tombamento-de-caminhao

Tombamento de caminhão: dicas para prevenir

O tombamento de caminhão é um dos acidentes que mais geram prejuízos. Além do grande risco à segurança do motorista e de terceiros, pode causar outros problemas graves, como: derramamento de carga, bloqueios de rodovias e interrupção de fornecimento de produtos. 

Se colocarmos na ponta do lápis todo o custo que envolve no tombamento de um único caminhão, o prejuízo pode ser tão alto que chega até mesmo comprometer toda a operação da frota

Agora, se um único acidente é capaz disso, imagine o tamanho da perda causada pelos mais de 1.800 caminhões que sofreram tombamentos em 2022. Isso representa 14% dos acidentes envolvendo este tipo de veículo — dados da Confederação Nacional de Transporte

O ditado “é melhor prevenir do que remediar” não existe à toa. A gestão de frotas é mais eficiente quando conta com um planejamento resguarde a empresa de problemas como este. 

Neste artigo, você, gestor(a) de frotas, vai conhecer as melhores práticas para evitar acidentes por tombamento de caminhão. Vamos nessa?

O que causa o tombamento de um caminhão? 

A primeira coisa a se fazer para se prevenir de acidentes como tombamento de caminhão é entender como eles acontecem. Ou seja, as causas e as circunstâncias que levaram ao ocorrido.

Cada acidente de trânsito tem uma causa específica, que pode ser desde uma reação tardia do motorista até excesso de velocidade. No caso de caminhões que tombam, existem algumas causas mais comuns — e que já pode ser um foco de atuação do gestor de frotas. 

As principais causas para o tombamento de caminhões são: 

Excesso de velocidade

Quando o caminhão entra em uma curva em alta velocidade, todo o peso é levado para o lado de fora da curva, o que acaba “puxando” o veículo. 

Tombamentos como esse são explicados pela física. Em resumo, ocorre pelo deslocamento da “força G” (força gravitacional), tirando o caminhão do centro de gravidade e empurrando a carga para o lado. 

Por isso, o recomendado é que o motorista mantenha velocidade abaixo de 10km/h do indicado para aquela via, para prevenir situações do tipo.

Carga muito pesada

O excesso de peso aumenta as chances de tombamento por provocar desequilíbrio do caminhão, além de exigir ainda mais do motor.

Vale lembrar que uma carga com peso em excesso é uma infração de trânsito pela Resolução do CONTRAN nº 258, justamente pelos riscos que possui.

O mesmo vale para a distribuição da carga no caminhão. Quando a carga está mal distribuída, ela pode se mover durante a condução e alterar o centro de gravidade do veículo.

Condições da estrada

Estradas com problemas de infraestrutura, com curvas muito acentuadas e inclinações aumentam a chance de um tombamento de caminhão. 

É sempre importante que o motorista e a frota tenham conhecimento prévio da rota que será realizada para evitar qualquer tipo de surpresa ou problemas. 


tombamento-de-caminhao
Acidentes por tombamento de caminhão podem causar graves prejuízos à frota.

O que fazer para evitar acidentes por tombamento? 

Lembra quando falamos que a prevenção é a melhor maneira de proteger a frota de acidentes? Agora que as principais causas já foram mencionadas, é hora de conhecer algumas práticas que você pode aplicar em sua frota para evitar tombamento de caminhões

Faça um treinamento com os motoristas da frota

A capacitação de motorista é uma responsabilidade das empresas de frota. Mesmo que o motorista já tenha anos de experiência, é muito importante que ele seja treinado até para relembrar e se atualizar sobre as melhores práticas de segurança. 

Os treinamentos podem contemplar diferentes assuntos e serem realizados por módulos — dois deles devem ser o de direção defensiva e o de políticas de segurança da frota.

Mantenha as manutenções sempre em dia

Esta etapa ajuda não somente a prevenir acidentes, mas também a reduzir custos! Com as manutenções preventivas de caminhões, você consegue identificar possíveis falhas mecânicas e fazer a correção antes de acontecer algum problema mais grave. 

Por exemplo: se velocidade excessiva pode causar tombamento, é importante que o caminhão esteja sempre com suas pastilhas de freios bem conservadas, sua marcha bem calibrada, a suspensão em dia, entre outros.

Por isso, não deixe de se atentar aos prazos de manutenção de cada veículo. Isso faz toda a diferença. 

Sempre verifique a carga

Como visto, cargas com excesso de peso podem levar ao tombamento de caminhão. A etapa de verificação da carga antes da viagem é indispensável e uma das mais importantes dentro do processo da frota. 

Alguns pontos que devem ser avaliados é se a carga está bem distribuída e fixada e se o peso está dentro do limite permitido

Utilize a roteirização para planejar rotas

Uma das piores coisas que podem acontecer durante um trajeto é o motorista ser pego de desprevenido por uma rota perigosa e de baixa infraestrutura. 

Isso não só aumenta as chances de acidente, como também pode causar danos aos veículos e até atrasos na chegada ao destino. Mas isso pode ser evitado com um bom planejamento de rotas. 

Planejar rotas deixa tanto o gestor quanto os motoristas cientes do trajeto, evitando qualquer tipo de surpresa. E mais: com o uso da roteirização — tecnologia que planeja rotas automaticamente —, o trajeto pode ser mais curto e ainda ajuda na economia de combustível

Para caminhões com carga, é sempre preferencial evitar estradas com muitas curvas ou inclinações íngremes.

tombamento-de-caminhao-como-evitar
O planejamento de rotas é uma das melhores práticas para evitar acidentes por tombamento.

O caminhão tombou! O que fazer?

Infelizmente, mesmo com todas as medidas de prevenção, um tombamento de caminhão ainda pode acontecer — seja por um dos motivos citados ou até erros de terceiros. 

Por isso, tão importante quanto evitar, é saber como agir quando um acidente deste tipo acontecer.

Primeiro de tudo, é muito importante que a frota consiga acompanhar seus veículos em tempo real, seja com rastreamento dos caminhões ou telemetria. Isso vai auxiliar a frota a identificar qualquer tipo de ocorrência com mais rapidez e, assim, atuar com mais agilidade.

Em caso de acidentes, qualquer tempo ganho pode significar muito. 

Após ser notificado sobre o acidente de tombamento e localizar o caminhão, é preciso garantir que ninguém tenha se machucado. Mas, se houver feridos, a ajuda médica deve ser chamada imediatamente. 

Só então que o gestor de frotas deve avaliar os danos ao caminhão e à carga. É preciso documentar e registrar todo tipo de avaria para que apresentar ao cliente. Agora, é preciso entender também o tamanho do prejuízo causado, para ser acionado o seguro. 

Se a carga for recuperável, a frota deve coordenar a sua recuperação e garantir que seu armazenamento até que seja transportada de novo. 

Por último — e uma das etapas mais importantes —, é avaliar o que causou o tombamento do caminhão. Mais uma vez: ao identificar a causa, conseguimos agir de maneira preventiva.  

É essa a atitude que vai ajudar a empresa de frotas a se resguardar tanto pela segurança, quanto também para a economia e eficiência da frota. 

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota no blog da Cobli

Sobre o autor

Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demonstrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *