centro de distribuição avançado

O que é um Centro de Distribuição Avançado?

Não é segredo para ninguém que a logística é uma das armas mais importantes para as empresas serem competitivas – e nesse sentido, o uso de centros de distribuição avançados é uma estratégia muito importante. 

Afinal, conseguir fazer o produto chegar até as mãos do cliente de forma rápida e barata é algo muito importante. 

E um centro de distribuição avançado, com capacidade de receber, armazenar e despachar produtos estando próximo ao cliente (daí o nome avançado!) é um passo super importante. 

É graças a estratégias como essas que, por exemplo, os sites de comércio eletrônico consegue realizar entregas no mesmo dia ou no dia seguinte. 

Para isso, é preciso de bastante organização, gestão e, se possível, um pouco de uso de tecnologia

Neste texto, você vai entender melhor o que é um centro de distribuição avançado, como ele funciona e quais são suas vantagens competitivas.

Também vai descobrir quais são as etapas que um produto percorre dentro de um CD e como a armazenagem estratégica é um assunto importante dentro desse tema. Vamos lá? 

O que é um centro de distribuição avançado? 

Antigamente, as empresas e indústrias utilizavam grandes armazéns para guardar suas mercadorias, bem como materiais e insumos usados para a produção. 

Este modelo, antigo, é bastante interessante, mas tinha um grande problema: muitas vezes, eles centralizavam tudo em um só lugar, fazendo a logística ter de trabalhar mais para chegar até o consumidor final. 

Nas últimas décadas, empresas passaram a utilizar um modelo diferente: os centros de distribuição avançados. 

A ideia é que eles sirvam como uma ponte entre as fábricas e os pontos de venda, ou ainda, entre os fornecedores e os consumidores finais. 

Ao contrário dos armazéns, são espaços que servem não só para o armazenamento, mas também para o despacho das mercadorias, muitas vezes de forma fracionada. 

A localização é um fator muito importante aqui: como diz o nome, o centro de distribuição avançado deve ficar próximo ao cliente, permitindo que as entregas sejam feitas de maneira rápida e barata. 

Um exemplo bastante comum é o da cidade de Cajamar, na região metropolitana de São Paulo: ela é próxima o suficiente de estradas importantes e da capital paulista e, assim, reúne uma grande quantidade de centros de distribuição. 

Se você costuma fazer compras pela internet e mora na Grande São Paulo, poderá perceber que muitos dos produtos que compra são enviados a partir da cidade. 

Além disso, o centro de distribuição costuma ter diferentes serviços além do armazenamento.

Entre eles, podemos citar a embalagem de produtos, o atendimento dos pedidos e até mesmo o cross-docking, uma prática que facilita a distribuição de cargas maiores em partes menores. 

Normalmente, ao usar um centro de distribuição, as empresas dividem sua logística em duas áreas; da fábrica até o CD, elas cuidam do transporte por conta própria, muitas vezes em veículos de carga de grande porte

Já a partir do CD para os pontos de venda ou consumidores, a logística costuma ser feita por distribuidoras parceiras ou frota terceirizada, com veículos menores.

Um exemplo de veículo bastante usado para essas entregas menores são os VUCs, Veículos Urbanos de Carga, cujo tamanho permite a eles rodarem nas principais cidades do Brasil. 

Um centro de distribuição avançado precisa ser muito bem gerido: se não, essa estratégia pode resultar em atrasos ou até mesmo falta de produtos, frustrando os clientes. 

Qual o papel do gestor de frota? Veja como está o mercado de trabalho atualmente para esse profissional!

Como funciona um centro de distribuição avançado? E o que é armazenagem estratégica? 

Um centro de distribuição avançado costuma se basear em cinco grandes pilares. São eles:

  • Recebimento de mercadorias;
  • Movimentação de mercadorias; afinal é preciso organizar tudo internamente e de forma ágil;
  • Armazenamento; mas a ideia é que não seja um armazenamento longo;
  • Separação das mercadorias;
  • Despacho

Sem eles, a atividade logística provavelmente terá diversos problemas. 

Além disso, é importante pensar no layout do seu centro de distribuição.

Afinal, se a ideia é fazer a distribuição das mercadorias de forma rápida e simples, um layout mal planejado pode atrapalhar muito a operação da empresa. 

Dois são os tipos de layout mais comuns neste tipo de operação:

  • Baseado no fluxo de produtos, isto é: produtos são armazenados como em uma fila, serve para operações que tem muito volume e pouca diferenciação;
  • Baseado no giro de produtos: os produtos que mais saem precisam ficar mais perto da área de separação de mercadorias, mais usada por centros que tem grande variedade de produtos. 

A armazenagem estratégica é justamente o conceito que está por trás do centro de distribuição e do tipo de layout escolhido. 

É importante lembrar que aqui não há uma regra específica: cada empresa terá uma necessidade diferente e você precisará pensar justamente no que te ajuda mais. 

Além disso, é importante pensar em como você deseja que o seu CD funcione: há centros em que as mercadorias são armazenadas por algum tempo para distribuição posterior

Em outros, as mercadorias só chegam para serem separadas e despachadas, sem uma grande etapa de armazenamento. 

Baixe gratuitamente 01 planilha de controle de documentos para ajudar no controle da operação

Quais são os principais benefícios de implementar centros avançados de distribuição? 

Existem inúmeros benefícios para as empresas que decidem implementar centros avançados de distribuição. 

Antes de falar deles, porém, é importante lembrar que essa é uma estratégia que envolve muitos investimentos e é preciso calculá-los bem para ter certeza que valerá a pena. 

Afinal, é uma operação de grande complexidade, mas que pode trazer diversas vantagens. 

Entre elas, estão: 

  • a distribuição dos estoques;
  • o melhor controle dos processos;
  • uma boa gestão de sazonalidade das atividades;
  • a capacidade de fazer um atendimento de qualidade;
  • a redução dos custos com entregas de longa distância;
  • a diminuição das perdas, uma vez que os processos são melhor geridos. 

Veja como usar a análise de dados para aumentar a eficiência dos seus carros

Quais são as maiores vantagens competitivas ao adotar essa prática? 

Além dos benefícios que fazem parte da operação da empresa, companhias que adotam o uso de centros de distribuição avançado também costumam ter diversas vantagens competitivas. 

Entre elas, podemos citar: 

  • a possibilidade de ter fretes mais baratos ou até gratuitos para os clientes;
  • a capacidade de fazer entregas mais rápidas, no mesmo dia ou no dia seguinte;
  • a capacidade de diversificar sua área de atuação, sem grande aumento da complexidade; 
  • a satisfação maior do cliente, que poderá ter o que quer de forma barata, rápida e diversa. 
  • a percepção de marca como uma empresa confiável. 

Para as empresas que pretendem adotar o centro de distribuição avançado em sua estratégia logística, é recomendável usar bastante tecnologia

Um exemplo de algo que pode ajudar bastante é a adoção de softwares do tipo WMS (Warehouse Management System), específicos para o assunto. 

Outra ferramenta que pode ajudar bastante é a automação – seja com o uso de esteiras de despacho ou até mesmo robôs de separação. 

Pode parecer um custo a mais, mas o investimento vale a pena: segundo a revista Robotics Business Review, centros de distribuição com tecnologias de automação possuem 36% mais probabilidade de reduzir os custos de mão de obra em uma média de 3% ao ano.

Além disso, os mesmos centros de distribuição tem 40% mais chances de enviar um produto no mesmo dia do seu pedido, o que é uma ótima vantagem competitiva.

Esta publicação te ajudou? Confira outros conteúdos sobre questões de logística e gestão de frota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *