, antes de decidir: compare os sistemas. Veja todas as funções e quais vantagens cada um pode proporcionar a você.

A Cobli te orienta passo a passo desse processo de escolha, além de mostrar como funciona o roteirizador grátis online da Cobli.

Roteirização vs. liberdade dos motoristas

Os benefícios de um roteirizador são claramente delineados, com destaque para as suas vantagens em relação ao gerenciamento da frota. Contudo, a implantação de um sistema da empresa pode gerar desconforto e insatisfação entre os motoristas da transportadora.

Uma das principais razões é a rigidez quanto a rota traçada pelo gestor, o que limita a liberdade do condutor para escolher a sua própria direção. É natural que profissionais experientes busquem contar com os seus conhecimentos. Esse tipo de situação é desfavorável, pois o sistema sempre vai gerar o trajeto mais eficiente.

Quando essa situação se manifesta é preciso implementar medidas de conscientização e treinamentos para aumentar os níveis de aceitação. Muitas transportadoras oferecem premiação para incentivar os trabalhadores a se adaptarem aos novos processos.

Por outro, lado também pode-se aplicar penalizações para os colaboradores que não cumprem as normas.

Os programas também ajudam a limitar o número de paradas para realizar as entregas e reduz os períodos de ociosidade. Principalmente para aqueles que eram acostumados a escolher os próprios trajetos de acordo com a experiência. Driblar esse tipo de situação é muito importante para que os ganhos da roteirização sejam efetivos. Afinal, a tecnologia só ajudará sua empresa se seus funcionários colaborarem com ela.

De modo geral, a satisfação da equipe é um assunto delicado e deve ser abordado com cuidado para manter o desempenho e gerar flexibilidade para lidar com o novo cenário.

A Cobli explica detalhadamente como fazer para implantar um roteirizador na sua empresa e mostrar para os motoristas que ela realmente tem o propósito de ajudá-los. Estimular as oportunidades de diálogo é essencial.

Conclusão

O roteirizador é uma ferramenta que pode proporcionar diversos benefícios tanto para empresas de transportes como para pessoas físicas. O cenário econômico atual é favorável para a realização de investimentos que oferecem retorno e economia imediatos, como é o caso de um roteirizador.

Essa ferramenta pode potencializar o desempenho de toda a organização, pois passa a constituir parte da estratégia. Assim, é percebido um reflexo positivo nos custos, quantidade de clientes e serviços oferecidos.

Se interessou pelo serviço de roteirizador veicular? Fale com a gente por meio do (11) 4810-2200euquero@cobli.co ou acesse nosso site.

Roteirizador
badge primary e1563977884304 - Roteirizador: o que é e para que serve?
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário