Gerente de frota conduzindo a desmobilização de frota.

Desmobilização de frota? Veja como funciona e benefícios

A desmobilização de frota deve ser realizada por empresas que possuem uma grande quantidade de automóveis, sejam eles carros ou caminhões.

O processo requer planejamento e atenção dos gestores de frota para saberem o momento certo de implementar a desmobilização de frota, uma vez que esta ação tem grande impacto financeiro.

Um dos fatores que mais influenciam nessa decisão é a idade da frota. Aliás, essa é uma questão que reflete o mercado brasileiro.

Segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), a frota de carros do país tem idade média de 10,7 anos.

Este número pode significar maior probabilidade de acidentes e aumento da poluição decorrente do mau cuidado com os veículos.

Como a gestão de frota é um elemento de grande relevância na produtividade e eficiência de uma empresa, criar um cronograma que permita detectar com antecedência quando é o momento ideal para fazer a desmobilização é fundamental.

Se você deseja entender melhor o que é mobilização e desmobilização de frota, assim como conhecer as variáveis que devem ser consideradas neste processo, siga a leitura!

O que é a desmobilização de frota?

A desmobilização de frota acontece quando os veículos de uma empresa não tem mais utilidade ou atingiram uma certa quilometragem, precisando ser substituídos.

Para o automóvel chegar nesse estado, ele precisa apresentar sinais de manutenções frequentes e reparos cada vez mais caros para o orçamento da empresa.

Quais motivos levam à desmobilização de frota?

Desmobilização de frota em veículo com manutenção.
A desmobilização de frota acontece quando os veículos precisam ser substituídos.

Quando a organização utiliza carros alugados, o processo de renovação também acontece, mas acaba sendo mais simples, uma vez que é necessário fazer a devolução dos carros e solicitar novos modelos.

Já no caso de uma frota corporativa própria, existe uma complexidade maior para que a desmobilização de automóveis seja realizada com sucesso.

Seu planejamento impacta diretamente o financeiro da empresa, por isso, os gestores precisam levantar informações de qualidade sobre o estado atual de cada veículo, como:

  • Data da compra do automóvel;
  • Quilometragem;
  • Quantidade de manutenções já realizadas;
  • Custos com manutenção preventiva e corretiva;
  • Informações sobre incidentes que podem causar desvalorização, como defeitos, riscos, acidentes, etc;
  • Finalidade e estado de conservação do auto;
  • Desgaste do veículo nas atividades da empresa.

Claro que esse processo pode ser otimizado quando uma plataforma eficiente de gestão de frota é utilizada.

Por meio desse sistema, é possível realizar o monitoramento completo de cada automóvel, programando sua manutenção e prevendo sua vida útil.

Uma gestão eficaz é capaz de implementar a desmobilização de frota com os cuidados necessários, diminuindo a possibilidade de gastos indesejados ou impactos negativos na produtividade.

Quando é necessária a desmobilização de frota?

A desmobilização de frota é necessária em várias situações, especialmente quando uma empresa precisa reduzir custos operacionais, ajustar sua capacidade de transporte ou otimizar seus recursos.

Redução da demanda

Se a demanda por serviços de transporte diminuir, uma empresa pode optar por desmobilizar parte de sua frota para evitar custos desnecessários.

Otimização de recursos

Às vezes, uma empresa pode ter mais veículos do que o necessário para atender à demanda atual. Desmobilizar parte da frota pode ajudar a otimizar o uso dos veículos restantes.

Corte de custos

A manutenção e operação de uma grande frota de veículos pode ser onerosa. Se uma empresa estiver buscando reduzir os custos operacionais, a desmobilização da frota pode ser uma solução viável.

Renovação da frota

Quando os veículos envelhecem e se tornam menos eficientes em termos de consumo de combustível ou manutenção, uma empresa pode optar por desmobilizá-los e substituí-los por veículos mais novos e eficientes.

Foco em segmentos mais rentáveis

Se uma empresa decidir se concentrar em segmentos de mercado mais lucrativos, pode optar por desmobilizar veículos que atendem a segmentos menos lucrativos ou menos estratégicos.

Mudanças regulatórias

Alterações nas regulamentações ambientais ou de segurança podem exigir que uma empresa atualize sua frota. Isso pode levar à desmobilização de veículos mais antigos que não atendem aos novos padrões.

Quais são os benefícios da desmobilização de frota?

A desmobilização de frota, quando realizada de forma estratégica e planejada, pode trazer diversos benefícios para a empresa, como:

Redução de custos operacionais

Com menos veículos em sua frota, uma empresa pode economizar em despesas de manutenção, seguro, combustível e outros custos operacionais associados à operação de uma frota de transporte.

Melhoria da eficiência

Uma frota menor pode ser mais fácil de gerenciar e coordenar, o que pode resultar em uma operação mais eficiente. Menos veículos também podem levar a uma melhor utilização dos recursos disponíveis.

Otimização de recursos

Desmobilizar veículos desnecessários ou subutilizados permite que uma empresa realoque seus recursos de maneira mais eficaz para áreas onde são mais necessários, aumentando a produtividade geral.

Redução do impacto ambiental

Com uma frota menor, há menos emissões de poluentes e menor consumo de combustível, o que pode contribuir para a redução do impacto ambiental da operação da empresa.

Flexibilidade financeira

Ao reduzir o número de veículos em sua frota, uma empresa pode liberar capital que estava anteriormente investido em veículos para outros fins, como investimentos em novas tecnologias automotivas, expansão de negócios ou pagamento de dívidas.

Adaptação às demandas do mercado

Desmobilizar e ajustar a frota conforme necessário permite que uma empresa se adapte mais rapidamente às mudanças na demanda do mercado, garantindo que seus recursos de transporte estejam alinhados com as necessidades dos clientes.

Cumprimento de regulamentações

Em alguns casos, desmobilizar veículos mais antigos pode ser necessário para garantir o cumprimento das regulamentações governamentais em relação a padrões de emissões, segurança veicular e outras normas aplicáveis.

Profissional fazendo desmobilização de frota para reduzir custos da empresa.
A desmobilização de frota ajuda a reduzir custos operacionais.

Como fazer uma desmobilização de frota?

A desmobilização de automóveis é uma prática que deve considerar também a questão ambiental, especialmente quando a troca ou venda dos veículos não pode ser realizada.

No caso de possuir uma frota extremamente obsoleta, a empresa deve tomar cuidados com o desmonte e descarte das peças dos veículos, uma vez que o impacto no meio ambiente é alto nesta situação.

Por isso, nossa primeira dica é que a companhia busque por empresas de desmontes cadastradas no Detran. Isso evita que as peças sejam vendidas de forma ilegal no mercado.

Seleção de automóveis

O primeiro passo, claro, é fazer a seleção de automóveis que não atendem mais às necessidades da companhia e, por isso, integrarão o processo de desmobilização.

Nessa contagem, diversos carros não precisam ser descartados e, por isso, o gestor precisa fazer uma análise minuciosa em toda a frota. Para isso, os critérios elencados acima devem ser seguidos.

Logística reversa

A logística reversa dá continuidade na identificação dos carros que serão desmobilizados.

Uma vez feita a seleção, os veículos devem ser levados a uma local específico que permitirá que possíveis manutenções ou descartes sejam feitos de maneira mais rápida e apropriada.

Além disso, é durante este processo que a empresa devolve aos fabricantes alguns componentes dos automóveis, como pneus, lubrificantes ou óleos.

Esta ação vai ao encontro da Política Nacional de Resíduos Sólidos e tem como objetivo reduzir o impacto ambiental.

Canais de venda

A finalização da desmobilização de frota acontece com a venda dos veículos. Nesta etapa, a companhia seleciona os melhores canais de venda, que podem abranger repasse para os funcionários, leilão, lojas especializadas, aplicativos, entre outros.

É importante que a manutenção dos carros tenha sido feita de forma adequada e que a documentação esteja em dia.

É possível terceirizar a mobilização e desmobilização da frota?

Sim, é possível terceirizar tanto a mobilização quanto a desmobilização da frota para empresas especializadas em gestão de frotas ou serviços de logística.

Existem várias empresas que oferecem serviços de terceirização de frota, incluindo aquisição de veículos, manutenção, gerenciamento de combustível, rastreamento e monitoramento, entre outros.

Ao terceirizar a mobilização da frota, uma empresa pode delegar a responsabilidade de adquirir os veículos necessários para suas operações, seja por meio de compra ou aluguel.

Isso pode incluir a seleção dos veículos mais adequados para atender às necessidades específicas da empresa, bem como a negociação de contratos e termos com fornecedores.

Da mesma forma, a desmobilização da frota também pode ser terceirizada, permitindo que uma empresa se livre de veículos desnecessários de forma eficiente e em conformidade com os regulamentos aplicáveis. 

Empresas especializadas em gestão de frotas podem auxiliar na venda de veículos usados, no retorno de veículos alugados ou no descarte adequado de veículos no final de sua vida útil.

No entanto, é importante realizar uma análise cuidadosa dos custos e benefícios antes de decidir pela terceirização, considerando os requisitos específicos da empresa e as opções disponíveis no mercado.

Como a tecnologia pode ajudar na desmobilização de frota?

A tecnologia desempenha um papel crucial na desmobilização de frota, fornecendo ferramentas e recursos que facilitam o processo e aumentam a eficiência.

Sistemas de gerenciamento de frota (FMS)

Plataformas de software especializadas em gerenciamento de frota podem ajudar a rastrear e gerenciar todos os aspectos do ciclo de vida dos veículos, incluindo a desmobilização. 

Esses sistemas podem fornecer informações detalhadas sobre o desempenho dos veículos, histórico de manutenção, custos operacionais e outros dados relevantes para tomar decisões informadas sobre quais veículos desmobilizar.

Software de inventário de ativos

Ferramentas de software projetadas para gerenciar inventários de ativos podem ser úteis na identificação e rastreamento de todos os veículos da frota que precisam ser desmobilizados. Isso ajuda a garantir que nenhum veículo seja esquecido durante o processo.

Sistemas de monitoramento e rastreamento

Tecnologias de rastreamento veicular podem ser úteis para acompanhar a localização e o status dos veículos durante o processo de desmobilização. Isso ajuda a garantir que os veículos sejam entregues aos compradores ou locatários de forma segura e eficiente.

Análise de dados

A análise de dados pode fornecer informações importantes sobre o desempenho e o valor residual dos veículos da frota, ajudando a identificar quais veículos são ideais para a desmobilização.

Algoritmos avançados também podem ajudar na precificação dos veículos usados para maximizar o retorno financeiro.

Quando planejada e realizada com cautela e antecedência, a desmobilização de frota gera resultados positivos para toda a empresa, uma vez que impacta o setor financeiro, funcionários, o atendimento de demandas e a produtividade.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli!

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *