Tempo de leitura: 17 minutos

Quem sabe como comprar carros mais baratos direto da fábrica sai na frente.

Afinal, estamos falando de um processo que tem como vantagem principal a economia.

Se uma empresa pode ganhar um belo desconto ao adquirir um veículo, o que dizer então daqueles que têm uma frota inteira a montar ou renovar?

O dinheiro que deixa de ser gasto nessa negociação pode ser usado de outras formas, o que torna a empresa mais competitiva.

Sem dúvidas, essa é uma bela oportunidade, uma alternativa que deve ser sempre considerada por empresas que administram frotas.

Mas não são só as pessoas jurídicas que podem se beneficiar com esse tipo de transação. 

A lei assegura e as próprias montadoras trabalham com descontos generosos para um público relativamente amplo.

Para saber mais, fique por aqui e saiba como fazer ótimos negócios ao dispensar intermediários na compra de veículos.

Afinal, por que comprar carro direto de fábrica?

Se você se pergunta como comprar carros mais baratos direto da fábrica, é porque busca economia – o que faz muito bem.

Nesse sentido, vale observar um artigo publicado no portal Automotive World, que comprova o que o brasileiro sente no bolso há muitos anos. 

Temos os carros mais caros do mundo, e, em relação a outros países latinos, como o México, a diferença nos preços pode ser superior a 100%.

As razões para isso são, principalmente, os impostos altos e o vilão número 1 do desenvolvimento, o “Custo Brasil”. 

Trata-se de uma soma de problemas como falta de infraestrutura, corrupção e baixo poder aquisitivo da população que, somados, atrapalham o desenvolvimento do mercado.

Nesse contexto, acaba entrando em cena formas alternativas de consumo, dentre as quais comprar veículos diretamente do fabricante.

Sai mais barato porque, nesse caso, não existe todo um custo com impostos, distribuição e transporte de mercadoria repassados ao cliente final.

Ao comprar um veículo nessa condição, você só paga pelo custo de produção, acrescido de uma margem estipulada pela montadora e nada mais.

Como veremos ao longo deste texto, isso propicia descontos que podem ser realmente muito bons. 

Confira, na sequência, outras vantagens você tem ao comprar sem a intermediação de concessionárias ou revendedoras.

4 Vantagens em comprar carro direto de fábrica 

Não se pode deixar de destacar que, embora os preços dos veículos por aqui sejam altos, o Brasil é um dos maiores produtores de carros do mundo.

De acordo com o Ministério da Economia, em 2016, éramos o 10º maior fabricante global, com 1,77 milhões de unidades produzidas em solo brasileiro.

A partir disso, as montadoras, em parceria com o próprio governo, estipularam regras e critérios para conceder descontos para quem comprar em suas plantas industriais.

Por isso, quem sabe como comprar carros mais baratos direto da fábrica percebe diversas vantagens que não podem ser ignoradas.

Isso vale principalmente para empresas que operam com frotas gerenciais, talvez o público que mais interessa para as montadoras.

Vale destacar que a compra direto da fábrica foi responsável, em 2019, por nada menos que 71,04% dos emplacamentos de veículos comerciais leves no Brasil.

Entre os carros de passeio, o percentual é menor, mas ainda expressivo: 41,22% de veículos emplacados foram adquiridos em suas respectivas fábricas. 

Os dados são do blog do Jorge Moraes, do UOL.

Dito isso, vamos ver quais são os principais benefícios ao comprar sem intermediários?

Há uma lista de vantagens para comprar carro direto da fábrica

1. Mais barato

A vantagem número 1 para quem compra direto da montadora é a redução do preço do veículo.

Os percentuais aplicados variam, conforme critérios definidos de forma independente pelas montadoras ou regras estipuladas pelo governo, em especial as tributárias.

No entanto, a faixa de desconto, comparando com os preços “normais”, varia entre 2% e 50%.

Agora, imagine a economia que uma isenção de metade do preço poderia representar para uma empresa que está constantemente renovando sua frota de veículos?

Se até para pessoas físicas os gastos evitados são dos mais expressivos, para quem tem frotas, eles podem ser a diferença entre um negócio lucrativo ou não.

2. Menor probabilidade de acionar a garantia

A garantia de fábrica que acompanha todo veículo cobre contra defeitos de fabricação e eventuais danos sofridos antes da venda.

Nesse sentido, comprar direto da montadora é uma forma de minimizar os riscos e a burocracia ao acionar a garantia.

Como são eliminados os diversos intermediários desde a saída do carro da linha de montagem até a concessionária, é reduzida a exposição do veículo, seja no transporte ou armazenamento.

Embora não livre o comprador do risco de um eventual recall (quando a própria montadora assume a responsabilidade por defeitos), essa é uma forma mais segura de comprar. 

Afinal, nunca se sabe o que pode vir a acontecer com um veículo enquanto está em um pátio ou um caminhão-cegonha.

3. Carro zero km

Uma das regras para poder comprar diretamente do fabricante é que só podem ser vendidos veículos zero quilômetro.

A legislação estabelece, ainda, que o carro comprado direto da fábrica deva permanecer de posse do comprador por pelo menos um ano. 

Dessa forma, evita-se a compra para revenda e, em consequência, a concorrência desleal.

Por isso, desde que o comprador seja elegível para comprar um veículo junto ao fabricante, não há forma melhor de se manter sempre com um veículo novo.

O bom é que, como veremos mais à frente, uma grande parcela da população pode ter acesso à compra direto na fábrica. 

Não deixa de ser também uma maneira totalmente legal de driblar os altos preços dos carros zero que, como vimos, são bastante elevados no Brasil. 

4. Bom para a imagem

Uma frota renovada garante que os custos com manutenção não programada serão sempre mínimos.

Também assegura que o consumo de combustível dos veículos estará sempre dentro das especificações, ajudando a reduzir os custos e a geri-los mais facilmente.

Outro fator que deve ser considerado é que frotas compostas por carros novos não deixam de ser uma estratégia de branding (gestão da marca).

Em outras palavras: veículos são, desde sempre, verdadeiros outdoors ambulantes e, por isso, transmitem a imagem de uma empresa junto ao público.

Quando a frota é formada por caminhões ou carros em mau estado ou por modelos ultrapassados, indica que a empresa não cuida da sua imagem.

Do contrário, veículos novos comunicam para o público que aquela empresa está sempre atualizada e atenta aos detalhes.

Desconto na compra de veículos: quem tem direito?

Ainda que uma expressiva parcela da população até tenha direito a comprar veículos diretamente dos fabricantes, esse é um privilégio restrito.

Se fosse aberto a todos, toda uma cadeia produtiva que se desenvolve a partir da indústria automotiva deixaria de existir.

Mas há outro problema: as montadoras têm capacidade limitada de distribuir os veículos produzidos.

Então, é preciso criar uma reserva de mercado para que as revendedoras e concessionárias possam exercer sua função de facilitadores junto ao consumidor.

Contudo, dados os atuais requisitos exigidos para comprar veículo direto na fábrica, são boas as chances de que você se enquadre em um deles.

Vamos ver quais são?

1. CNPJ/MEI

O interesse maior das montadoras ao produzir veículos, como o de qualquer indústria, é escoar sua produção o mais rápido possível.

Isso significa que, quanto maior o volume de vendas, melhores os resultados.

Não por acaso, o público-alvo preferido das montadoras é o de empresas que operam com frotas.

Os fabricantes sabem que, nesse tipo de negócio, a demanda por veículos novos é sempre alta.

Trata-se de uma espécie de “público cativo” com o qual as montadoras sabem que podem contar.

Por isso, os descontos concedidos para empresas são normalmente maiores do que a média.

Como elas compram com frequência e em quantidades maiores, permitem reduções expressivas no preço final.

Podemos identificar dois tipos de perfil de empresa elegível para comprar com o fabricante: os Microempreendedores Individuais (MEI) e as demais categorias a partir de Micro Empresa (ME).

Logo, se você tem um CNPJ, não deixe de utilizá-lo para comprar carros com descontos.

Comprar carro direto de fábrica é bom para a imagem da empresa

Qual o desconto para compra de veículos com CNPJ?

O abatimento no preço oferecido pelas montadoras na compra de carros utilizando o CNPJ varia.

A Toyota, por exemplo, normalmente concede 5%, mas, na compra de duas ou mais unidades, esse desconto pode passar para 7%.

Tudo vai depender da montadora em questão, já que cada uma define sua política e critérios.

Também varia conforme a quantidade de veículos que a empresa pretende comprar e, não menos importante, da documentação apresentada.

Já que citamos a Toyota, nela, o processo de compra com CNPJ começa com uma solicitação formal por parte da empresa.

Nesse pedido, deve ser apresentada a documentação, incluindo o número no CNPJ e a Inscrição Estadual no Sintegra.

Se aplicável, deve ser apresentada a Inscrição Suframa. 

A entrega dos veículos deve ser feita no estado de endereço, por meio de CNPJ de compra obrigatório.

Quais montadoras dão desconto para CNPJ?

Não é apenas a Toyota que oferece vantagens para o público elegível.

Mais à frente, vamos explicar como comprar carros mais baratos direto de fábrica na Chevrolet, Volkswagen, Fiat e Peugeot.

Agora, veja mais algumas montadoras nas quais você também pode adquirir veículos com isenções ou descontos especiais:

Kia

Na Kia, podem comprar carros direto da fábrica pessoas portadoras de necessidades especiais (PCD) ou taxistas.

Na maioria dos casos, o desconto no preço se dá com a isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) ou Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Nissan

Outra montadora oriental que oferece a possibilidade de compras diretas é a Nissan.

De acordo com o site, podem obter descontos os segmentos de:

  • Produtor Rural
  • Governo
  • Pequenas Empresas (ME / EPP)
  • Grandes Frotistas
  • Locadora
  • Corpo Diplomático
  • Taxista
  • PCD (Pessoas com Deficiência)
  • Autoescola.
BMW

A fabricante alemã de carros de luxo também está no grupo das montadoras que permitem comprar direto, sem intermediários.

No caso da BMW, são elegíveis frotistas, entidades diplomáticas e, principalmente, PCDs. 

Sendo assim, os descontos são concedidos por meio de isenção fiscal.

Hyundai

Outra montadora que contempla o público formado por PCDs é a Hyundai

A fabricante sul-coreana disponibiliza os modelos New Tucson e New IX35 para Pessoas Com Deficiência com descontos no IPI. 

2. PCD

Como você viu, as Pessoas Com Deficiência têm privilégios fiscais na compra de carros que não podem deixar de ser aproveitados.

Além de serem isentas do IPI e ICMS, há também abatimentos no Imposto sobre Operação Financeira (IOF) e no Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA). 

Esse é um direito garantido pela Instrução Normativa (IN) RFB nº 1769/17, que assim define:

“Disciplina a aplicação da isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos e Valores Mobiliários (IOF), na aquisição de veículos por pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda, ou autistas, e dá outras providências”.

Assim sendo, caso você seja portador de alguma dessas necessidades ou tenha algum familiar que seja, desde que devidamente documentado, pode comprar carro com desconto.

3. Doenças

Também têm direitos assegurados por lei as pessoas portadoras de doenças graves.

É o que diz a Lei nº 10.690, de 16 de junho de 2003, embora ela se refira apenas aos portadores de deficiência.

No entanto, existe um consenso, amparado pela Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef) de que quem tem moléstias graves também faz jus ao benefício.

Para exercer o direito, é necessário dirigir-se ao Detran local e solicitar perícia médica que comprove a condição de doente grave.

De posse do laudo, basta comparecer à Receita Federal para solicitar a isenção do IPI. 

Já para a isenção do ICMS e do IPVA, o órgão competente é a Secretaria Estadual da Fazenda,  responsável pela tributação. 

Normalmente, todo o processo é concluído no prazo de 30 dias.

Quais as doenças que possuem desconto na compra de veículos?

Alguns casos elegíveis são os portadores ou quem tenha sequelas de:

  • AVC
  • Artrite Reumatóide
  • Artrose
  • Escoliose grave
  • Esclerose múltipla
  • LER/DORT (Lesão por Esforço Repetitivo)
  • Mastectomia (retirada de mama)
  • Nanismo (baixa estatura)
  • Parkinson
  • Poliomielite
  • Talidomida.

A lista completa inclui outras condições de saúde e é constantemente atualizada. 

Vale se informar antes de solicitar o benefício.

4. Frotistas

O público PCD divide o posto de “queridinho” das montadoras com os frotistas – e não é para menos.

Como já vimos, gestores de frotas são uma verdadeira reserva de mercado para os fabricantes de veículos.

Desde que tenha um CNPJ, os descontos já podem ser aplicados.

Eles podem ser maiores, dependendo da quantidade de veículos que seja adquirida.

Algumas montadoras, contudo, podem restringir a oferta de modelos.

Mas, em geral, elas permitem a compra de qualquer um dos veículos de suas linhas.

Nesse caso, o desconto é oferecido diretamente, ou seja, não se trata de isenção fiscal.

Em algumas transações, eles podem chegar a 30% ou até mais.

Como comprar carros mais baratos direto da fábrica é um conhecimento importante para gestores

Quem tem direito a comprar carro direto da fábrica

Por tudo que você viu até agora, não é exagero dizer que uma boa parcela da população tem direito à compra sem intermediários.

Sendo assim, ao saber como comprar carros mais baratos direto da fábrica, é possível garantir descontos atrativos, bastando apenas que você se enquadre nos critérios.

A propósito, hoje, a categoria MEI, já soma mais de 8 milhões de pessoas, cerca de 7% da População Economicamente Ativa (PEA) brasileira. 

Outro público que precisa ser considerado é o de pessoas portadoras de doenças.

Embora, nessa situação, seja preciso solicitar a isenção de impostos, não se pode deixar de lado a possibilidade de comprar com descontos dessa forma.

Como comprar carros mais baratos direto de fábrica

Veja, de forma resumida, como é o processo de compra de carros direto da fábrica para as principais montadoras que atuam no Brasil.

1. Carros direto da fábrica Chevrolet

As vendas diretas na Chevrolet são direcionadas a:

  • Frotistas
  • Autoescolas
  • PCD
  • Produtores Rurais
  • Taxistas
  • CNPJ
  • Governo
  • Locadoras.

Para realizar a compra, acesse o site de vendas diretas da Chevrolet e envie sua proposta online. 

Os descontos variam, dependendo do que a montadora avaliar a partir da solicitação.

2. Comprar carros direto da fábrica Fiat

Na Fiat, além do público contemplado pela Chevrolet, estão incluídos os participantes do Programa Mais Alimentos, do Governo Federal. 

Composto por pequenos produtores rurais cadastrados, seu foco é no desenvolvimento da agricultura familiar.

Além desse segmento, a Fiat também abre as vendas diretas para corpos diplomáticos e embaixadas.

Para ter direito, basta acessar o site e conferir a concessionária mais próxima para solicitar o desconto.

3. Carros direto da fábrica Volkswagen

Similar ao processo de solicitação da GM, na Volkswagen, a venda direta pode ser feita online, bastando preencher um formulário. 

Um representante da empresa retornará, dando prosseguimento às negociações.

4. Carros direto da fábrica Peugeot

Já na francesa Peugeot, o foco é nas vendas diretas para clientes corporativos.

Nessas categorias, ela permite comprar com descontos autoescolas, produtores rurais e locadoras.

Um diferencial da marca é o serviço Peugeot Pro, o pós-venda especializado em clientes corporativos.

Acesse o site e saiba mais.

Conclusão

Desconto é bom e todo mundo gosta, não é mesmo?

Nada como comprar carros mais baratos direto da fábrica e, assim, garantir abatimentos expressivos na hora da aquisição de um ou mais veículos.

Se você é frotista, reiteramos que esses descontos não podem jamais serem deixados de lado.

Afinal, eles representam uma economia que fará toda a diferença em seu fluxo de caixa e para o aumento das receitas.

Este conteúdo te ajudou? Acompanhe o blog da Cobli e fique sempre por dentro de dicas para melhorar a sua gestão de frotas.

Rastreador veicular 1 - Saiba como comprar carros mais baratos direto da fábrica

Escreva um Comentário