Cadeia de abastecimento: entenda como funciona e seus objetivos

O gerenciamento da cadeia de abastecimento tem um papel essencial para o pleno funcionamento e produtividade de uma empresa.

É por meio da cadeia de abastecimento que acontece o fluxo de circulação de colaboradores, informações estratégicas, bens e serviços da organização e de seus parceiros.

Por isso, entender o que é cadeia de abastecimento em logística é o primeiro passo para conhecer o quão importante é esta área e como ela pode impactar nos custos gerais da companhia.

Neste sentido, é válido ainda compreender como fatores externos, como a epidemia de coronavírus ou conflitos entre países, podem refletir substancialmente na cadeia de suprimentos das empresas.

Quer saber o que é cadeia de abastecimento e suprimentos? Então, siga com a leitura e confira um guia completo sobre este tema.

O que é cadeia de abastecimento em logística?

Muitos se questionam se cadeia de abastecimento e suprimentos é a mesma coisa, a resposta é sim. Trata-se de um sistema de organização de pessoas, recursos, atividades, informações e processos que visa manter o fluxo harmônico de uma empresa.

A gestão de cadeia de abastecimento está à frente do ciclo de vida de um bem, cuidando da sua origem na empresa ou fábrica até sua chegada ao consumidor final.

A gestão de cadeia de abastecimento tem um papel estratégico dentro de uma empresa.

Também conhecido pelo termo em inglês supply chain, este setor está envolvido com atividades que vão desde a compra de insumos e embalagens, até o beneficiamento, gerenciamento interno das mercadorias, venda e distribuição dos itens.

Ou seja, em todas as etapas de produção da empresa, a gestão de cadeia de abastecimento desempenha o papel de otimizar a comunicação e a operação dentro e fora da companhia, incluindo o contato com parceiros e fornecedores.

Por estar envolvido com diferentes áreas, quem trabalha com a cadeia de abastecimento possui uma visão ampla de todos os processos. Com isso, é capaz de criar um planejamento estratégico que vai impactar na produtividade, custos, logística e nos lucros da companhia.

Quais são as cadeias de abastecimento?

A cadeia de abastecimento integrada busca manter um fluxo constante e fluido entre as diversas áreas que compõem as operações de uma organização.

Quando compramos uma roupa, não imaginamos que uma peça de vestuário possa ser um bom exemplo de cadeia de abastecimento. Mas ela é sim.

Para que você encontre uma camiseta em uma loja de shopping, por exemplo, é preciso que a marca tenha contato com um fornecedor de algodão ou tecido para a compra de matéria-prima, em seguida, é preciso contar com costureiras e maquinário para que a peça seja produzida.

Então, a quantidade ideal de estoque é projetada, fabricada, armazenada e, por fim, transportada para as lojas da marca, que podem estar espalhadas por todo o País. Até chegar ao consumidor final, são vários os processos que envolvem esta operação.

Abaixo, confira os principais elementos que compõem uma cadeia de abastecimento:

Produção

A capacidade produtiva de uma empresa deve sempre levar em conta a demanda de mercado, bem como a necessidade e desejo dos consumidores.

Neste setor, o planejamento é um ponto essencial e deve levar em conta o tempo para que a mercadoria seja fabricada, bem como a previsão de demanda e estoque do item até o pedido final.

Estoque

O controle de estoque de uma organização tem grande impacto financeiro. Uma companhia que possui um amplo estoque certamente está com dinheiro parado, enquanto outra que possui um estoque pequeno pode não conseguir atender toda a demanda do mercado.

O estoque também é influenciado pela cadeia de abastecimento.

Por isso, estudar o seu segmento e planejar estrategicamente a produção das mercadorias é importante para que seja feita uma previsão de estoque eficiente.

Localização

O local onde a fábrica estará situada, assim como o armazém ou centro de distribuição contratado pela companhia é fundamental para otimizar o processo logístico.

É preciso levar em conta onde está localizado o seu maior mercado consumidor, a fim de instalar sua fábrica o mais próximo possível. Outro ponto que pode ser considerado é o incentivo fiscal dado por algumas cidades para o fomento da economia local.


Transporte e entregas

Tendo em vista que o transporte pode representar cerca de 30% do custo da mercadoria, é importante que o gestor analise estrategicamente qual modal melhor atenderá a suas demandas de mercado.

A ideia é que o meio de transporte utilizado consiga atender aos pedidos de maneira rápida e eficaz, tanto do ponto de vista de tempo de entrega quanto de custo para a companhia.

Investir em uma frota própria ou contratar uma empresa terceirizada para realizar a distribuição dos produtos deve ser uma decisão muito bem planejada.

Informação

A tecnologia é uma importante parceira para a tomada de decisões estratégicas de uma organização. Isso porque é possível utilizar dados e informações para realizar análises sobre a produtividade e desempenho de vendas.

Ao estudar a linha de produção, estoque, compras, vendas, transporte e entregas, é possível traçar planos que visam otimizar a operação como um todo. E claro que a cadeia de abastecimento integrada tem uma função de peso neste sentido.

Os principais objetivos da cadeia de abastecimento

Após conhecer como funciona o processo de cadeia de abastecimento, chegou a hora de explorar quais são as vantagens e objetivos desta área dentro de uma empresa.

Claro que já foi possível notar que o supply chain consegue mobilizar estrategicamente diversos setores da companhia, contudo, há alguns objetivos que norteiam seus gestores.

Confira abaixo os objetivos da cadeia de abastecimento:

  • Reduzir custos de fornecimento e de operação;
  • Aumentar a produtividade;
  • Ter uma comunicação clara e eficaz com parceiros e fornecedores;
  • Reduzir o tempo total da cadeia produtiva;
  • Melhorar as margens dos produtos;
  • Contribuir para um gerenciamento de estoque eficiente;
  • Melhorar o retorno de investimentos;
  • Conseguir maior satisfação dos clientes.

Todos os pontos acima citados são relevantes para que uma organização funcione plenamente, contudo, é possível destacar que os dois principais objetivos da cadeia de abastecimento são a redução de custos e o aumento da produtividade.

Estes fatores são capazes de manter a empresa competitiva no mercado e ainda impactam em seu lucro.

Dessa forma, fica simples entender qual a importância da cadeia de abastecimento para qualquer tipo de companhia, afinal, uma gestão que visa integrar todas as áreas e ainda harmonizar os fluxos operacionais só pode trazer bons resultados.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.