Por Mônica Silva

Além de veículos, computadores, encomendas, malas e muitas outras coisas podem ser rastreadas. Rastreamento vai muito além de encontrar um celular perdido ou acompanhar a localização de um veículo de cargas ou ainda saber sobre a performance do condutor durante seu percurso no trajeto percorrido.

As pessoas têm buscado dispositivos que são desenvolvidos por empresas especializadas em oferecer soluções com tecnologias distintas e que podem ser utilizadas para garantir a segurança de familiares ou mesmo de itens de valor como uma bolsa, um relógio caro, celulares entre outros bens de consumo. O fato é que já podemos considerar esse comportamento como tendência e ele não se limita a objetos e acessórios tecnológicos. A lista se estende e vai do tablet até o pet!

As tecnologias que permitem rastrear qualquer coisa

São as novas tecnologias e os investimentos no segmento que vêm possibilitando essa diversificação:

“Hoje, há diversos tipos de tecnologia que atendem a diferentes rastreamentos. O rastreamento por rede celular  capta a localização via GPS e envia os dados para a nuvem usando a infraestrutura de telefonia móvel já existente, sendo excelente para mais do que saber a localização de veículos. O indoor é composto por sensores wireless embarcados e antenas receptoras, e é usado para encontrar pallets em grandes armazéns. Já o RFID usa ondas eletromagnéticas que identificam e rastreiam tags (etiquetas) anexadas a objetos, podendo ser usado para saber a localização de computadores em um datacenter”, comenta Rodrigo Midea, engenheiro de hardware da Cobli.

Você também pode se interessar por:
5 tecnologias que estão mudando a mobilidade

Essas diferentes tecnologias para rastreamento e monitoramento podem ser aplicados ou instalados em praticamente tudo. Qualquer pessoa pode adotar um tipo de rastreador, de acordo com sua necessidade. O pai preocupado com a integridade de um filho, o empresário que quer garantir a segurança de seus produtos e frota ou alguém que não quer perder de vista seu bicho de estimação.

As empresas, por sua vez, usam o sistema de rastreamento veicular para ter visibilidade da operação, reduzir custos com combustível e até multas! Algumas delas conseguem também, pelo simples fato de monitorar os veículos, aumentar a satisfação de clientes e funcionários.  

Parece que estamos falando de coisas que só víamos em filmes, não?

Posso mesmo rastrear pessoas?

Como dito inicialmente, sim! A tecnologia pode ser aplicada aos que necessitem de cuidados 24h por dia e os formatos variam. Crianças ou adolescentes podem ser rastreadas por meio de sensores nas mochilas, por exemplo. A partir disso, é possível receber informações como o tempo de deslocamento de casa até a escola.

“Para rastrear pets ou pessoas por segurança, o que se costuma fazer é rastrear um objeto de uso frequente. Um exemplo disso, são pequenos rastreadores instalados na coleira de cães.”, aponta Rodrigo.

Leia também:
OBDII: Como os computadores conversam com os carros?

A cada dia que passa, pessoas e empresas estão buscando formas de manter sua segurança e integridade. A ideia é obter benefícios por meio de tecnologias adaptáveis que garantam um rastreamento preciso.

Quer conhecer a solução de rastreamento e gestão de veículos com a atualização mais rápida do mercado? Acesse nosso site ou fale com a gente por meio do euquero@cobli.co ou 11 4810-2200

Rastreamento de Frota
badge primary - O rastreamento de tudo: o que se pode rastrear hoje em dia
Cobli

euquero@cobli.co
(11) 4810-2200

Escreva um Comentário