Você pretende usar o conteúdo abaixo para
Agradecemos sua resposta!

Tempo de leitura: 10 minutos

Segundo o dicionário Michaelis, roteirizar é “preparar o roteiro de algo”.

Pode ser o roteiro de uma novela, um filme ou uma série. Também de uma viagem ou até das entregas que um caminhão de uma empresa transportadora.

Pense no roteiro de um filme. O roteiro conduz a trajetória dos personagens, certo?

Roteirizar uma viagem é mais ou menos isto: é planejar uma trajetória, decidir o ponto de partida, o destino final, quais rotas seguir e quantas paradas fazer.

Quando falamos de viagens, chamamos esse processo de roteirização de transporte.

Para roteirizar, a melhor maneira é usar uma ferramenta extremamente útil chamada roteirizador, que também é conhecida como planejador de rotas (o nome é bem autoexplicativo, não?).

Neste texto, você vai aprender o que é roteirizar, quais os diferentes tipos e estratégias de roteirização de transporte e por que é melhor contratar o serviço de roteirização de uma empresa como a Cobli.

O que é roteirização de transporte?

Roteirizar um transporte é planejar as rotas de um veículo (ou uma frota) em um determinado período de tempo, levando em consideração uma quantidade estipulada de paradas.

Roteirizar não é apenas escolher as rotas mais seguras ou as estradas mais conservadas.

O objetivo da roteirização de transporte é a busca de eficiência e da economia. 

Por isso, a roteirização leva em conta muitas outras variáveis além da quantidade de entregas e os endereços. 

Por exemplo: Existe alguma limitação de horário para as entregas? É preciso evitar trechos onde é proibida a circulação de veículos pesados em determinados horários? 

Como organizar as entregas de modo que o motorista não fique rodando pela cidade perdendo tempo no trânsito? Como evitar vias perigosas e mal cuidadas?

A boa roteirização deve levar em conta todas essas variáveis.

Planejar cuidadosamente as rotas ajuda a encurtar as distâncias percorridas pela frota ao longo de um dia. E como consequência disso, a reduzir os gastos com combustível e também com as horas extras dos motoristas.

A roteirização parece uma boa ideia, não é mesmo?

Mas como roteirizar? 

Para isso, é necessária a ajuda de um roteirizador.

O que é um roteirizador?

O roteirizador é a ferramenta responsável pela roteirização, ou seja, pelo planejamento das rotas e viagens.

Pense no Waze que você provavelmente usa quando sai com seu carro para dar um passeio ou no Google Maps no qual às vezes dá uma conferida para garantir que está no caminho certo – Veja mais sobre roteirizador gratuito.

Basicamente, roteirizadores funcionam como esses aplicativos: informam as melhores rotas a seguir levando em conta algumas paradas no meio do caminho.

No entanto, esses tipo aplicativos não são suficientes quando se pensa na logística necessária para administrar uma frota, que tem de cumprir dezenas de entregas em um único dia e centenas de viagens por semana.

Muito mais elaborado, como vimos antes, os roteirizadores levam em conta todas aquelas variáveis para dar a sugestão de uma rota.

Há, inclusive, sistemas de roteirização que trabalham juntos com rastreadores veiculares (dispositivos tipo GPS que indicam a localização dos veículos em tempo real).

Essa combinação é ideal para gestor de frotas que precisam tomar decisões certeiras, rápidas e dar satisfações a clientes. 

O que é roteirização

Roteirizar: Conheça os tipos de roteirização

Há dois principais tipos de roteirização: roteirização estática e roteirização dinâmica.

Roteirização estática

Estranho usar a palavra “estática” quando roteirizar é planejar movimento, não?

Aqui a palavra “estática” indica que a roteirização não muda depois que os veículos já saíram da garagem, rumo às entregas.

Na roteirização estática, todo o planejamento de rotas é feito previamente, de acordo com determinados critérios (paradas, horários, quilometragem, entre outros). O que diminui espaço para improvisos de trajetos durante as viagens.

Isso quer dizer que quando a roteirização é estática nada pode sair do roteiro?

Não exatamente, porque imprevistos sempre podem acontecer. 

Mas, no caso da roteirização estática, os eventuais desvios não são, posteriormente, incluídos no planejamento.

Ou seja, a roteirização é estática porque não muda.

Roteirização dinâmica

A roteirização dinâmica existe justamente para dar conta do que fica de fora da roteirização estática: o imprevisto, o desvio, o que não estava no roteiro.

Esse tipo de roteirização não é dado como terminado quando os veículos saem para as viagens.

Essa roteirização pode sofrer alterações dependendo do que o veículo encontrou no caminho, como ruas repentinamente bloqueadas ou tráfego intenso.

Quais as estratégias de uma boa roteirização?

Também existem duas principais estratégias de roteirização: varredura e caixeiro viajante.

Varredura

A estratégia da varredura é geralmente usada quando há uma grande quantidade de entregas a ser feitas em um tempo relativamente curto.

Também é usada quando há alguma restrição geográfica. 

O objetivo da varredura é economizar tempo para que o motorista dê conta de passar em todos os endereços e fazer todas as entregas.

Para isso, as entregas são agrupadas de acordo com algum critério: seja ele temporal, geográfico ou algum outro fator comum entre elas.

Por exemplo: entregas que devem necessariamente ser feitas de manhã ou até determinado horário por restrições do cliente ou da circulação de caminhões por determinadas vias. 

Outro exemplo: entregas que devem ser feitas em determinados bairros ou regiões da cidade.

Nesses casos, todas as entregas a ser realizadas de manhã ou no bairro específico são agrupadas e, a partir disso, as rotas são planejadas pelo sistema.

Esse tipo de estratégia de roteirização promove justamente uma espécie de varredura, geralmente em uma região específica, para economizar tempo.

Caixeiro viajante

A estratégia caixeiro viajante é, de certa maneira, inspirada nas andanças daqueles homens, que às vezes aparecem em novelas de época, que percorriam longos trajetos levando mercadorias de cidade em cidade.

Os caixeiros viajantes elaboravam suas rotas interligando o máximo de destinos, do mais próximo ao mais distante ou o contrário, de maneira inteligente para não ficar ziguezagueando pela estrada.

O método de roteirização caixeiro viajante funciona a mesma forma.

roteirizar viagem

Quais as vantagens de roteirizar com a Cobli?

Roteirizar ajuda a tornar os processos de entrega mais rápidos, eficientes e econômicos.

Graças à roteirização, gestores conseguem otimizar frotas e evitar que os caminhões percam tempo no trânsito e gastem combustível à toa.

Existem, sim, alternativas de roteirização gratuita, porém que não oferecem nem 1% de todo o necessário para o dia a dia de uma frota.

No entanto, sistemas de roteirização de empresas especializadas, como a Cobli, trazem um número muito maior de benefícios.

Roteirizando com a Cobli, gestores não precisam mais passar horas e horas planejando as viagens dos motoristas, pois, em poucos segundos, a ferramenta oferece as melhores rotas para cada veículo.

Veja abaixo alguns pontos de em que a Cobli pode de ajudar:

Planeje suas paradas

O sistema de roteirização da Cobli é capaz de elaborar rotas com até 150 endereços. 

É como se, entre o local de partida e o endereço final, seu motorista pudesse fazer mais de 140 paradas. 

Se não der para fazer tantas entregas em um único dia, é porque realmente não o tempo não ajudou. 

Otimize suas rotas de acordo com as restrições de horário

Em algumas regiões da cidade, caminhões não podem trafegar em determinados horários?

Além disso, alguns clientes só podem receber as encomendadas em horários específicos?

Você pode incluir todas essas restrições de horário na ferramenta de roteirização disponibilizada pela Cobli, que ela vai levá-las em conta na hora de montar as rotas.

Roteirização orientada por objetivos

Qual seu objetivo ao roteirizar? 

Perder menos tempo no trânsito? Rodar menos quilômetros por dia? Economizar?

Ao roteirizar com a Cobli, você pode determinar se seu objetivo é reduzir as distâncias percorridas ou o tempo gasto com as entregas.

Com base na sua escolha, o sistema vai apresentar a rota mais adequada.

Acompanhe suas rotas

O sistema de roteirização e rastreamento da Cobli permite exportar relatórios de trajeto e identificar possíveis desvios.

Com base nessas informações, você vai saber porque a entrega atrasou e, a partir disso, vai poder tomar decisões para que esses erros não se repitam.

Otimize sua frota

O sistema de roteirização da Cobli também é capaz de sugerir o número de veículos necessários para fazer todas as viagens do dia.

Você também pode optar por “utilizar todos os veículos” e a ferramenta vai montar uma rota que não deixe nenhum veículo ocioso.

Avise seu cliente quando a entrega será feita

O gestor que usa a ferramenta de roteirização da Cobli é capaz de identificar quais veículos estão mais próximos de determinados endereços e quanto tempo eles levariam para chegar.

Com isso, se tiver um pedido de última hora, pode escolher um caminhão que já está perto do cliente e encaminhá-lo.

O sistema ainda gera um link que pode ser enviado ao cliente para que ele acompanhe o deslocamento de sua encomenda e saiba a quantos minutos de distância está o veículo.

Acompanhe seus motoristas

A Cobli também disponibiliza um aplicativo no qual os motoristas selecionam o veículo que estão dirigindo.

Essa informação aparece automaticamente no painel do gestor, que fica sabendo que motorista está dirigindo qual veículo e como ele está se comportando no trânsito.

Esta publicação te ajudou? Confira essa e outras explicações sobre questões de logística e gestão de frota em nosso blog.

Roteirizador - Roteirizar: O que significa e para o que serve?
Fale com nossos especialistas!

Estamos disponíveis para tirar dúvidas e demostrar o sistema de rastreamento e monitoramento de frotas da Cobli em ação.

Teste grátis

Escreva um Comentário